quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Ônibus elétricos começam a circular pelas ruas de SP, Curitiba e Rio

SÃO PAULO - Uma novidade nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Ônibus elétricos começam a circular pelas capitais paulista, fluminense e paranaense. Os veículos com a nova tecnologia, bem menos barulhenta, já são usados na Inglaterra, na Suíça e no Canadá. Os motores elétricos lançam menos gases tóxicos no ambiente.

Em Curitiba, o modelo está sendo testado em uma das linhas mais longas e movimentadas da cidade. Depois, o ônibus será testado em São Paulo e no Rio de Janeiro. O coletivo funciona com dois motores: um a diesel, que é utilizado sempre que o veículo estiver em movimento, e outro motor, elétrico, que funciona nas freadas e arrancadas. O passageiro percebe a diferença entre um motor e outro. Quando acionado, o elétrico parece até que o veículo está desligado.


Segundo o fabricante, como o motor a diesel só é acionado quando o veículo ultrapassar dos 20km/h, a economia pode chegar a 35%. Uma pesquisa mostra que a maior parte dos ônibus convencionais passam a maior parte do tempo parados no trânsito, lançando gases poluentes. Por isso, o uso do motor elétrico nas freadas não é por acaso, já que a emissão de gases poluentes é cerca de 90% menor, porque o motor elétrico não solta fumaça.

Fonte: G1

Um comentário:

André disse...

Ônibus elétriccos ja rodam a muito tempo em SP. São conhecidos como trólebus e para alguns como "trol". A diferença é que precisam de ser abastecidos de energia por via catenária (rede elétrica suspensa).
A mídia (globo) se impreciona com o fato de existir ônibus não barulhento e não polunte com os hibridos -o jornalista até se atrapalha para mencionar a palavra "híbrido" alegrando a companheira- sendo que ja existe esse tipo de ônibus. É muito descaso de quem se diz preocupada com o descaso no transporte, principalmente por ônibus.