terça-feira, 13 de abril de 2010

Rodoviários da empresa Jabour, em Campo Grande, protestaram contra o fim da greve e querem as reivindicações aceitas

Rio de Janeiro (O Repórter) - Terminou pouco depois das 8h desta terça-feira (13) a greve dos rodoviários na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Os funcionários da Viação Pégaso, únicos que ainda mantinham a paralisação, entraram em acordo com a diretoria da empresa, que aceitou cumprir algumas reivindicações feitas pelos empregados. Desde cedo diversos ônibus já estão circulando pelas ruas dos bairros afetados no dia de ontem.

Na madrugada, um ônibus da empresa foi apedrejado quando saia para o serviço. Ninguém ficou ferido, mas apenas 4 veículos da viação estavam em cicrculação, de acordo com os rodoviários. Após a chegada da polícia militar, atendendo chamado da própria Pégaso, os funcionários resolveram ceder e dar fim a greve. As demais empresas também voltaram com sua frota normal após a ameaça de demissão por quem mantivesse a paralisação. 

De acordo com o sindicato das empresas de ônibus (Rio Ônibus), apenas a empresa Madureira Candelária, que explora linhas na Zona Norte, ainda continua paralisada. Segundo informações de passageiros, rodoviários estão reunidos na empresa com a diretoria da mesma.

A greve se iniciou nesta segunda-feira(12) onde 1.800 ônibus de oito das 11 empresas que operam na Zona Oeste, não saíram da garagem. Ao todo, 120 mil passageiros ficaram sem condução durante todo o dia. Após muita confusão pelas ruas, como "O Repórter" acompanhou, a Justiça considerou ilegal a paralisação, dando total apoio às empresas que tomassem alguma medida contra os rodoviários.

Com Informações: R7

Nenhum comentário: