quarta-feira, 14 de abril de 2010

Acidente entre dois ônibus em Joinville.

No final da tarde do dia 14/04/2010, houve uma colisão entre dois ônibus urbanos no terminal do Vera Cruz, no Floresta em Joinville por volta das 18:00h.

Um dos veículos estava lotado de passageiros enquanto saia do terminal, já o outro ônibus chegava ao terminal quando aconteceu a batida. 
Vinte (20) pessoas ficaram feridas e foram atendidas no terminal e até dentro dos ônibus.Como o ônibus da linha Itinga estava chegando ao terminal quando colidiu com outro ônibus, da linha Sul-Centro, a maioria dos passageiros estava em pé e acabou sofrendo traumatismos e escoriações, mas pela avaliação dos socorristas, ninguém se feriu gravemente.
— Os feridos foram encaminhados, de acordo com a gravidade dos ferimentos, para hospitais e PAs (Pronto Atendimentos) da cidade, mas apenas duas pessoas que tiveram traumatismos cranianos leves e inspiravam mais cuidado — disse o médico do Samu, Fábio Selbach em entrevista ao DC.

Passageiros do ônibus e testemunhas do acidente insinuam que a batida possa ter sido provocada pela pressa dos motoristas em cumprir seus itinerários.

— Quem vem do KM 4, Escolinha, Itinga e imediações, chega alí na entrada do Terminal próximo ao sinaleiro, as vezes desce sem olhar o que vem atrás ou na sua frente e não desce tão devagar. Os fiscais nas fotos, nos quais conheço muito bem, são muito profissionais, devem ter ficado em "pandareco" e creio que devem ter ficado muito brabos com tal situação e outra, os passageiros que alí presenciaram o fato devem ter protestado ou até agora estão criticando a irresponsabilidade, que na minha opinião foi do motorista do   10511 (ônibus da foto acima) que estava na Estrada Paratí. — disse Gustavo Campos, busólogo de Joinville.

A Gidion, empresa responsável pela linha, informou que vai apurar as causas do acidente e que a prioridade foi dar suporte ao atendimento dos feridos e regularizar o serviço, para não prejudicar os usuários. Mas, de antemão, o gerente de operações da empresa, Alcides Bertoli, argumentou que um indício de que os ônibus não estavam acima da velocidade recomendada é que eles bateram e não se deslocaram.

Nenhum comentário: