terça-feira, 20 de abril de 2010

“Reajuste em Joinville será transparente"

CARLITO MERSS / PREFEITO DE JOINVILLE

Por uma questão de agenda, o prefeito Carlito não conversou diretamente com a reportagem de “AN”. Abaixo, a respostas às perguntas que o jornal enviou à assessoria de imprensa.

A Notícia – Neste ano, o senhor alegou que agora era possível o acompanhamento mais eficiente da planilha. Os dados apurados agora indicaram a não necessidade do aumento? Ou houve decisão política, com objetivo de impacto positivo junto aos usuários?

Carlito Merss – Conhecemos plenamente o sistema e decidimos pela manutenção da tarifa para otimizar o acesso ao usuário e preparar condições para o processo licitatório. O reajuste em janeiro será anual e o primeiro mantém a periodicidade dos dois últimos, isso num cenário de estabilização econômica e baixa inflação.

AN – O fim da gratuidade para 60/64 anos, obtida pelas empresas na Justiça não contribuiu para que as permissionárias ficassem sem reajuste agora?

Carlito – Não.

AN – Em janeiro de 2011, não há o risco de o reajuste não concedido agora ter de ser compensado, com aumento levando em conta todo o período sem aumento?

Carlito – O reajuste será concedido de forma transparente, segundo a planilha e as condições suplementares de desoneração do sistema.

AN – Há possibilidade concreta de subsídio para o ano que vem, que venha a ter impacto suficiente para impedir novo aumento?

Carlito – Essa questão será definida no período do reajuste, obedecendo a conveniência e a capacidade financeira do município.



Matéria: Gustavo Campos - SFS Ônibus Joinville.
Informações: Jornal A Notícia.

Nenhum comentário: