sexta-feira, 21 de maio de 2010

Chega ao fim a greve na Volvo

Os metalúrgicos da Renault e da Volvo retomaram hoje os trabalhos nas montadoras, encerrando greves decretadas enquanto negociavam a Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Na Renault, instalada em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, os 3,5 mil trabalhadores aceitaram a proposta mínima de R$ 7,5 mil, com a primeira parcela de R$ 4,7 mil a ser paga até o fim de maio. O restante virá em fevereiro de 2011. Os trabalhadores estavam em greve desde sexta-feira, deixando de fabricar 700 automóveis e 60 utilitários por dia.

A Volvo, instalada na Cidade Industrial de Curitiba, concedeu aos 2,8 mil metalúrgicos PLR mínima de R$ 9 mil. A primeira parcela, de R$ 5 mil, será paga até o fim do mês e a segunda em fevereiro do próximo ano. Em um dia de greve, deixou-se de produzir 72 caminhões e quatro ônibus. Os metalúrgicos da Volks, instalada em São José dos Pinhais, não chegaram a entrar em greve e aprovaram a proposta de receber a primeira parcela da PLR de R$ 3,8 mil este mês. O valor e data de pagamento da segunda parcela serão discutidos somente no início do segundo semestre.

Com informações do Bem Paraná

Nenhum comentário: