sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Acidente com ônibus da Auto Viação Catarinense

0 comentários
Dois passageiros do ônibus catarinense que saiu da pista e tombou na rodovia Régis Bittencourt em Miracatu (SP), na quinta-feira, permaneciam internados em hospitais da região do Vale do Ribeira, no estado paulista, na manhã desta sexta.

Philipe Didier e Jorge Fernando Suarez Robles estavam entre os 18 passageiros do ônibus que fazia a linha Florianópolis-São Paulo (SP) e acidentou-se no km 371 da rodovia.

Ambos continuavam sob observação médica no Hospital São João, no município de Registro, cidade vizinha, nesta sexta. Não foram divulgados detalhes do estado de saúde deles.

Pela manhã, de acordo com a Auto Viação Catarinense, dona do veículo envolvido no acidente, Pedro Decker Codorico, outro passageiro que também seguia internado, no Hospital Regional do Vale do Ribeira, na cidade de Periquera-Açu, recebeu alta médica. A empresa forneceu transporte para a vítima seguir até a capital paulista.

Segundo o gerente comercial da empresa de transporte rodoviário, Pedro Pires De Lima, os outros passageiros do ônibus que não se feriram receberam apoio para seguir para seus destinos.

O telefone (48) 3271-1025 foi disponibilizado para o atendimento de familiares de vítimas que buscam informações.

Laudo pericial sai em 30 dias

O laudo que vai apontar as causas do acidente com o ônibus da Catarinense na Régis Bittencourt será expedido em 30 dias a partir da data do acidente. Como houve morte, a perícia criminal esteve no local horas após o ônibus tombar.

De acordo com o perito, Marcos Serinolli, da Equipe de Perícia Criminal de Registro (SP), chovia muito e o ônibus estava virado, por isso foi feita uma vistoria preliminar e o veículo foi liberado.

— Não tinha condição de se periciar muita coisa — esclarece.

Nesta sexta-feira, dia seguinte ao acidente, o perito voltou ao local e concluiu o estudo. Segundo Serinolli o tacógrafo, aparelho que marca a velocidade do veículo, estaria com defeito e não teria feito a marcação.

— O tacógrafo é um problema. O disco estava totalmente em branco porque o aparelho não registrou a velocidade — finaliza.

Como foi:

O coletivo de número 2925 (Modelo: Paradiso 1550LD), saiu do Terminal Rodoviário Rita Maria, em Florianópolis, às 18h25min de quarta-feira, com destino ao Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo (SP).

O horário previsto de chegada na capital paulista era 6h25min de quinta. O veículo fez escalas em Balneário Camboriú e Itajaí, no Litoral Norte, e em Joinville, onde embarcaram mais passageiros e o coletivo seguiu viagem.

Por volta das 3h45min, o ônibus tombou numa ribanceira às margens do km 371 da rodovia Régis Bittencourt, no município paulista de Miracatu. Um passageiro do veículo morreu no local e outros 18 ficaram feridos.

A vítima foi Alécio Fimateli, 64 anos, que teria embarcado no ônibus em Balneário Camboriú. Os feridos foram encaminhados para hospitais da região, o Vale do Ribeira.
Relação dos passageiros
— Neide Aparecida Muniz Solano
— Joice Gonçalves
— Geruza Boing
— Aparecido Rodrigues
— Líbero De Lima
— João Marcos Pereira Gomes
— Vera Mari Raulino Bortolon
— Bruna Raulino Bortolon
— Carlos Augusto Rocha de Oliveira
— Bruna Galvão Huc
— Luis Carlos Santos
— João Marinho Monteiro Nunes
— Pedro Decker Codorico
— Alécio Fimateli (óbito)
— Daiane Zatta
— Antônia Rodrigues Vasconcelos
— Vitol Neris de Souza Júnior
— Ana Josefina de Souza
— Volnei Rama
— Fanelon Dias Silva
— André Felipe de Souza
— Jorge Fernando Suarez Robles
— Eve R. Maria
— Juarez Freire da Silva
— Philipe Didier
— Domingos da Silva Santos

Fontes: Jornal de Santa Catarina e Auto Viação Catarinense.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Marcopolo será o ônibus oficial da Copa de 2010

2 comentários
Quem viajar à África do Sul para assistir à Copa do Mundo, de 11 de junho a 11 de julho de 2010, poderá experimentar marcas brasileiras nos sistemas de transportes das nove cidades-sede do megaevento. Segundo reportagem do jornal O GLOBO, a fabricante de carrocerias Marcopolo, por exemplo, se associou aos produtores de chassis Scania e Volvo, fornecendo 211 ônibus urbanos regulares e articulados para o transporte de passageiros em Johannesburgo, Porto Elizabeth e Cidade do Cabo.

Em outra parceria, desta vez com a alemã Mercedes-Benz (fabricante de chassis e vencedora da licitação feita pela Fifa), serão da brasileira Marcopolo as carrocerias dos 460 ônibus com prazos de entrega até maio para conduzir a chamada Família Fifa. Fazem parte as seleções dos 32 países classificados, dirigentes, árbitros, convidados, jornalistas e até empresas e pessoas que comprarem pacotes de camarotes nos dez estádios das nove cidades da Copa. Quando a seleção do técnico Dunga descer dos aviões, as viagens por ruas e estradas serão em ônibus com componentes do Brasil.

A marca verde-amarela nas cidades da Copa vai além do fabricante de carrocerias. O sistema de transporte de passageiros adotado nas três licitações também nasceu no Brasil. O BRT (da sigla em inglês para Bus Rapid Transit) deu suas primeiras viagens em Curitiba, no fim da década de 80.

Por causa da Copa, Johannesburgo ganhou um sistema de BRT, de ônibus articulados e com paradas obrigatórias em estações construídas em bairros mais pobres, como Soweto, e o Centro, que não dispunham de transporte público organizado.

De olho nesse mercado desde 1994, a Marcopolo tem escritório comercial na África do Sul e abriu, em 2000, uma fábrica na região de Johannesburgo, com 630 funcionários - 27 brasileiros, dos quais cinco executivos. Em 2009, produziu 550 ônibus. No ano da Copa, a produção prevista é de 800 unidades.

- São 60% de componentes dos ônibus da Copa produzidos na África do Sul e 40% no Brasil - diz o diretor-executivo da Marcopolo, José Rubens de la Rosa.

Na África, o BRT começou a ser implantado em Lagos, na Nigéria, para onde a Ciferal (subsidiária da Marcopolo, com fábrica em Duque de Caxias) vendeu 400 carrocerias entre 2007 e 2008, com chassis Mercedes-Benz.

Fonte: Revista do ônibus

Cidade do Aço renova parte de sua frota com o novo Marcopolo G7

1 comentários
A Viação Cidade do Aço, com sede em Barra Mansa, Sul Fluminense começa o ano de 2010 renovando parte de sua frota com o novo Marcopolo G7. A novidade foi apresentada na Festa da Uva que começa hoje em Caxias do Sul (RS). A Cidade do Aço não informa o número de ônibus adquiridos da encarroçadora gaúcha.

FOTO: MÁRCIO BRUXEL - DIVULGAÇÃO 
Clique para ampliar











O veículo apresentado é o de número RJ 174.159.

O novo ônibus, um modelo Marcopolo Paradiso G7 1200 possui chassi Scania ficou esposto na entrada do evento, assim como de outras empresas, com o da Expresso São Luis, Auto Viação 1001 e Expresso Caxiense.

A Viação Cidade do Aço opera diversas linhas ligando o Rio ao Sul Fluminense e ao Sul de Minas Gerais, é também considerada um das mais importantes empresa de transporte de passageiros da região.

Fonte: Revista do ônibus.

Sai novo edital para compra de ônibus escolar pela FNDE

0 comentários
ASCOM-FNDE (Brasília) – Foi lançado nesta sexta-feira, 12, o edital do pregão eletrônico para registro de preços de ônibus escolares do programa Caminho da Escola, que prevê a aquisição de cinco mil veículos em 2010. Os interessados em participar podem retirar o edital na sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) – Setor Bancário Sul, Quadra 2, Ed. FNDE, 1º subsolo, sala 5, Brasília-DF – ou na Internet, no endereço eletrônico www.comprasnet.gov.br.

Como está prevista a compra de muitos veículos, o FNDE espera conseguir preços mais baixos, beneficiando os estados e municípios que desejam renovar suas frotas de ônibus escolares. As propostas das empresas interessadas em participar do pregão já podem ser enviadas para o sítio www.comprasnet.gov.br. A abertura da sessão pública para a formulação dos lances está marcada para o dia 2 de março, às 9h30.

Especificações – Para 2010, os veículos escolares terão poucas modificações frente aos ônibus de 2009. A principal mudança é a quantidade de modelos disponíveis. Em vez de seis modelos, como no ano passado, agora são três:

- ônibus convencional pequeno – adequado para pistas pavimentadas ou de terra com boas condições de trafegabilidade, transporta entre 23 e 29 alunos sentados;

- ônibus reforçado médio – adequado para pistas em condições precárias, tem capacidade para transportar entre 31 e 44 alunos sentados

- ônibus reforçado grande – adequado para pistas em condições precárias, tem capacidade para 44 a 59 alunos sentados.

Caminho da Escola – Criado em 2007, o programa tem o objetivo de renovar a frota escolar em todo o país, garantindo segurança e qualidade no transporte de estudantes da educação básica moradores de zonas rurais e contribuindo para a redução da evasão escolar. Existem três formas para estados e municípios participarem: com recursos próprios, bastando aderir ao pregão; por meio de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que disponibiliza linha de crédito especial para a aquisição de ônibus zero quilômetro; ou via convênio com o FNDE.

Em 2009, foram adquiridos 3.320 veículos – 2.031 por meio de convênios com o FNDE; 1.004 com recursos próprios dos municípios; e 285 por meio de financiamento do BNDES. A estimativa é que 220 mil alunos sejam beneficiados diretamente quando todos os veículos forem entregues pelas montadoras aos 2009 municípios que aderiram ao programa no ano passado.

Fonte: FNDE.

Terminais urbanos de Florianópolis terão mais policiamento

0 comentários
A Polícia Militar vai atuar de forma ostensiva em todos os terminais urbanos da Capital a partir desta sexta-feira, 19. A garantia foi dada ao prefeito Dário Berger e ao vice e Secretário de Transportes, Mobilidade e Terminais, João Batista Nunes, pelo Comande da PM de Santa Catarina, coronel Eliésio Rodrigues, durante uma reunião promovida pela Prefeitura para discutir questões de segurança pública nos terminais da cidade. Uma maior presença da Guarda Municipal de Florianópolis também foi anunciada.
O encontro no Gabinete do Prefeito contou ainda com outros representantes das polícias militar e civil, Guarda Municipal, Setuf, Cotisa e do sindicato dos trabalhos em transportes urbano da grande Florianópolis. Dário Berger salientou que como prefeito tem que dar uma resposta à população e buscar formas para garantir mais conforto e segurança nos terminais.
O prefeito propôs a criação de uma força tarefa com os órgãos responsáveis pela segurança pública, secretarias municipais, empresários e trabalhadores do transporte para, além da repressão ao crime, também realizarem um trabalho preventivo. "Minha proposta é que unamos todas as forças num trabalho de inteligência com ações preventivas que evitem que fatos com o acontecido no TICAN no sábado de Carnaval se repitam e garantam a segurança da população", disse.
O Secretário dos Transportes concordou com as ações que trabalhem a segurança nas duas frentes concomitantemente. "A garantia de mais policiamento nos terminais de integração é importante para mostrar a população que o poder público está agindo, mas um trabalho de prevenção unificado entre as polícias e a Prefeitura contribuirá para evitar novos incidentes", apostou. João Batista Nunes informou ainda que uma reunião ficou agendada para o dia 15 de março, quando os órgãos envolvidos irão avaliar as medidas tomadas e seu resultados.
Texto: PMF/SMTMT (Secretaria Municipal de Transporte, Mobilidade e Terminais).

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Novo quadro: Histórias de...

0 comentários
O quadro "Histórias de..." foi lançado no intuito de mostrar a história de fabricantes de chassis, carrocerias e de empresas rodoviárias e urbanas.
O objetivo principal é a aproximação de nossos usuários ao conhecimento histórico das empresa, possibilitando assim uma maior compreensão de como chegaram aos dias de hoje da forma que as conhecemos.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Duplo homicídio em terminal de Florianópolis

1 comentários
Cerca de 150 trabalhadores do transporte coletivo em Florianópolis pararam de trabalhar as 9h15 desta quarta-feira. A paralisação durou até as 10h15 e ocorreu em protesto à falta de segurança para os trabalhadores e usuários do transporte coletivo.


O manifesto foi feito apenas no terminal de Integração de Canasvieiras (Tican), no Norte da ilha. A gota d'água para o movimento foi a morte da cobradora Giovana Terezinha Adriano, de 31 anos durante um tiroteio no último sábado no terminal.


A troca de tiros, teria sido motivada por um acerto de contas entre dois jovens, sendo que um deles também morreu. O assessor do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano (Sintraturb), Antônio Carlos Martins, disse que muitas pessoas esperam para entrar nos ônibus no terminal, mas os usuários compreendem e apóiam.

A Polícia Civil identificou o jovem morto em tiroteio que matou duas pessoas no Terminal, João Santos Salines Júnior, de 24 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no Hospital Celso Ramos, no Centro da capital de Santa Catarina. 

Abaixo o vídeo com o momento do tiroteio:

Irizar entrega outro ônibus para MAN Latin América

0 comentários
A Irizar de Botucatu entregou mais um ônibus à MAN Latin América que será para utilização do Resende Futebol Clube, time da cidade de Resende no Rio de Janeiro, onde está instalada sua fabrica de chassis para caminhões e ônibus.

Além desta unidade a Irizar já entregou à MAN Latin América mais seis unidades que estão sendo utilizados pelos seguintes clubes:  Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos (no estado de São Paulo) e Sport e Náutico de Recife em Pernambuco.

Novo ônibus escolar da Comil

0 comentários
Com o objetivo de retornar ao mercado de ônibus escolares, a COMIL firmou parceria com a Volkswagen e produziu seu novo modelo de ônibus VE 03R, chassi 15.190, para participar do Programa Caminho da Escola, do Governo Federal. As alterações no veículo foram propostas por este Programa e entre elas estão o para-choque traseiro retrátil, as poltronas triplas, o estepe na traseira com acesso externo (tampa traseira), o porta pacotes com estrutura tubular e as janelas com dois vidros móveis. Além destas mudanças o  ônibus escolares virão com algumas inovações tais como: bloqueio de diferencial, chassi mais alto, balanços dianteiros e traseiros menores, entre outras alterações, que a COMIL já está adaptada.

O Programa Caminho da Escola foi criado em 2007, por uma iniciativa do Governo Federal, com o objetivo de garantir o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na Educação Básica da zona rural das redes estaduais e municipais. Outra meta é renovar a frota de veículos escolares e garantir segurança e qualidade para o transporte dos estudantes. Além disso, o programa visa, também, a padronização dos veículos de transporte escolar e o aumento da transparência nessas aquisições.

Com informações: Notícias Comil.

Marcopolo lança campanha de incentivo ao uso do ônibus

0 comentários
A Marcopolo, principal fabricante de ônibus do Brasil, escolheu a 28ª Festa da Uva, que será realizada em Caxias do Sul, de 18 de fevereiro a 7 de março, para lançar uma campanha nacional de incentivo ao uso do ônibus. Com o slogan "Cuide do futuro do nosso planeta. Ande mais de ônibus", a empresa pretende mostrar que ao usar os ônibus há vantagens para a qualidade de vida da comunidade, para o meio ambiente e para a diminuição dos congestionamentos nas cidades.

De acordo com o diretor-geral, José Rubens de la Rosa, no mesmo espaço físico ocupado por cinco automóveis nas ruas e avenidas, com a média de duas pessoas por veículo, é possível transportar 160 passageiros em um ônibus, com conforto, rapidez e segurança. "É preciso mostrar e conscientizar toda a comunidade para a importância do transporte urbano na melhoria da qualidade de vida, preservação ambiental e redução dos congestionamentos. E isso, a cada dia, passa a ser fundamental para o futuro, não somente em grandes metrópoles, mas em cidades médias e pequenas", salienta o executivo.
No caso dos grandes centros urbanos, a implementação de sistemas como os BRT (Bus Rapid Transit) em vias exclusivas e ônibus modernos, com bilhetes pré-pagos, controle eletrônico e GPS, será cada vez mais importante. Esse sistema, adotado com sucesso em diversas cidades do mundo, como em Santiago do Chile, Bogotá e Cali, na Colômbia, e mais recentemente em Johanesburgo, para a Copa do Mundo de futebol, tem custo até 20 vezes menor que o do metrô e pode entrar em funcionamento em 1/10 do tempo.

José Rubens de la Rosa salienta que, mesmo no Brasil, para a Copa do Mundo de futebol, em 2014, e para os Jogos Olímpicos, de 2016, os sistemas BRT  podem ser rapidamente implementados com custos muitas vezes menores e transformarão o cenário trânsito nas cidades nacionais. "Sabemos que, para que as pessoas se conscientizem e passem a andar mais de ônibus, é preciso garantir um transporte rápido, confortável e seguro. Os ônibus poderão utilizar tecnologia de tração híbrida e/ou movidos por combustíveis alternativos e renováveis", conclui de la Rosa.

Independente do tamanho da cidade, todos os cidadãos vão precisar colaborar para a preservação ambiental e a redução da poluição. O uso do ônibus como meio de transporte diário é muito incentivado em países desenvolvidos e torna-se uma opção com benefícios imediatos para toda a comunidade.

Texto: Marcopolo.

Experiência de Curitiba pode melhorar mobilidade urbana em Florianópolis

0 comentários
Na tarde de sexta-feira, 29, o vice-prefeito e secretário de Transportes, Mobilidade e Terminais, João Batista Nunes, entregou para análise jurídica ao procurador geral do município, Jaime de Souza, o Termo de Convênio entre os municípios de Curitiba e Florianópolis, com a interveniência da URBS – Urbanização de Curitiba S/A, que vai possibilitar uma cooperação técnica com a capital paranaense para promover a integração da organização do planejamento e das funções públicas nas áreas de transporte, trânsito e equipamentos urbanos. A URBS realizará o assessoramento através do corpo técnico à Prefeitura de Florianópolis nas áreas de transporte urbano, trânsito, circulação e sistema viário e equipamentos urbanos.

Na entrega do documento estavam presentes também o presidente da URBS, Marcos Valente Isfer, o engenheiro de transportes André Gustavo Reis Fialho e o Secretário de Serviços Públicos, Salomão Mattos Sobrinho.

Florianópolis vem realizando há seis meses ações baseadas no município de Curitiba, interagindo com orientações e ações em conjunto buscando melhorias na mobilidade da cidade. O procurador geral acha que o convênio é um passo importante e que possibilita uma parceria de forma integrada. "O exemplo que Curitiba nos dá é espetacular e devemos nos espelhar", acredita Jaime de Souza.

O secretário de transportes espera que o convênio possa ser assinado já em março, durante os festejos do aniversário de Florianópolis, entre os prefeitos da Capital, Dário Berger, e de Curitiba, Carlos Alberto Richa. "Estamos buscando soluções que já deram certo em outras capitais para planejar e melhorar a mobilidade urbana em Florianópolis", salientou João Batista Nunes.

Criada em 1963, a Urbanização de Curitiba S/A desenvolve obras de infra-estrutura, programas de equipamentos urbanos, estudos e projetos para o crescimento urbano da cidade. Além disso, a empresa faz o gerenciamento e o planejamento operacional do transporte coletivo, do sistema de táxi e a operacionalização dos sistemas de tráfego e trânsito. A empresa prestará suporte técnico para projetos de transporte e trânsito a serem implantados na capital catarinense.

Texto: PMF

Mudança de horários em Florianópolis

0 comentários
A partir do dia 17/02 - quarta-feira, entrará em operação o quadro de horários de inverno para as linhas executivas da  Canasvieiras Transporte Coletivo de Florianópolis. Os horários já estão atualizados no site da empresa.


A empresa também informa que está com problemas na rede de telefonia, mas já entrou em contato com a concessionária para resolver o problema.


Site Canasvieiras: www.canasvieirastc.com.br

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Eucatur disponibiliza o novo ônibus Marcopolo G7 em Rondônia

0 comentários
A Eucatur, conhecida por ter uma frota "perfeita" de ônibus confortáveis no sul e sudeste, surpreendeu passageiros e pesquisadores em transportes neste sábado em Porto Velho(RO).

De acordo com informações publicadas em um site especializado em ônibus, o novo Viaggio G7 900 da Marcopolo (equipado com chassi Volkswagen  17.230EOD), faz a linha Porto Velho(RO) x Humaitá(AM).

O ônibus com capacidade para 44 passageiros, possui banheiro, sistema de climatização e de acordo com Antônio Valdir (gerente da Eucatur em Humaitá), o veículo será adesivado com imagens de pontos históricos e turísticos de Humaitá, nas próximas semanas.

A entrega do ônibus, vem atender a reivindicações iniciadas pelo professor Mestre da Universidade Federal do Amazonas (UFAM-Humaitá) Valmir Flores, que liderou cerca de 2 anos, uma mobilização social que visou a coleta de assinaturas dos moradores da cidade local, encaminhando-as às autoridades relacionadas em solucionar a ilegalidade com o transporte interestadual entre o Amazonas (Humaitá) e Rondônia (Porto Velho).

Acredita-se que esse seja o primeiro veículo G7 a fazer linha na rodoviária de Porto Velho. A empresa não informa se irá adquirir novos modelos da Marcopolo.

Com informações: Revista do ônibus e Ônibus do Brasil.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Trólebus e intermunicipais mais "salgados" no ABC

1 comentários
As tarifas dos trólebus e dos ônibus intermunicipais que operam no Grande ABC serão reajustadas na próxima terça-feira 09/02 (nove de fevereiro), segundo anúncio feito pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) já comunicou que os bilhetes de trem também terão aumento na próxima semana.

Imagem: Trólebus Brasileiros - DIVULGAÇÃO

As passagens dos trólebus ficarão 3,9% mais caras, passando de R$ 2,55 para R$ 2,65. Já a média de reajuste para as linhas intermunicipais de toda a região metropolitana de São Paulo será de 4,1%. Os valores exatos das tarifas devem ser divulgados na sexta-feira.

Segundo a EMTU, o aumento segue critérios estabelecidos contratualmente e foi calculado com base na evolução dos custos do setor de transporte coletivo dos últimos 12 meses.

O índice de reajuste deste ano será um pouco menor ao aplicado em 2009, quando os bilhetes de trólebus tiveram alta de 6,25% (de R$ 2,40 para R$ 2,55) e as passagens dos ônibus intermunicipais ficaram, em média, 7,45% mais caras. 

Com informações: Diário do Grande ABC.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Busscar finaliza a produção do primeiro lote de ônibus para Guatemala

0 comentários
A empresa catarinense Busscar Onibus S/A finaliza a produção do primeiro lote de carrocerias do novo sistema Transurbano Siga —Sistema Integrado Guatemalteco de Autobuses para cidade de Guatemala iniciada em janeiro deste ano. FOTO URBANUSS PLUSS ARTICULADO: - DIVULGAÇÃO BUSSCAR
Clique para ampliar














Este projeto está sendo financiado pelo BNDES com garantia da SBCE – Seguro Brasileiro de Credito a Exportação e Banco Bradesco , sendo uma compra da iniciativa privada apoiada pelo Governo da Guatemala onde os onibus serão operados por 04 empresas que formam o novo sistema Transurbano, o qual será implementado a partir de 2010 .
Agora no mês de fevereiro acontecerá o embarque de 72 unidades ( 59 Urbanos e 13 Articulados). Os 1350 ônibus a serem produzidos pela Busscar durante o ano de 2010, estão distribuídos em 150 Articulados, sendo unidades com 18 metros de comprimento e capacidade para 143 passageiros, e 1250 veículos convencionais do modelo Urbanuss Pluss, com 11 metros de comprimento e capacidade para 71 passageiros. FOTO NOVO URBANUSS PLUSS MOTOR DIANTEIRO: - DIVULGAÇÃO BUSSCAR
Clique para ampliar















O novo modelo Urbanuss Pluss foi oficialmente apresentado ao mercado na feira "Transpúblico 2009" na versão Low Entry. Agora chega ao mercado com mais uma opção, na versão motor dianteiro. Este modelo incorpora uma série de inovações tecnológicas, que se traduzem em confiabilidade na operação, conforto aos passageiros, durabilidade e redução dos custos operacionais. Alguns aspectos construtivos como redução de peso, poltronas com novo design ergonômico, foram projetados de forma a serem mais duráveis e de fácil manutenção.

FOTO NOVO URBANUSS PLUSS LOW ENTRY: - DIVULGAÇÃO BUSSCAR


O Urbanuss Pluss LE já foi vendido para a INFRAERO.
Para o cumprimento dos prazos previstos, a unidade fabril retomou o regime de produção em três turnos em sua linha de veículos urbanos. 
 

Com informações da Busscar Ônibus

Crise na Busscar: trabalhadores começam a assinar as rescisões nesta segunda em Joinville

0 comentários
Redução no número de funcionários e atuação na esfera política para garantir direitos são algumas das cartas que a fabricante de carrocerias de ônibus Busscar, de Joinville, está usando para se recuperar dos problemas pelos quais está passando. Os negócios no exterior encolheram e o ritmo de produção caiu. Os 1.138 trabalhadores da Busscar que aderiram ao plano de demissões voluntárias começam nesta segunda a assinar as rescisões de seus contratos de trabalho. 

As restituições deverão ser parceladas entre cinco e 18 meses e o primeiro pagamento deve ser feito no dia 8. A medida é uma das estratégias adotadas pela fabricante de carrocerias de ônibus de Joinville, que foi fortemente atingida pela crise econômica. No ano passado, as vendas para o exterior caíram 60%. Com a medida, o número de funcionários vai ser reduzido em 32%. 

Antes do anúncio do plano, eram cerca de 3,5 mil nas duas unidades de Joinville (Distrito Industrial e Pirabeiraba) e uma em Rio Negrinho. O Sindicato dos Mecânicos de Joinville estima que, no atual ritmo de trabalho, são precisos 750 trabalhadores para dar conta das atuais encomendas. Uma das mais importantes é uma da Guatemala. A empresa também está atuando na esfera política. 

As duas principais frentes de atuação, envolvendo políticos joinvilenses e catarinenses, executivos da empresa e funcionários, são a tentativa de conseguir que o governo pague R$ 610 milhões em créditos de IPI e que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) libere R$ 25 milhões que seriam usados para ampliar o ritmo da produção. 

Uma das principais preocupações da empresa é com a liberação dos créditos de IPI decorrentes de exportações. Por duas vezes, o Superior Tribunal de Justiça deu ganho de causa para a Busscar. A última delas foi em agosto. Só que a Fazenda Nacional está adotando todas as medidas possíveis para tentar evitar o pagamento. E mesmo que desista disso, o que contraria a legislação, a Busscar demoraria para receber o dinheiro que viria por meio de precatórios.

O presidente da empresa, Claudio Nielson, está aguardando uma resposta do governo federal. Há quase duas semanas, ele e políticos catarinenses pediram que o vice-presidente, José Alencar, os apoiasse na empreitada para conseguir a liberação do dinheiro. Alencar encaminhou o pedido para o Ministério da Fazenda. A resposta, prometida para a quarta-feira passada, ainda não chegou. A expectativa é de que seja dada nesta semana. 

Um grupo de executivos e funcionários da empresa se reuniu em novembro com técnicos do BNDES para encaminhar o pedido. O dinheiro permitiria ampliar o ritmo da produção. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus, em 2008, a empresa produziu, em média, 396 carrocerias ao mês. Em julho, antes da empresa se desfiliar da entidade, foram produzidos 110.

Texto: Jornal A NOTÍCIA