terça-feira, 1 de junho de 2010

Vice-prefeito e manifestante discutiram o transporte público de Florianópolis em debate online

O reajuste da tarifa de ônibus na Grande Florianópolis foi discutido na manhã desta terça-feira entre o vice-pefeito de Florianópolis, João Batista Nunes, e um dos líderes da manifestação de estudantes contra o aumento da passagem, Diógenes Moura Breda.

Ambos participaram de um debate online sobre o tema. João Batista mostrou seu posicionamento sobre o reajuste e abordou as dificuldades do sistema urbano atual. Diógenes defendeu uma auditoria série da planilha de custos da tarifa, que considera abusiva.

No quadro abaixo, você confere como foi o bate-papo. Confira também os comentários e as perguntas feitas por internautas do Clic RBS:


10:02
Rodrigo - Deixadinha: 
Olá! Estamos damos início ao debate
10:02
Rodrigo - Deixadinha: 
Sejam todos bem-vindos!
10:03
João Batista Nunes - Vice: 
Bom dia a todos os Internautas
10:03
Diógenes Moura Breda: 
Bom dia, pessoal!
10:05
Rodrigo - Deixadinha: 
Vamos conversar hoje sobre o aumento da passagem. Gostaríamos de começar com o vice-prefeito João Batista Nunes, que pode nos falar sobre como acontece o processo de reajuste
10:06
[Comentário de André] 
como está o processo pra nova licitação? será discutida a possibilidade de municipalização?
10:07
João Batista Nunes: 
Rodrigo - existe uma planilha que são fixadas os custos fixos e variados do sistema. qualquer aumento dessas variáveis, como por exemplo o óleo diesel ou aumento dos trabalhadores, repercute no custo do sistema, por isso que neste ano, o reajuste médio foi 7.3% - equivalente ao valor repassado aos trabalhadores.
10:08
[Comentário de João Gabriel] 
Antes que justifique o prejuizo das empresas, por quê a prefeitura mantém contratos com empresas as quais são incapazes de gerir seus próprios negócios, mantendo-os com défit?
10:09
Diógenes Moura Breda: 
Bom, na verdade, o que ocorre é que o reajuste está muito acima da inflação há muito tempo. Nos últimos 10 anos são mais de 280% de aumento
10:09
João Batista Nunes: 
André - a municipalização é modelo totalmente descartado, pois entendemos que este modelo já foi utilizado em outras cidades sem sucesso. A licitação é um compromisso político do nosso governo e está na fase final de discussão na Câmara Municipal para aprovação das diretrizes do processo licitatório
10:09
[Comentário de João Gabriel] 
por quê, sendo que os trabalhadores representam somente 40% dos custos da empresa, o valor total do aumento salarial tem que ser repassado para a tarifa?
10:10
João Batista Nunes: 
Breda - vamos fazer um debate pautado pela verdade - não por afirmações inconscistentes - 280% de aumento não é verdade
10:11
Diógenes Moura Breda: 
Com relação à municipalização, o argumento de que não funcionou em outras cidades não faz com que seja inviável. Há outros fatores, políticos por exemplo, que inviabilizaram projetos de municipalização em outras cidades.
10:11
[Comentário de Rafael] 
Senhor Vice-Prefeito. Porque a licitação deste serviço não é realizada? Colocar a culpa no salários dos trabalhadores é fácil. Com a licitação não seria possível encontrar empresas que prestariam o serviço de forma mais barata, e consequentemente repassando um valor menor para a tarifa?
10:12
Diógenes Moura Breda: 
Inclusive, do ponto de vista técnico, não faltam estudos que comprovam a viabilidade da municipalização. O problema de fundo é político, ou seja, a concepção de transporte coletivo que têm os governantes..
10:12
João Batista Nunes: 
João Gabriel - como já falei não é somente do aumento salarial dos trabalhadores do sistema (diga de passagem é uma categoria que executa suas funções de forma exemplar)
10:12
[Comentário de João Gabriel] 
Então por quê se pautar no aumento deles para aumentar a passagem?
10:13
[Comentário de Ana] 
E o imposto? Por que ficam e firacam tanto tempo sem pagá-lo?
10:14
Diógenes Moura Breda: 
E com relação à planilha de custos, a que foi entregue ao movimento nas últimas semanas demonstra a necessidade de uma auditoria séria dos custos das empresas
10:14
João Batista Nunes: 
Rafael - a licitação tem pontos importantes para o processo de reestabelecimento da ordem através da segurança juridica e da transparencia. certamente que toda e qualquer licitação possibilita várias empresas a participarem do certame, inclusive as que já operam no sistema.
10:14
Diógenes Moura Breda: 
João, quais foram as cidades em que a municipalização não funcionou?
10:14
[Comentário de Luciano] 
Alguém pode me explicar como uma empresa de ônibus pode não dar lucro? É, talvez, o único negócio do mundo em que o empresário recebe tudo à vista ou até antecipado (cartões e passes). É muita incompetência se não souber gerir.
10:14
Diógenes Moura Breda: 
Exemplifique, por favor
10:15
João Batista Nunes: 
João Gabriel - pq é uma classe trabalhadora, que como qualquer outra tem direito ao reajuste salarial e consequentemente impacto na tarifa
10:15
João Batista Nunes: 
Ana - qual imposto?
10:16
[Comentário de André Mafra] 
Então os motoristas e cobradores devem ganhar realmente muito bem para justificar uma tarifa tão cara. Daqui a pouco fica mais barato andar de taxi...
10:17
[Comentário de João Gabriel] 
Partindo do princípio que não funciona, porque mantemos o sistema de ônibus de Florianópolis? Até onde se saiba um sistema que gera um caos urbano por mais de 5 anos é comprovadamente ineficiente.
10:17
João Batista Nunes: 
Luciano - com a implementação do sistema integrado o modelo faliu - existia multiplas tarifas e a cidade em 2002 e 2003 estava numa praça de guerra - por isso que foi fixada a tarifa única e feito várias mudanças nos terminais, inclusive com a desativação de muitos - e até hoje quem paga a conta somos nós - o povo
10:18
Diógenes Moura Breda: 
Vice prefeito, enquanto não houver uma auditoria séria das planilhas de custo, os argumentos para o aumento da tarifa estarão sempre no vazio...
10:18
Diógenes Moura Breda: 
na verdade, o sistema integrado nasceu falido
10:18
Diógenes Moura Breda: 
sem a participação popular em seu planejamento
10:18
João Batista Nunes: 
Breda - você sabe bem - a municipalização não funcionou no governo da prefeita Erundina em SP e faliu as empresas em POA - citando somento 2 exemplos -
10:19
Diógenes Moura Breda: 
sem a transparência necessária na operação das empresas
10:19
[Comentário de Walter] 
Quanto está o salário atual de um cobrador?
10:19
Diógenes Moura Breda: 
e sem um conselho de transporte realmente democrático e participativo
10:20
João Batista Nunes: 
André - por isso que estamos na segunda etapa da licitação de mais 200 taxis na nossa cidade - o txi tb é uma concorrência para o transporte público da cidade
10:20
Diário Catarinense: 
Pessoal, devido ao grande número de perguntas e comentários, estamos liberando-os aos poucos para que nossos convidados possam respondê-los
10:21
João Batista Nunes: 
João Gabriel - vc está coberto de razão - não existe mágica - não podemos olhar apenas do ponto de vista da tarifa - temos problemas crônicos na cidade de mobilidade, que são afetos aos seguintes itens: fluxo de veiculos, demanda de veículos, malha viária e falta de outros modais
10:21
[Comentário de Ana] 
A qualidade de vida da cidade depende sim do pagamento de imposto da Transol para o governo. Já não basta a diminuição da frota de Ônibus e qualidade péssima do Transporte público, o não pagamento de impostos gera, de certa forma, a má qualidade da infra-estrutura pública da cidade.
10:22
Diógenes Moura Breda: 
Com relação aos seus dois exemplo, vamos ao primeiro: a municipalização na cidade de São Paulo funcionou sim, o número de usuários cresceu fortemente, as tarifas tinham preços acessíveis (inclusive com um projeto piloto deTarifa Zero). O sistema parou de funcionar foi em 1996 com a volta do regime de concessões
10:23
João Batista Nunes: 
Breda - já deixei toda a planilha a disposição do movimento, do MP, e está a disposição da sociedade. toda auditoria é salutar para o fortalecer o processo democrático fundamentado na transparência - é um requisito que não abro mão para o novo processo licitatório
10:24
João Batista Nunes: 
Walter - cada categoria faz jus ao seu salario. Por favor busque as informações no sindicato.
10:25
[Comentário de Joca Mello] 
João Batista - O transporte urbano não deveria ser um problema federal também? Porque o governo Lula baixa o IPI de carros e motos e taxa ônibus e combustíveis?
10:26
Diógenes Moura Breda: 
João Batista, em seus comentários anteriores, você disse que há problemas crônicos de mobilidade, e em todo o país o transporte público se organiza pelo modelo de concessões. É, de certa forma, ingenuidade achar que a reprodução deste modelo - via uma nova licitação - possa resolver o problema
10:26
João Batista Nunes: 
Ana - reformule sua pergunta - vc está confusa
10:27
[Comentário de João Gabriel] 
isso todos sabemos, e não temos nada contra... Inclusive eu estou mantendo contato com o SINTRATURB e os mesmo afirmam não concordarem com o aumento, pois, caso tivesse que aumentar, teria que ser baseado somente nos 40% de oneração deles na tarifa. Como justificar uma incoerência inclusive com eles, que inclusive sequer receberam o aumento ainda?
10:27
[Comentário de André Mafra] 
João Batista: Porque nessa planilha não aparece o salário dos executivos?? Eles trabalham de graça??
10:27
Diógenes Moura Breda: 
Joca, o fato de não existir uma política federal de transporte coletivo não exime a prefeitura da cidade da responsabilidade de organizá-lo da melhor forma possível. Existem inúmeras possibilidades de transformar o transporte urbano usando os recursos da própria cidade
10:28
[Comentário de João Gabriel] 
na verdade, existem empresas em funcionamento municipal em POA até hoje... E funcionando....
10:29
Diógenes Moura Breda: 
a municipalização é uma das formas, através de uma redefinição do sistema tributário do município com o objetivo de financiar o transporte coletivo, que é direito fundamental na Constituição e deveria ser gratuito
10:30
[Comentário de Rafael] 
Sim, nada impede que as atuais empresas participem do certame. Porém, os vocês, governantes, tem de entender que o povo não pode ficar refém vontade delas. Elas reclamam e a tarifa aumenta. Há anos esperamos pela abertura da tal caixa preta do transporte, que foi, inclusive, uma das jogadas para eleger o atual prefeito. Por que a tal caixa preta não foi aberta? Por que o certame não foi realizado? VocÊs estão há 6 anos no poder. Os governantes são ameaçados pelos empresários?
10:30
Diógenes Moura Breda: 
André, percebe a incoerência da prefeitura no argumento fundado na planilha?! Sem uma Auditória do transporte coletivo nesta cidade não há maneira de solucionar o problema.
10:31
[Comentário de Rafael] 
Prioridade para o transporte coletivo, por favor. A cidade está um caos. Intensifique ou adote algum programa de mobilidade. Muitas pessoas que usam carro usariam onibus, se o sistema funcionasse. É tão difícil trabalhar?
10:33
João Batista Nunes: 
Joca - este é o tom do debate. não podemos apenas cobrar do municipio, haja vista que o nosso município rigorosamente cumpre sua parte, ou seja, a redução do ISS para 0,01% - imposto municipal - e subsidiamos em R$ 0,15 a tarifa, mas infelizmente o governo federal não estabelece uma política pública para o transporte urbano do país, nem parece que o presidente Lula andou de ônibus - isso é uma vergonha, pois são mais de 50 milhões de brasileiros excluidos do transporte urbano. nossa salvação é que existe 2 Projetos de Lei que já foram aprovados na Câmara e só falta aprovação no Senado: 1 - PL 694/1995 - trata das diretrizes nacionais de transporte urbano; 2 - PL 1.927/2003 - trata da desoneração tributária do transporte coletivo urbano. A aprovação dessas PL´s é o reestabelecimento do incentivo e do incremento de políticas públicas para a mobilidade urbana. Falta falar tb da participação do governo do estado na redução do ICMS, ou seja, falta vontade política do governo estadual e federal.
10:34
Diógenes Moura Breda: 
Sabemos, João, que sustentar uma suposta melhoria do transporte público em uma nova licitação é ingenuidade. O Brasil todo sofre com um problema estrutural de mobilidade urbana, e a totalidade dos sistemas se organiza sob o regime de concessões privadas. Há, obviamente, uma ligação estreita entre os dois fatos: é o regime privado de concessões, com toda sua estrutura anterior (ausência de controle e planejamento popular, falta de transparência na operação das empresas, etc.) a responsável pela situação do transporte no Brasil
10:34
João Batista Nunes: 
Breda - não é somente a tarifa o problema do sistema - precisamos construir os grandes corredores (BRT´s), eliminar disperdicio e racionalizar o sistema
10:35
João Batista Nunes: 
André - seria imoral se o salário dos executivos estivessem na planilha. é uma pergunta que automaticamente já se explica
10:36
[Comentário de Estudante X] 
Se o táxi é uma concorrência para o transporte público, as empresas nao devia se preocupar mais em manter o transporte de qualidade e viável financeiramente? Que ao meu ver, não é o que estão fazendo.
10:37
[Comentário de Alexandre] 
Por acaso o vice está sugerindo às pessoas andarem de taxi, admitindo assim a falência do transporte coletivo na cidade?
10:37
João Batista Nunes: 
João Gabriel - se vc possui uma relação com eles, então me traga uma proposta em que eles abram mão do aumento e a tarifa não será reajustada.
10:37
Diógenes Moura Breda: 
João, com relação aos projetos de lei, obviamente são positivos, mas não são mais que um alívio momentâneo (talvez por uma década ou mais), mais a crise do transporte voltará à tona mais cedo do que tarde, pelo próprio regime em operação que tem apenas duas saídas, aumento do subsídio da Prefeitura ou repasse aos usuários. Ambos insustentáveis a longo prazo.
10:38
[Comentário de nelson] 
em resumo: nenhum serviço de transporte público em Florianopolis é feito por meio de licitação
10:39
[Comentário de neusa] 
e ainda por cima as empresas ganham isenção de impostos?? isso é alguma piada!!!!
10:39
Diógenes Moura Breda: 
João, nunca limitei o debate da mobilidade à tarifa. Pelo contrário. Porém, vivemos uma experiência real de que a reorganização do sistema de transporte fundado no regime atual é incapaz de resolver os problemas da cidade.
10:39
João Batista Nunes: 
Rafael - vc é inteligente ao ponto se saber que este sistema já nasceu falido. vc tem liberdade de sobra para pegar qualquer engenheiro que entenda de sistemas, do Brasil e do mundo, para fazer uma análise critica - assim vc vai descobrir o que há na caixa preta.
10:39
Diógenes Moura Breda: 
O cancelamentos de linhas "não lucrativas" é prova disso.
10:40
[Comentário de Mary] 
creio que o transporte urbano é de responsabilidade da prefeitura e não do LULa? Não pode comparar IPI;;;;;;
10:40
Diógenes Moura Breda: 
Se o sistema nasceu falido, João, por que não repensá-lo em sua totalidade?
10:40
[Comentário de Mary] 
é somente falta de planejamento ;;;;
10:40
[Comentário de Leonardo da Silva] 
a Cia. Carris Porto Alegrense é a unica empresa pública de transporte coletivo em POA e funciona a todo vapor!
10:41
[Comentário de Joca Mello] 
Diógenes Moura - Se o transporte for gratuitoquem vai pagar a conta? Eu que nunca usei um ônibus? Já pagou meus impostos que permitem que esdantes estudem gratuitamente nas escolas públicas.O modelo estatal faliu no mundo todo não sei se voce sabe?
10:41
João Batista Nunes: 
Rafael - infelizmente, além dos problemas da cidade ou nas cidades, ainda temos o preconceito de andarmos de ônibus, pois a nossa cultura é o automovel. precisamos implementar já no ensino fundamental a quebra desse paradigma. Vc sabe Rafel - qtas pessoas vc conhecem que qdo completam 18 anos ou passam no vestibular - ganham carro
10:42
Diógenes Moura Breda: 
Joca, existem modelos de transporte no mundo que funcionam muito bem! Sabes que quase a totalidade do transporte nos EUA é público?
10:43
Diógenes Moura Breda: 
ou, sem ir muito longe, que o transporte público em Buenos Aires, de metrô ou ônibus, custa cerca de R$ 0,50 e opera pontualmente e com bastante frequência!
10:43
Diógenes Moura Breda: 
e, não Joca, não seria você quem pagaria a conta,
10:43
[Comentário de Demetrius] 
Senhores, como pode uma categoria de trabalho que se diz privada fazer greve e ganhar aumentos acima da média das outras categorias? Porque não demitir os trabalhadores insatisfeitos e contratar outros motoristas e cobradores?
10:43
João Batista Nunes: 
Alexandre - não. Estou apenas afirmando que uma cidade não pode ficar refem apenas de um modelo de trasnporte, ou seja, temos que ter o taxi, bicicleta, lacustre, maritímo, teleférico e o próprio ônibus - todos de forma integrada
10:43
[Comentário de Juliana] 
claro que tem muitos carros e transito vice prefeito , é mais barato e comodo andar de carro em florianopolis, o transporte público é para quem não tem opção realmente , o que deveria ser ao contrario não acha???
10:44
Diógenes Moura Breda: 
mas aqueles que mais se beneficiam com a circulação de pessoas pelas cidades (que recebem seus trabalhadores e consumidores): grandes redes comerciais, supermercados, shoppings
10:44
João Batista Nunes: 
Nelson- pela primeira vez estamso licitando o transporte coletivo e taxi
10:44
Diógenes Moura Breda: 
isso poderia ser organizado em um Fundo de Transporte que financiaria a Tarifa Zero.
10:45
João Batista Nunes: 
Neusa - não, é apenas uma necessidade. não podemos viver no mundo das fantasias. vc sabe que tudo aumenta e o transporte público não é diferente
10:45
Diógenes Moura Breda: 
E uma última pergunta, Joca: como estudar - nas escolas públicas que nós financiamos - sem a possibilidade de chegar até ela?
10:47
[Comentário de lino] 
Discordo do sr joao batista: a intervencao da prefeitura de porto alegre no sistema de transporte publico nao faliu as empresas. Ao contrario, proporcionou que a prefeitura tivesse acesso aos dados reais das planilhas de custos que era uma caixa preta que nenhuma empresa abria.
10:47
[Comentário de lino] 
Depois da intervencao, houve a melhoria do transporte publico porque acabou o chora-chora das empresas que o transporte era deficitario.
10:47
[Comentário de lino] 
Inclusive foi umas das primeiras capitais a ter onibus com ar condicionado.
10:48
Diário Catarinense: 
Gente, pedimos desculpas pela demora em liberar os comentários. Se o fizermos tudo de uma vez,os convidados não conseguirão acompanhar a conversa
10:49
João Batista Nunes: 
Breda - me desculpe, mas em todas as ações para o melhoramento da mobilidade urbana de nossa cidade, como exemplo, o fechamento da Av. Paulo Fontes que facilita o deslocamento de mais de 200 mil usuários do sistema até hoje não recebi apoio do movimento e os corredores para o Sul da Ilha e Ponte Colombo Salles que mostraram eficiência e ganho de tempo - os únicos solidários foram o POMAR e LUCAS DE OLIVEIRA. e vc sabe que existe um movimento para reabrir a Paulo Fontes - então POR FAVOR - ME AJUDE!!! ESTA é mais uma briga entre o público e o privado.
10:49
João Batista Nunes: 
Mary - vai estudar...
10:49
Diógenes Moura Breda: 
exatamente, Lino! Por isso que, quando a Frente de Luta pelo Transporte diz que o problema de fundo é político, estamos afirmando que a negação em um processo de debate transparente se deve ao benefício que essas empresas têm ao operarem com a "caixa-preta"
10:50
[Comentário de Gabriela Santini] 
O que o senhor tem pra comentar do abuso de autoridade da polícia nas últimas manifestações?
10:52
Diógenes Moura Breda: 
João, o movimento apóia sim as iniciativas, mas não queremos discutir "remendos" ao sistema falido (o que você mesmo admitiu), mas a mobilidade de forma ampla...
10:52
João Batista Nunes: 
Demetrius - pela primeira vez conseguimos ter um acordo sem paralizações. vc sabe que sempre além do aumento da tarifa a cidade parava. é importante destacar a maturidade do SETUF, SINTRATURB, MP, MPTrabalho, MOVIMENTOS POPULARES, que há anos buscam esse amadurecimento
10:52
Diógenes Moura Breda: 
Gabriela, o que aconteceu ontem na UDSC pode ser resumido em uma palavra: massacre...,
10:53
Diógenes Moura Breda: 
UDESC, perdão
10:53
[Comentário de Joca Mello] 
Diógenes moura - Pelo que se sabe a prefeitura ja subsidia a tarifa dacapital.por acaso voce está sugerindo que todos os moreadores paguem mais pra quem usa ônibus?
10:53
Diógenes Moura Breda: 
e a Prefeitura deveria se manifestar a esse respeito
10:54
Diógenes Moura Breda: 
Joca, observe meus comentários acima. Estou sugerindo que os grandes pontos geradores de tráfego subsidiem o sistema
10:55
[Comentário de radames] 
transporte publico aonde? transporte publico não pode ter lucro.
10:55
Diógenes Moura Breda: 
a maioria absoluta passaria a circular gratuitamente pela cidade
10:55
João Batista Nunes: 
Juliana - dias atrás um academico da UFSC fez um comparativo entre o custo de andar de Ônibus e de carro - não tive acesso ao estudo. estou tomando conhecimento desse estudo e é lamentável que no custo de quem anda de carro não está inserido o valor o estacionamento, o custo do veículo - esta relação me deixa perplexo - certamente este academico estaciona seu carro no campus universitário - que infelizmente é gratuito.
10:55
Diógenes Moura Breda: 
João Batista, como a prefeitura irá se posicionar com respeito às agressões a estudantes na noite de ontem na UDESC?
10:55
[Comentário de Ernesto São Thiago] 
Vice-prefeito. Como anda o projeto de implantar o transporte marítimo de passageiros? Sem demandar os grandes investimentos públicos em infraestrutura rodoviária (rodovias, pontes, túneis, imensos terminais), apenas píeres multiuso, talvez fosse possível, aí sim, subsidiá-lo 100%, promovendo o "Passe Livre pelo Mar". Fora que os engarrafamentos diminuiriam absurdamente. O quê acha, Breda?
10:56
[Comentário de Alexandre] 
Joca, se vc não quer pagar meu ônibus, eu tb não quero pagar a polícia que protege sua propriedade.
10:57
[Comentário de Mary] 
Breda , concordo , hoje tem fundo pra tudo ...é só lutar
10:57
[Comentário de Rodrigo] 
Porque vocês do movimento,não fazem uma passeata tranquila,sem quebrarem Lixeiras,lojas e jogar pedras,bolinhas de vidros nos Policiais
10:57
Diógenes Moura Breda: 
Ernesto, você tocou no ponto central! A questão da mobilidade urbana envolve outras mobilidades de transporte (marítimo, ciclovias, etc.). Poderia ser financiado da mesma maneira que o transporte coletivo de ônibus
10:58
Diógenes Moura Breda: 
Rodrigo, a Frente de Luta pelo Transporte sempre afirmou seu caráter pacífico, basta ler os documentos que estamos publicando há quase um mês
10:59
[Comentário de Joca Mello] 
DiógenesMura - por acaso voce quer tudo de graça e pago porquem trabalha? Eu estudei e trabalhei para custear estudos a vida toda...
10:59
[Comentário de Thiago] 
Vice-Prefeito, gostaria que o senhor falasse a respeito da represão que a policia tem usado contra manifestações. Ontem nem na calçada foi possível transitar, sem falar nas agressões e prisões...
10:59
João Batista Nunes: 
Lino - há mtas pessoas criticando nossa cidade e o modelo. Em mtos itens está melhorando através da: licitação, debate e a transparencia da planilha - que está a sua disposição, corredores, ciclovias, humanização espaços públicos e outros. Lino - vou ser mto franco - está na hora de determinados criticos voltarem para sua cidade de origem já que aqui nada presta.
11:00
[Comentário de Mary] 
Demetrius , que lógica é essa de demitir funcionario e o direito do cidadão fica onde?
11:00
Diógenes Moura Breda: 
Joca, quero que direitos democráticos fundamentais sejam garantidos e respeitados
11:01
Diógenes Moura Breda: 
Em uma sociedade tão desigual como a brasileira, o acesso a esses direitos é fundamental para a construção de um projeto de país. O transporte, porém, é o único direito fundamental pago no ato!
11:01
João Batista Nunes: 
Gabriela Santini - quem tem poder de manter a ordem é a Polícia, sempre intercedi para as manifestações serem pacíficas e ordeiras, mas sempre respeitando o ir e vir das pessoas, além do patrimônio histórico
11:01
[Comentário de Alexandre] 
Pode até ser que tudo aumente, mas não vejo nada aumentando na mesma proporção da tarifa de ônibus. Há algo realmente muito errado nessa conta.
11:01
[Comentário de Ernesto São Thiago] 
Não é mais barato andar de carro do que de ônibus não! Tem que incluir o custo do investimento, da manutenção e de estacionamento e não apenas do combustível! Eu ando de ônibus e é muito bom. Não me estresso dirigindo ou procurando vaga... O sitema TILAG-TICEN funciona muito bem todos os dias. Ônibus pontuais e limpos.
11:01
Diógenes Moura Breda: 
ou você pesa seu lixo antes de entregar para o funcionário da COMCAP?
11:02
[Comentário de nelson] 
22 anos de Constituição Federal, 6 anos de governo Dário, e "pela primeira vez estamos licitando o transporte público e de taxi". Tomara q esta licitação não seja nos moldes da do mercado público.]
11:02
[Comentário de Rafael] 
Claro que há uma comoção nacional pelo uso do carro. No entanto, se o serviço do transporte coletivo fosse bem servido MUITA gente deixaria o carro em casa. Exemplo disso: a linha Jardim atlantico - UFSC. Quantos estudantes que poderiam ir de carro e usam aquela linha. Se linhas com itinerarios inteligentes existissem, não seria plausivel que outras pessoas deixassem o carro em casa? O transporte coletivo é mais barato sim, mas em florianopolis ele se torna menos vantajoso que usar o carro. Quem gosta de torrar dinheiro a toa?
11:03
Diógenes Moura Breda: 
João, o que vimos ontem foi agressão gratuita e prisões arbitrárias por parte da Polícia. Essa situação de "Estado de Sítio" instaurada nas últimas semanas existe em função do próprio posicionamento da Prefeitura Municipal
11:04
João Batista Nunes: 
Ernesto - nossa Ilha precisa desmistificar o Transporte Marítimo, por isso já realizamos o 1º Seminário sobre Transporte Marítimo de Fpolis e estamos prestes através de técnicos especialista neste assunto - realizar um estudo e projeto de mobilidade marítima viável para nossa cidade
11:04
Diógenes Moura Breda: 
ou melhor, da ausência de posicionamento da Prefeitura em relação aos últimos acontecimentos. Parece que as notícias não chegam ao gabinete do prefeito Dário!
11:04
Diário Catarinense: 
Pessoal, o debate já dura uma hora e, infelizmente, temos de encerrá-lo. Diógenes e João Batista responderão as últimas perguntas antes do fim
11:06
[Comentário de Mary] 
as pessoas não andam de ônibus não por preconceito mas por falta de transporte de qualidade
11:06
Diógenes Moura Breda: 
tudo bem. Antes de encerrar, porém, gostaria de convidar todos a participar das atividades da Frente. Teremos mais um grande ato nesta quarta-feira. Às 17h no TICEN!
11:06
[Comentário de Alexandre] 
Entendo, vice. O problema é que taxi não resolve e não vejo na cidade investimentos e tranposte marítimo. Nem mesmo locais seguros para trafegar e para guardar bicicletas nós temos.
11:06
João Batista Nunes: 
Alexandre - pegue uma calculadora e faça os calculos - ou então consulte o meu ex- professor Pedro Moreira da UFSC.
11:07
Diógenes Moura Breda: 
Exato, Mary. A escolha do carro é de ordem econômica, no fundo. Com um transporte público gratuito e frequente, quem optaria pelos transtornos do carro?!
11:08
João Batista Nunes: 
Ernesto - Mereces um Beijo da minha assessora - é claro. Obrigado, é mto bom saber que nem tudo está perdido.
11:08
[Comentário de Antonio Rossa] 
Eu morava em Londres, e lá eu pagava o equivalente a 5 reais para andar 7 dias quantas vezes eu quisesse. O transporte não é uma necessidade básica em um estado capitalista?
11:08
João Batista Nunes: 
Nelso - com certeza não será
11:08
[Comentário de Joca Mello] 
Diogenes Moura - entao peça aos estudantes que respeitem a lei e se manifestem de forma organizada e pacífica sem depredar...
11:09
[Comentário de lino] 
Sr joao batista, nao vou voltar pro Rs porque a constituicao me garante livre transito por todo o territorio nacional e tenho cargo publico federal aqui em florianopolis. Acho mais facil exercer o direito do voto e tirar esse pessoal que esta na prefeitura e nao resolve o problema do transporte publico e ainda cria mais empecilhos pra quem anda de carro.
11:09
[Comentário de maria D. Sá] 
Estava em frente a UDESC ontem, e vi a movimentação policial, não havia nescessidade de tanta força contra os estudantes, não aceito passe livre, mas tbem não aceito esse aumento absurdo, isso é um abuso de poder (concorrencia já) para o transportes coletivo.
11:10
Diógenes Moura Breda: 
Novamente, Alexandre, não precisamos ser especialista para termos a certeza de que o atual modelo não é organizado em função das necessidades da população de Florianópolis. A população sabe melhor tão bem quanto os especialistas quais são os gargalos do sistema. Mas fica a pergunta: qual a dificuldade em organizar assembléias e plebiscitos de bairro para decidir os horários e a frequencia dos ônibus em cada ponto da cidade?
11:10
[Comentário de Juliana] 
aham Ernesto vai precisar de onibus de domingo ou 6 horas da manha , pergunta para os turistas o que eles acham ??? e para as senhoras que precisam levar seus filhos no hospital depois das 23 horas hahaha so vc gosta!
11:10
[Comentário de Angel] 
Já que aumentaram a tarifa, pelo menos deveriam aumentar o número de horários dos ônibus; deveriam aumentar o conforto, a qualidade, o atendimento. Assim, muitos deixariam o carro em casa, e o transporte coletivo seria mais usufruído, o trânsito menos caótico, e a vida valorizada.
11:10
João Batista Nunes: 
Mary - vc precisa fazer um estágio em SP, MG, RJ, POA, e até mesmo Curitiba.
11:10
Diógenes Moura Breda: 
É aí que se percebe que o problema é político, de manutenção de esquemas de interesse econômicos consolidados.
11:11
[Comentário de Priscila] 
Quem depreda são espertinhos que aproveitam que está acontecendo manifestação, e se juntam pra fazer isso.. Ou alguns estudantes sem noção, que nem devem andar de ônibus!
11:12
João Batista Nunes: 
Alexandre - ainda falta mto - tenho consciencia disso, mas de uma coisa vc pode ter certeza não falat vontade política da minha parte para fazer uma grande transformação na mobilidade urbana de Fpolis.
11:12
[Comentário de Marcelo Pomar] 
Licitação não éobra política, é pressuposto republicano básico, fundamental. João, não perca a compostura mandando as pessoas voltarem para suas cidades de origem. Isso é xenofobia e não cabe a uma autoridade política.
11:12
Diógenes Moura Breda: 
meus caros, observem o silêncio do Vice-Prefeito com relação às agressões da polícia que vem ocorrendo
11:13
Diário Catarinense: 
Gente, o debate chega ao fim. Pedimos mais uma vez desculpas por nem todos poderem participar. Só neste momento, 307 pessoas acompanham o bate-papo
11:13
João Batista Nunes: 
Antônio Rossa - não queres comparar Londres, Portugal, Paris (Europa) com os paises em desenvolvimento. nestes paises faltam tb creche, escola, saneamento, saúde, infraestrutura.........
11:15
Diógenes Moura Breda: 
O exemplo de outros países mostra, porém, que é possível um transporte público de qualidade é possível, e tampouco faltam exemplo de países subdesenvolvidos que possuem sistemas de transporte público eficientes
11:16
João Batista Nunes: 
Lino - é por atitudes como essa que há anos tentas ser vereador e não consegues. Vc só sabe criticar - TUDO E A TODOS - me mostre, me apresente - uma ação ou projeto seu - como professor vc é parasita do sistema - que só vive das criticas. sua essencia é ideologica - e de ideologia o inferno está cheio.
11:17
Diário Catarinense: 
Gostaríamos de agradecer a todos os internautas. O nosso obrigado especial ao Diógenes e ao João Batista pelo tempo e pela atenção que nos dedicaram. Com certeza, as discussões sobre o tema continuarão
11:18
[Comentário de ANDRÉA] 
TA LOUCO!!!!!!!!!!!!!!!!!! OLHA A POSTURA DO SR. JOÃO BATISTA NUNES
11:18
Diógenes Moura Breda: 
Valeu, pessoal! Todos ao ato de quarta-feira! Um abraço!
11:18
João Batista Nunes: 
Angel - só existe transporte eficiente qdo existe a demanda para o sistema. nos últimos 10 anos a demanda da nossa cidade variou em torno de 50 mil usuários e a frota do sistema aumentou em mais de 50%.
11:18
Diógenes Moura Breda: 
João, sua truculência mostra que sua postura e a da polícia estão afinadas. Um bom dia!
11:20
[Comentário de PAVAN] 
O SR JOAO BATISTA TEM QUE PONDERAR SUAS PALAVRAS , QUALQUER PALAVRA MAL POSICIONADA VAI GERAR MALS ENTENDIDO
Reportagem: Clic RBS

Nenhum comentário: