sábado, 17 de outubro de 2009

R$ 2,5 milhões de prejuíso diz Rio Ônibus

O sindicato das empresas de ônibus, Rio Ônibus, diz, em nota, que prejuízo pode chegar a R$ 2,5 milhões:

"O Rio Ônibus está acompanhando com apreensão as notícias sobre a guerra do tráfico na cidade, que além de já ter vitimado algumas pessoas está trazendo medo e grande expectativa para toda a população carioca. Temos informações ainda não confirmadas de que 10 ônibus teriam sido incendiados, num prejuízo que, a serem verdadeiras as informações, já chegaria a R$ 2,5 milhões. É importante ressaltar que os ônibus urbanos não têm seguro, o que, não traz prejuízos apenas para as empresas, mas para toda a sociedade. Em momentos como esse é preciso agir com cautela e algumas empresas, por prudência e para preservar a segurança de passageiros e profissionais, podem recolher parte de sua frota nas áreas mais afetadas até que a situação se restabeleça".

Dez ônibus e um carro foram incendiados nas imediações das favelas do Jacarezinho e Mangueira, na Zona Norte do Rio. A Polícia Militar não sabe informar se os casos têm ligação com o confronto entre traficantes no Morro dos Macacos, em Vila Isabel. Não há informações de feridos. O fogo atingiu a rede elétrica da região do Jacarezinho.

Há focos de incêndios na Avenida dos Democráticos, na Rua Magalhães Castro, no bairro do Riachuelo, e na Rua Visconde de Niterói, todos os casos na Zona Norte.

A Polícia Militar não quis fazer relação entre as duas ocorrências – a queda do helicóptero da PM e os ônibus incendiados.

Do outro lado da linha férrea da antiga Central do Brasil, na área do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, a Guarda Municipal fechou o trânsito na Avenida Marechal Rondon, na altura do bairro do Sampaio, bloqueando a ligação da região do Méier com o Centro e a Zona Sul através do Maracanã.

Todo o trânsito foi desviado para a Rua Barão do Bom Retiro, que obriga os motorista a seguirem para o Centro através do Grajaú.

No sentido contrário, a Guarda Municipal manteve a ligação Centro-Méier pela Rua 24 de Maio, que corta a Zona Norte a partir do bairro de São Francisco Xavier.

A situação é muita tensa em diversas bairros da Zona Norte, que está envolta em algumas áreas pela fumaça proveniente dos ônibus queimados.

Com informações da Tv Globo
e Rio Ônibus

Nenhum comentário: