quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Justiça Federal determina fim da concessão da linha rodoviária entre Brasília e Goiânia

O Grupo Odilon Santos perdeu a concessão de transporte rodoviário no trecho entre Brasília e Goiânia. A Justiça Federal em Goiás determinou que a Agência Nacional de Transportes (ANTT) tem 90 dias para fazer licitação do trecho, que é explorado pelas empresas Viação Araguarina e Viação Goiânia, ambas do grupo.


FOTO: WALLISON FERREIRA - ÔNIBUSBRASIL.COM - DIVULGAÇÃO
Foto: Divulgação

O trecho é operado pelas companhias desde 1960 sem nunca ter havido concorrência. “São duas irregularidades, além de operarem há muitos anos sem licitação, as duas empresas são do mesmo grupo familiar, o que é errado de acordo com a lei”, disse a procuradora da República Mariane Guimarães, autora da ação do Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) que resultou na liminar da Justiça Federal. 


FOTO: JOSÉ RENAN WALKER GONÇALVES - ÔNIBUSBRASIL.COM - DIVULGAÇÃO
Foto: Divulgação
De acordo com o ministério público, as duas empresas podem participar da concorrência, mas se uma delas ganhar, a outra fica automaticamente impedida de operar o trecho. Ainda segundo o órgão, a falta de concorrência tem afetado o preço das passagens e a qualidade do serviço. 

Para a estudante Amanda Gonzaga, que viaja de Brasília para Goiânia uma vez por mês, em média, o serviço das empresas é ruim. “Eu prefiro viajar de carro com amigos e dividir a gasolina, porque é melhor e mais barato. Só vou de ônibus em último caso”. Ela disse que os problemas são recorrentes. “Uma vez o ônibus da Viação Araguarina em que eu viajava quebrou e eu e os outros passageiros tivemos que ficar mais de uma hora na estrada esperando o próximo ônibus passar”. 

Até que a licitação seja feita, as duas companhias vão continuar fazendo o transporte de passageiros no trecho. 

A Agência Brasil tentou contato com a ANTT e com o Grupo Odilon Santos, mas não obteve resposta de ambos até o fechamento desta matéria. 

Com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário: