terça-feira, 29 de setembro de 2009

"Tijuquinha não é boa".

Atrasos e despreparto de motoristas são as reclamações mais comuns dos clientes e passageiros da Viação Tijuquinha. De acordo com os passageiros a falta de fiscalização da prefeitura do Rio é o resultado de uma empresa que opera do jeito que bem entende.

Os coletivos das linhas 223 e 234 que ligam a Rodoviária, Tijuca à Barra, não respeitam os horários e demoram demais para passar nos pontos, deixando muitos passageiros atrasados para os seus compromissos, além disso, muitos dos ônibus são velhos e barulhentos, dizem os passageiros.

Ainda de acordo com os passageiros que reclamam da total falta de respeito da empresa para com os seus clientes, muitos Ônibus da Viação Tijuquinha não possuem uma boa manutenção, já que em todoa semana há ônibus quebrados, aumentando ainda a demora do intervalo entre um coletivo e outro.

- Parece que estamos pedindo um favor ao dono da empresa, somos passageiros, pagamos passagens e queremos um serviço de qualidade, espero que com o meu desabafo e reclamação na imprensa alguém olhe pelo transporte, desabafa Carlos Antônio de Meireles, Consultor Técnico.

De acordo com os passageiros, os coletivos da empresa por passarem atrasados seguem da Tijuca até a Barra completamente lotados, os ônibus são pequenos e sobem o Alto da Boa vista lentamente, quase se arrastando. Querem exemplo, façam a viagem entre a Rodoviária até a Barra pela manhã cedinho ou no trajeto inverso no fim da tarde.

Já os coletivos que possuem ar condicionado, parecem ser de enfeite, já que não funcionam como deveriam. Queremos que todos saibam que com a falta de fiscalização da Secretaria Municipal de Transportes, as empresas fazem o que querem na hora que querem.

Um comentário:

Pedro Muniz disse...

A prefeitura deveria tomar atitudes para melhorar o transporte. Não me importo se eles multam as empresas, mas me importo se eles resolvem o problema. O 234 sobe o alto com quase 200 pessoas dentro do ônibus e eu já vi motorista reclamando do freio.
Acho que a prefeitura vai resolver o problema da super-lotação com acidentes graves e mais uma vez o Eduardo Paes vai la ver o desastre.