terça-feira, 29 de junho de 2010

Reajuste eleva em 2,13% o preço da passagem de ônibus para outro Estado a partir do dia 1º

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autoriza as empresas de transporte de passageiros em todo o País a aumentarem o valor das passagens em até 2,13%. A decisão foi tomada nessa sexta-feira (25). Os novos preços valem a partir do dia 1º.

Todavia, o preço não afeta o bolso do viajante que percorre no máximo 75 quilômetros, ou seja, o cliente do serviço rodoviário interestadual e internacional semiurbano. 

FOTO: FÁBIO MARTINS - TUDO DE ÔNIBUS - DIVULGAÇÃO
Foto: Divulgação
Mas, mesmo assim, a alegria do usuário dura pouco, já que, segundo a Agência Brasil, a ANTT deve divulgar os novos índices para esta categoria ainda no mês que vem.

Conforme a agência de transporte, o preço das passagens tem como bases de cálculo a distância da linha, o tipo de pavimento da rodovia e o serviço oferecido pela empresa (se é convencional, executivo, semileito ou leito).

Ainda de acordo com a ANTT, também são levados em consideração os gastos que a empresa tem com a tarifa de embarque específica do terminal rodoviário, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) estadual incidente sobre a tarifa e o rateio do pedágio, quando houver (a divisão é feita por cobrança igual a cada passageiro).

Somente os custos com combustível, peças e lubrificantes são reajustados conforme índices de inflação de cada uma das mercadorias. 

Com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT e Capital News

Nenhum comentário: