sábado, 4 de setembro de 2010

MARCOPOLO REFORÇA SUA CAMPANHA PELO USO DO ÔNIBUS NA SEMANA NACIONAL DE TRÂNSITO 2010 E NO DIA MUNDIAL SEM CARRO

Objetivo é mostrar os benefícios para a preservação ambiental e a qualidade de vida

Caxias do Sul (RS), 3 de setembro de  2010 - A Marcopolo, tradicional fabricante de ônibus, vai promover, neste mês, ações específicas em diversas cidades brasileiras para promover a sua campanha nacional de incentivo ao uso do ônibus durante a Semana Nacional de Trânsito 2010 e no Dia Mundial Sem Carro. Lançada em fevereiro passado, a campanha tem o slogan “Cuide do futuro do nosso planeta. Ande mais de ônibus. Faça andar essa ideia” e mostra que usar mais o ônibus proporciona vantagens para a qualidade de vida da comunidade, para o meio ambiente e para a diminuição dos congestionamentos nas cidades. 

De acordo com o diretor-geral, José Rubens de la Rosa, no mesmo espaço físico ocupado por cinco automóveis nas ruas e avenidas, com em média de duas pessoas por veículo, é possível transportar 160 passageiros em um ônibus, com conforto, rapidez e segurança. “É preciso mostrar e conscientizar toda a comunidade para a importância do transporte urbano na melhoria da qualidade de vida, preservação ambiental e redução dos congestionamentos. E isso, a cada dia, passa a ser fundamental para o futuro, não somente em grandes metrópoles, mas em cidades médias e pequenas”, salienta o executivo. 

No caso dos grandes centros urbanos, a implementação de sistemas como os BRT (Bus Rapid Transit) em vias exclusivas e ônibus modernos, com bilhetes pré-pagos, controle eletrônico e GPS, será cada vez mais importante. Esse sistema, implementado com sucesso em diversas cidades do mundo, como em Santiago do Chile, Bogotá e Cali, na Colômbia, e mais recentemente, em Johanesburgo, para a Copa do Mundo de futebol, tem custo até 20 vezes menor que o do metrô e pode entrar em funcionamento em 1/10 do tempo. 

José Rubens de la Rosa considera que, mesmo no Brasil, para a Copa do Mundo, em 2014, e para os Jogos Olímpicos, de 2016, os sistemas BRT são os únicos que podem ser totalmente implementados em tempo, terão custo muitas vezes menor e transformarão o cenário do caótico trânsito nas cidades nacionais. Salienta que o uso do ônibus como meio de transporte diário é muito incentivado em países desenvolvidos e torna-se uma opção com benefícios imediatos para toda a comunidade. 

Também considera que, independente do tamanho da cidade, todos os cidadãos vão precisar colaborar para a preservação ambiental e a redução da poluição. "Mas, sabemos que, para que se conscientizem e passem a andar mais de ônibus, é preciso garantir um transporte rápido, confortável e seguro", finaliza. Entre essas melhorias, de la Rosa  prevê que os ônibus poderão utilizar tecnologia de tração híbrida e/ou movidos por combustíveis alternativos e renováveis.

Nenhum comentário: