quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Volvo prevê investimento de R$ 50 mi para ônibus híbrido

Transporte público com motor híbrido. Este é o objetivo da Volvo Bus Latin America para o Brasil nos próximos anos. E para iniciar a comercialização dos ônibus equipados com dois motores, um elétrico e outro a bio-diesel, a empresa prevê investimento de US$ 30 milhões (R$ 50 milhões) até 2012.

Esta foi a declaração do presidente da empresa, Luis Carlos Pimenta, ontem, durante apresentação do ônibus híbrido em São Paulo. O prefeito da cidade, Gilberto Kassab, estava presente no evento e mostrou interesse em estimular a implantação dos veículos no município.

Pimenta explicou que o veículo está em circulação em algumas cidades da Europa. "E o preço ao mercado de cada unidade por lá é de, aproximadamente, 46% a mais que um ônibus normal a diesel", destacou Pimenta.

Para o Brasil, a expectativa do principal executivo da companhia é que o valor gire em torno de 50% a mais do que um veículo igual, porém sem a tecnologia híbrida. Ele não revelou preço médio para o mercado nacional.

"Vamos iniciar os testes com o veículo híbrido em São Paulo e depois no Rio de Janeiro para analisar a viabilidade destes ônibus no Brasil", destacou o engenheiro de vendas da empresa, Fábio Lorençon.

FUTURO
Pimenta disse que o objetivo é produzir o ônibus na fábrica de Curitiba (PR). "Gostaríamos de trazer a tecnologia e também fabricar", disse.

Mesmo mais caro do que os ônibus convencionais, a Volvo realizou estudos com o híbrido e constatou que ele gera redução de 35% de consumo de combustível. Outro benefício do novo modelo é o decréscimo de, aproximadamente, 80% a 90% na emissão de poluentes.

Nenhum comentário: