domingo, 31 de outubro de 2010

Após vender rodoviários para o EUA, Caio Induscar está otimista com o mercado

1 comentários
A encarroçadora Caio Induscar já vendeu cinco unidades do modelo G3400, o Giro 3400 para uma das maiores concessionárias atuantes em Nova Iorque, nos Estados Unidos (EUA). O sucesso do produto brasileito em solo americano foi tanto, que a concessionária já encomendou outras oito unidades.

Em setembro, a encarroçadora paulista esteve presente em Chicago e participou da Buscon America's Convention for Buses (Convenção Americana para Ônibus), uma feira anual que reúne todos os encarroçadores americanos e a indústria local de itens para o segmento, incluindo fabricantes de chassis.

FOTO: DIVULGAÇÃO CAIO INDUSCAR
Foto: Divulgação
O modelo G3400, conhecido aqui como Giro 3400, segue padrão norte-americano, com 38 assentos, toalete, seis monitores de DVD, montado sobre chassis Freightliner. O modelo, muito bem aceito no exigente mercado, faz a encarroçadora projetar a exportação de um volume de 80 a 100 unidades para o país em 2011. 

Com informações da Caio Induscar

sábado, 30 de outubro de 2010

Nova frota 2011 da Auto Viação Catarinense

0 comentários
A frota da Auto Viação Catarinense é renovada periodicamente. São atualmente 400 veículos em constante manutenção para garantir sempre o máximo de qualidade, conforto e segurança. A área de manutenção tem controle 100% informatizado, desde a entrada no portão da garagem até o abastecimento.

Novas tecnologias também têm prioridade para a Catarinense. A fim de melhorar a qualidade, a segurança e o desempenho de sua frota, a empresa tem parcerias firmadas com os melhores fornecedores do segmento rodoviário, o que torna possível uma maior especialização dos setores técnicos e permite alcançar excelência em conforto e segurança.

A Catarinense incorporou 20 novos veículos à sua frota 2011, sendo quatro unidades para o serviço executivo e 16 unidades para os serviços convencionais. Equipados com motor Scania, os carros do modelo Paradiso 1200 G7da Marcopolo contam com nova parede de separação no formato curvo e porta de correr de maior abertura.

Com o que há de mais moderno em tecnologia no segmento, a nova frota garante ainda mais conforto. Além de bagageiros nas laterias com tampas de abertura com sistema pantográfico e exclusivo método de satélite no painel do motorista, os ônibus possuem poltronas de 1060mm de largura, porta revistas e porta copos individuais, oferecendo mais comodidade ao passageiro. E pensando no bem-estar de pessoas portadoras de necessidades especiais, foi instalada uma campainha sonora no interior do WC.

A Catarinense conta ainda com ônibus eletrônicos, com sistema Confort Shift e Opticruise de transmissão, além de freios ABS, que evitam que os pneus arrastem durante frenagens bruscas, mesmo em pista molhada. E há também o sistema Retarder, que reduz a velocidade do veículo sem a utilização dos freios convencionais, garantindo uma segurança ainda maior.

Prefeitura do Rio adia padronização dos ônibus

0 comentários
Foi divulgado na edição do Diário Oficial do Rio, nesta quarta-feira (27) as novas regras para a implantação do projeto de padronização visual dos ônibus, que agora terão consórcios que responderão por essas empresas em toda a cidade.

A cidade do Rio de Janeiro que já foi ícone do designer em pintura de ônibus deverá ter uma grande mudança no transporte que levará um certo tempo. De acordo com a prefeitura do Rio, essa mudança será feita em cerca de um ano. 

A cada mês, pelo menos 7,5% da frota terão que adotar o novo visual. Isso equivale a cerca de 700 carros por mês.

A entrada em operação dos coletivos com o novo padrão visual estava prevista para este fim de semana. Mas será adiado para o próximo fim de semana junto com o bilhete único.

Com informações do Globo

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Prefeitura de Palhoça abre processo de licitação para transporte coletivo

2 comentários
Estudo, segundo o Executivo, vê falhas nos serviços da Paulotur

Moradores da região Sul de Palhoça devem contar com uma nova empresa de transporte rodoviário coletivo. A afirmação vem da prefeitura, que decretou, nesta terça-feira, a abertura de um processo para substituir a Paulotur, que atualmente tem a concessão para realizar o serviço, em caráter emergencial. 

A região compreende as linhas na região que vai desde o Rio da Guarda do Cubatão até o Rio da Madre. A decisão foi tomada nesta terça, depois que o Executivo recebeu o parecer de um estudo realizado pela Superintendência de Transportes de Palhoça. 

Problemas

Por meio de sua assessoria de imprensa, a prefeitura divulgou que a pesquisa comprova "a má qualidade do serviço do transporte coletivo prestado pela empresa, somada ao alto valor das passagens e aos poucos horários disponibilizados para a população". 

Além disso, ainda conforme a prefeitura, nos veículos da Paulotur não são oferecidas as duas vagas gratuitas para os idosos. Representantes da empresa foram procurados pela Hora para falar sobre o assunto, mas não foram encontrados.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Mais lento, ônibus 'verde' em testes gera polêmica no Rio

0 comentários
Em teste no Rio de Janeiro, um sistema que promete reduzir a quantidade de ruídos e gases poluentes emitidos pelos ônibus está dividindo a opinião dos passageiros. O dispositivo desliga automaticamente o motor do coletivo quando ele para em sinais de trânsito ou nos pontos. Apesar da contribuição para o meio ambiente, muitos usuários reclamam que a viagem está mais demorada.

Por enquanto, a experiência está sendo feita pela Viação Breda em três dos 30 ônibus da linha 497 (Cosme Velho x Penha). O motor é desligado em paradas longas, superiores a dez segundos.

A novidade não agradou a alguns passageiros. "Não concordo. De paradinha em paradinha, a gente perde pelo menos 10 minutos. Trabalho com pessoas doentes e não posso me atrasar de jeito nenhum", reclama a enfermeira Maria da Graça de Paula, 60 anos.

O estudante Severino Macena, 21 anos, tem opinião parecida. "Quando você está no ônibus, só quer chegar logo ao seu destino. Esta novidade ainda vai causar muita confusão", aposta.

Para testar o sistema, o jornal O Dia percorreu o trecho entre Cosme Velho e Praça da Cruz Vermelha nos dois modelos de ônibus. As viagens foram feitas no mesmo horário, mas em dias diferentes. O veículo convencional demorou 27 minutos para percorrer 6,5 km. Já o equipado com a nova tecnologia fez o mesmo trajeto em 33 minutos - uma diferença de seis minutos.

Especialistas creem que a novidade não vai gerar engarrafamentos. Segundo o engenheiro de transportes Alexandre Rojas, o veículo pode arrancar rapidamente após o motor ser religado. "A diferença na viagem é mínima ou nenhuma", explica. Ele ressalta que, com a tecnologia, o passageiro terá mais conforto.

"Tem menos barulho e menos calor do motor. Este tipo de ônibus é interessante tanto para a sociedade quanto para empresários, que economizam combustível", afirma. De acordo com ele, o motor dos veículos equipados com o novo sistema funciona na rotação ideal. Por isso, consomem menos combustível e emitem menos gases poluentes.

Segundo Guilherme Wilson, gerente de operações de mobilidade da Fetranspor, se a eficácia da novidade for comprovada, outras empresas serão estimuladas a adotá-la.

sábado, 23 de outubro de 2010

Encomendas de ônibus demoram para ser atendidas

0 comentários
Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo são exemplos de cidades em que anda num ritmo frenetico a renovação das suas frotas, porem as encarroçadoras estão sobrecarregadas sem a presença da Busscar no mercado, o que faz com que encomendas de ônibus que seriam entregues em 2 meses passem até 6 meses para ser atendidas. O nosso mercado de encarroçadoras é bem concentrado e quando alguma entra em crise causa um colapso na produção de ônibus. No nosso mercado dominam algumas encarroçadoras:

  •   A Busscar que ficou meses parada e que só agora retoma aos poucos a produção
  •   A Comil que é vista como uma das esperanças do setor
  •   A Caio que lidera o ramo de urbanos, está abarrotada de encomendas, mas que ainda não tem muita expressão no setor rodoviário .
  • A Irizar que não atua no segmento urbano com produtos diferenciados de alto padrão
  • A Marcopolo que produz a toque de caixa os urbanos Torino e Senior Midi na planta da Ciferal do Rio de Janeiro e tem encomendas gigantes de rodoviários
  •  A Mascarello que tem crescido mas ainda precisa maior expansão para atender a demanda
  •   A Metalbus (Maxibus) que tem pouca participação no mercado, apesdar de registrar crescimento
  •  A Neobus que, apesar de ter veículos rodoviários, tem corrido para dar conta da demanda de urbanos.

  Fonte: Adamo Bizani [BLOG ÔNIBUS BRASIL]
  Edição e Texto: Gênesis Freitas - Buzunet

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Novidades no Blog

0 comentários
Em breve a Bussmania estará publicando crônicas do transporte.

A ideia e cativar o leitor, com um humor realista e informativo do cotidiano (relacionado à ônibus).

Aguarde...

Portal MobFloripa comemora primeiro ano com ações na cidade

0 comentários
Promoção do 1º Networking em Mobilidade e Acessibilidade de Florianópolis e lançamento da versão 2.0 do Portal fazem parte das atividades.

No dia 22 de outubro, sexta-feira, o Portal MobFloripa (www.mobfloripa.com.br) - Guia de Mobilidade Sustentável e Acessibilidade de Florianópolis - completa o primeiro ano de existência e realiza uma série de atividades de comemoração na cidade. Criado com o objetivo de divulgar informações sobre mobilidade e acessibilidade, o portal aproveita a data para lançar sua versão 2.0 que oferece novas seções e funcionalidades que vão facilitar o deslocamento de cidadãos e visitantes da Grande Florianópolis. Entre as atividades comemorativas estão ações nos terminais urbanos e a realização do 1º Networking em Mobilidade e Acessibilidade de Florianópolis.

Um tour pela Mobilidade

A partir das 15 horas, dois ônibus preparados especialmente para o evento chegam ao TICEN, Terminal de Integração do Centro. Durante 40 minutos, a equipe do MobFloripa vai interagir com os usuários do sistema de transporte e transeuntes dando dicas sobre mobilidade. Na sequência, ainda em clima de comemoração, os ônibus partem com a equipe para realizar a divulgação nos terminais da Trindade - TITRI, de Santo Antônio de Lisboa - TISAN, de Canasvieiras - TICAN, da Lagoa - TILAG e do Rio Tavares - TIRIO.

O Networking

À noite, a partir das 20h, no Koxixo's Beer, na Beiramar Norte, o portal promove o 1º Networking em Mobilidade e Acessibilidade de Florianópolis, com o objetivo de incentivar a troca de experiências. Estarão presentes, apresentando projetos e ideias em mobilidade urbana, empresas como: a Segway Florianópolis, marca de patinetes motorizados; a PartyBus, que trouxe para a cidade o conceito do ônibus "balada"; a Floripa by Bus, que oferece passeios turísticos em um "open bus"; a Della Bikes, loja especializada em bicicletas; a ViaCiclo, Associação dos Ciclousuários da Grande Florianópolis; o Setuf - Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Florianópolis; a Mão Amiga, uma agência de veiculação de mídia nas linhas de ônibus municipais - e a Locomotos, locadora de motocicletas.

As comemorações de aniversário do Portal MobFloripa também pretendem contar com a participação de organizações não governamentais do setor da Mobilidade Urbana e da Acessibilidade, autoridades do setor de transporte do Município e do Estado, jornalistas e interessados no tema. "Queremos chamar a atenção das pessoas para as possibilidades de fortalecimento das formas de mobilidade que vão além dos automóveis. Nossa ideia é também contribuir com a construção de alternativas para melhorar a circulação das pessoas pela cidade", explica Claudia de Siervi, coordenadora do MobFloripa.

A editora geral do portal, Elizabeth de Siervi, define a proposta do MobFloripa como um instrumento para trazer novos elementos à mobilidade na cidade. "Sabemos que um portal sozinho não vai resolver os problemas de Florianópolis, mas o acesso a informações diversificadas e bem estruturadas pode contribuir para facilitar a locomoção das pessoas. O portal veio para tirar o melhor possível das opções existentes, trabalhando em parceria com os moradores e também com as organizações que atuam na área", afirma.

A nova versão do Portal

A versão 2.0 do MobFloripa chega com novas seções: Observatório de Trânsito, Estacionamentos, Pedestres, Dúvidas Frequentes, uma Agenda e enquetes sobre mobilidade e acessibilidade. Além destas novidades, o MobFloripa lançará a ferramenta "Ônibus no Celular", criada em parceria com a MovelBus, de Blumenau, que permitirá que o usuário baixe em seu telefone todos os horários de ônibus das linhas do transporte coletivo da capital, podendo fazer consultas posteriores sem precisar de Internet.
O portal contará ainda com um novo sistema de buscas, mais eficiente, que permitirá a visualização do próximo horário de saída de todas as linhas de ônibus municipais e indicação das principais referências situadas ao longo dos trajetos de cada linha. Outra novidade é o reforço da presença do MobFloripa nas principais redes sociais da Internet, como o Facebook, Orkut e o Twitter, e em ferramentas como o YouTube, o sistema RSS e o Blogger.

Sobre o MobFloripa

No MobFloripa o usuário encontra informações atualizadas diariamente sobre todas as linhas de ônibus que circulam pela cidade, táxi, transporte escolar, transporte aéreo, intermunicipal e rodoviário, aluguel e passeio de carros, embarcações, micro-ônibus, vans, motos, aéreo e helicópteros, entre outras. O MobFloripa conta ainda com seções voltadas aos caronistas, aos ciclistas e aos usuários com necessidades especiais. O portal oferece também mapas e as novidades locais, nacionais e internacionais sobre os temas da acessibilidade e da mobilidade urbana.

O projeto foi desenvolvido com independência e nasceu pela iniciativa de moradores da Capital que perceberam as dificuldades de seus filhos em realizar seus trajetos pela cidade com segurança, agilidade e autonomia. Desde seu lançamento, em outubro de 2009, recebeu a participação ativa de usuários, que contribuíram para seu aperfeiçoamento.

SERVIÇO
Aniversário do Portal MobFloripa
Tour pela Mobilidade: 15 horas, no TICEN
1º Networking em Mobilidade e Acessibilidade de Florianópolis: 20 horas, no Koxixo's Beer

Informações:
Dialetto Comunicação Estratégica
Michelle Araújo - michelle@dialetto.com.br
Telefone:
Celular: (48) 9144-0022

Coordenação MobFloripa
Claudia de Siervi - mobfloripa@mobfloripa.com.br

Polícia mata jovem que roubou ônibus em Goiânia

0 comentários
Um jovem de 24 anos foi morto pela polícia após roubar um ônibus, em Goiânia, Goiás. Segundo a mãe da vítima, ele era deficiente mental e usuário de crack. Ela contou que o sonho do jovem era trabalhar em um ônibus.

A vítima roubou o veículo que estava num terminal da cidade e o dirigiu por cerca de 30 km, sendo perseguido por quatro viaturas policiais. Câmeras de segurança de lojas registraram a perseguição. Os agentes dispararam 16 vezes contra o ônibus e seis balas atingiram o jovem. Segundo testemunhas, depois que o ônibus parou os policiais continuaram atirando.

Após a perícia policial, foi constatado que o jovem não estava armado. De acordo com o delegado Jorge Moreira o caso se trata de um homicídio e os autores dos tiros serão responsabilizados.
Fonte e vídeo: R7

Ônibus elétricos começam a circular pelas ruas de SP, Curitiba e Rio

1 comentários
SÃO PAULO - Uma novidade nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Ônibus elétricos começam a circular pelas capitais paulista, fluminense e paranaense. Os veículos com a nova tecnologia, bem menos barulhenta, já são usados na Inglaterra, na Suíça e no Canadá. Os motores elétricos lançam menos gases tóxicos no ambiente.

Em Curitiba, o modelo está sendo testado em uma das linhas mais longas e movimentadas da cidade. Depois, o ônibus será testado em São Paulo e no Rio de Janeiro. O coletivo funciona com dois motores: um a diesel, que é utilizado sempre que o veículo estiver em movimento, e outro motor, elétrico, que funciona nas freadas e arrancadas. O passageiro percebe a diferença entre um motor e outro. Quando acionado, o elétrico parece até que o veículo está desligado.


Segundo o fabricante, como o motor a diesel só é acionado quando o veículo ultrapassar dos 20km/h, a economia pode chegar a 35%. Uma pesquisa mostra que a maior parte dos ônibus convencionais passam a maior parte do tempo parados no trânsito, lançando gases poluentes. Por isso, o uso do motor elétrico nas freadas não é por acaso, já que a emissão de gases poluentes é cerca de 90% menor, porque o motor elétrico não solta fumaça.

Fonte: G1

Volvo prevê investimento de R$ 50 mi para ônibus híbrido

0 comentários
Transporte público com motor híbrido. Este é o objetivo da Volvo Bus Latin America para o Brasil nos próximos anos. E para iniciar a comercialização dos ônibus equipados com dois motores, um elétrico e outro a bio-diesel, a empresa prevê investimento de US$ 30 milhões (R$ 50 milhões) até 2012.

Esta foi a declaração do presidente da empresa, Luis Carlos Pimenta, ontem, durante apresentação do ônibus híbrido em São Paulo. O prefeito da cidade, Gilberto Kassab, estava presente no evento e mostrou interesse em estimular a implantação dos veículos no município.

Pimenta explicou que o veículo está em circulação em algumas cidades da Europa. "E o preço ao mercado de cada unidade por lá é de, aproximadamente, 46% a mais que um ônibus normal a diesel", destacou Pimenta.

Para o Brasil, a expectativa do principal executivo da companhia é que o valor gire em torno de 50% a mais do que um veículo igual, porém sem a tecnologia híbrida. Ele não revelou preço médio para o mercado nacional.

"Vamos iniciar os testes com o veículo híbrido em São Paulo e depois no Rio de Janeiro para analisar a viabilidade destes ônibus no Brasil", destacou o engenheiro de vendas da empresa, Fábio Lorençon.

FUTURO
Pimenta disse que o objetivo é produzir o ônibus na fábrica de Curitiba (PR). "Gostaríamos de trazer a tecnologia e também fabricar", disse.

Mesmo mais caro do que os ônibus convencionais, a Volvo realizou estudos com o híbrido e constatou que ele gera redução de 35% de consumo de combustível. Outro benefício do novo modelo é o decréscimo de, aproximadamente, 80% a 90% na emissão de poluentes.

sábado, 9 de outubro de 2010

Busscar: Produção recomeça depois de três meses

1 comentários
Depois de três meses paralisada, a produção de carrocerias foi retomada ontem, na Busscar. Parte dos funcionários (número não informado) trabalha na finalização de 25 ônibus que aguardam componentes na linha de produção.

Omaterial necessário foi comprado com uma fatia dos R$ 6,5 milhões que a empresa obteve do Bic Banco por meio da alienação de três terrenos. A fabricante de carroceiras investiu R$ 1,5 milhão para conseguir retomar a produção. Outros R$ 2,5 milhões foram utilizados para pagar a primeira parte do 13° salário de 2009 a cerca de 3 mil funcionários. Agora, a empresa espera receber, na próxima semana, outros R$ 2,5 milhões do banco, que devem permitir a quitação do 13° atrasado.

Também na semana que vem deve ser divulgado o resultado das negociações de venda da Tecnofibras, atual TSA. A consultoria Virtus BR Partners, responsável por encabeçar as negociações, deve apresentar à diretoria da Busscar os nomes dos interessados em adquirir a fabricante de componentes plásticos, um dos braços lucrativos do grupo, com faturamento mensal bruto de aproximadamente R$ 10 milhões e 900 funcionários. Pelo menos cinco propostas foram encaminhadas.

– Nossa esperança de fôlego para que a Busscar possa sair da crise é a concretização da venda da Tecnofibras. Acredito que a empresa vai saber aproveitar – afirmou o presidente do sindicato dos mecânicos de Joinville, João Bruggmann.

A expectativa é de que a operação seja concluída até o fim do mês. Mesmo que receba uma boa proposta pela Tecnofibras – a estimativa é de pelo menos R$ 60 milhões –, a Busscar precisará de aprovação para fechar negócio. A venda precisa ser autorizada pelo sindicato e pela Justiça do Trabalho, porque a fabricante de componentes plásticos está alienada, assim como todos os bens do grupo.

– Vamos concordar com a venda da empresa desde que os seis salários atrasados, que correspondem a cerca de R$ 25 milhões , sejam pagos – antecipou Bruggmann.

A dívida da empresa com os funcionários inclui ainda o FGTS, calculado em cerca de R$ 30 milhões, que, segundo o sindicato, será negociado após a retomada da produção.

O presidente do sindicato dos trabalhadores na indústria de material plástico de Joinville, Reinaldo Schroeder, que representa os trabalhadores da Tecnofibras, disse não ter informações sobre as negociações. A Busscar não comentou o assunto.

Com informações: Diário Catarinense.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Busscar paga o 13º salário após dez meses de atraso

0 comentários
Depois de dez meses de atraso, 3,1 mil funcionários que trabalhavam na Busscar no final do ano passado estão recebendo a primeira parcela do 13º salário de 2009. Após seis meses sem nenhuma remuneração, o dinheiro deu uma ponta de esperança para quem já estava desacreditado. “Salvou milhares de pessoas. Na situação em que a gente está, já nos dá um ânimo”, diz o montador de componentes Nivaldo Sena, que trabalha há seis anos na empresa. O operário foi a uma agência assim que ela abriu e já tratou de sacar o valor. “Vai para pagar a prestação do carro que está vencendo.”


A empresa enviou às agências do Itaú as ordens de pagamento para os funcionários que não aderiram ao plano de demissão. Quem ainda não retirou o valor deve se dirigir a um caixa com o CPF e um documento com foto. Somente o trabalhador pode fazer o saque.

Segundo o presidente do Sindicato dos Mecânicos, João Bruggmann, a entidade está trabalhando para que este mês os funcionários tenham outras boas notícias.

FOTO: DIVULGAÇÃO
Foto: Divulgação“O sindicato estava negociando e o dinheiro saiu agora, com outro diálogo que abrimos com uma comissão de trabalhadores provisória eleita há quase três semanas. Sabemos que ainda é pouco, mas é a metade do 13º que ninguém mais acreditava receber”.

Para o pagamento, foram liberados R$ 2,5 milhões, conquistados por meio da alienação de três terrenos ao BicBanco. Além do dinheiro destinado aos trabalhadores, a Busscar recebeu R$ 1,5 milhão. O dinheiro está sendo usado para compra de matérias-primas para finalizar a produção de 25 ônibus. A expectativa é de que a próxima parcela do 13º seja paga até o dia 11. Os empregados esperam pela venda da Tecnofibras que pode regularizar a situação dos salários atrasados desde abril.

No início da semana, o sindicato vai conversar com a assessoria jurídica para tentar uma solução para os 930 trabalhadores que aderiram ao plano de demissão e que pela ordem judicial teriam direito à primeira parcela do 13º. A empresa alega que este valor já está incluído na rescisão.

Com informações do Diario Catarinense

Reunidas Paulista aposta em nova identidade visual

2 comentários
Foto: Divulgação
A Empresa Reunidas Paulista com sede em Araçatuba/SP adquiriu 40 unidades Irizar PB, sendo destas 30 unidades de 13m de comprimento e 10 unidades de 14m. As primeiras 16 carrocerias (10 unidades de 13m e 06 de 14m) estão sendo montadas sobre chassis MBB. As unidades de 13m possuem 38 poltronas leito turismo e as de 14m possuem 42 poltronas leito turismo. Todas contam com DVD, monitores LCD 22" (01) e 15" (02), geladeira e cabine para o motorista. 

Esta novas unidades estarão marcando também a renovação da identidade visual da frota da Reunidas que ganhou um novo design com linhas mais modernas. 

Com informações da Irizar
FOTO: ALEXANDRE MIZAEL DETONI - ÔNIBUSBRASIL.COM - DIVULGAÇÃO

Leilão de empresa de ônibus de São José dos Campos é avaliado em mais de R$ 30 milhões

0 comentários
 A 5ª Vara da Justiça do Trabalho de São José dos Campos realiza no próximo dia 14 de outubro o leilão de duas garagens das empresas de ônibus do grupo São Bento (Capital do Vale, Real e São Bento), que opera provisoriamente as linhas do lote 1 do transporte coletivo da cidade. 

O Leilão Público será às 14h, no Fórum Trabalhista da cidade, na Rua Juiz David Barrilli, nº 85, no Jardim Aquarius, a cargo do leiloeiro oficial Cláudio Marques Hensel. O valor arrecadado será utilizado para quitar parte das dívidas trabalhistas deixadas pelas empresas de ônibus, que estão sob intervenção judicial desde julho do ano passado. 

FOTO: DIVULGAÇÃO
Foto: DivulgaçãoA garagem localizada no Alto da Ponte possui área de 68.500 metros quadrados e recebeu avaliação de mais de R$ 20 milhões (R$ 20.228.515,00). Já a garagem da Vila Tatetuba tem área de 30.612 metros quadrados e recebeu avaliação de mais de R$ 11 milhões (R$ 11.213.987,00). 

Com informações da Tv Vanguarda e VNews