sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Greve de motoristas de ônibus afeta 1 milhão de usuários em Fortaleza (CE)

A greve dos motoristas de ônibus de Fortaleza (CE) prejudica 1 milhão de passageiros nesta sexta-feira (13), segundo dados do Sindionibus (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Estado do Ceará). Os trabalhadores reivindicam 15% de reajuste salarial, enquanto as empresas permanecem com a oferta de aumento de 5,5%.

A paralisação está em seu segundo dia. Esta já é a segunda paralisação da categoria em dois meses – em junho, a greve durou mais de dez dias e afetou, pelo menos, 1,5 milhão de pessoas.

Nesta greve, apenas 30% da frota está circulando na capital cearense nesta sexta-feira, sendo que a Justiça determina que 70% dos veículos trafeguem nas cidades. Para definir quais são os novos rumos da greve, membros do Sintro (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará) participam nesta manhã de uma audiência na sede do TRT (Tribunal Regional do Tralho).

Segundo informações do Sindionibus, o Ministério Público deve oferecer aos trabalhadores a proposta de reajuste salarial de 10%.

Em nota divulgada nesta manhã, o desembargador Manoel Arízio de Castro, do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 7ª Região, declarou a greve abusiva e determina “o imediato retorno dos grevistas aos postos de trabalho e o fim das manifestações”.

O magistrado declara que o Sintro pode sofrer multa de R$ 50 mil por hora de paralisação caso não acate a decisão judicial.

Com informações: R7.com

Minas Gerais

Cerca de 300 ônibus, de 33 linhas, deixaram de circular em Belo Horizonte na manhã desta sexta-feira (13), devido à paralisação parcial dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e região, que começou na madrugada.

Mais de 30 mil pessoas teriam sido diretamente afetadas pelo movimento, segundo o Sindicato dos Rodoviários. A paralisação foi decidida durante uma reunião no início da noite de quinta-feira (12).

Com informações: R7.com

Nenhum comentário: