quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Prefeitura do Rio anuncia novo ônibus para cidade com capacidade para 160 passageiros

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, ao lado do ministro dos Esportes, Orlando Silva, apresentou na manhã desta terça-feira (9) à imprensa o modelo de ônibus articulado que vai ser utilizado na Transoeste, o primeiro BRT (Bus Rapid Transit) da cidade, que vai ligar a Barra da Tijuca a Campo Grande, passando pelo Túnel da Grota Funda. Com design moderno e arrojado, o veículo, apresentado no canteiro de obras onde será escavado o Túnel da Grota Funda, no Recreio dos Bandeirantes, conta com piso elevado a 90 cm do solo, portas do lado esquerdo, sem catraca interna e capacidade para 160 passageiros, os ônibus articulados farão o trajeto Campo Grande-Santa Cruz-Guaratiba-Recreio-Barra da Tijuca, gerando mais conforto aos passageiros e uma economia de mais de 1 hora no tempo de viagem. Os veículos atendem aos critérios estabelecidos no contrato de licitação das linhas de ônibus, que regulamentou a operação do sistema de transporte rodoviário da cidade e implantou o Bilhete Único Carioca. Os secretários da Casa Civil, Pedro Paulo Carvalho Teixeira; de Transportes, Alexandre Sansão, e o de Obras, Alexandre Pinto da Silva, além do presidente do Rioônibus, Lélis Teixeira, acompanharam o prefeito durante a exibição do ônibus articulado. 

Criado em Curitiba mas exportado para diversas cidades, tais como Bogotá, Pequim e Johanesburgo, o BRT consiste num sistema de transporte público com ônibus articulados que circulam em vias segregadas e por isso operam em velocidade maior do que uma linha de ônibus comum. O embarque de passageiros se dá em estações com plataformas compatíveis com o piso dos veículos, reduzindo o tempo de embarque e os bilhetes são vendidos antecipadamente, como acontece no transporte sobre trilhos. Por operar de forma troncal, os BRTs contribuem decisivamente para o reordenamento do sistema de transporte de uma cidade. 

A apresentação do modelo do ônibus articulado foi feita no local onde ocorre abertura do Túnel da Grota Funda - uma das etapas mais importantes da implantação da TransOeste. As obras desse corredor de BRT que vai ter 56 km de extensão e ligar a Barra da Tijuca a Campo Grande, orçadas em R$ 800 milhões, começaram há mais de dois meses e fazem parte do pacote viário que vai preparar a cidade para a Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016. 

A opção pelo transporte público é importante não só para melhorar os níveis de mobilidade urbana como a sustentabilidade dos grandes conglomerados urbanos. Uma pessoa sendo transportada por um automóvel, por exemplo, emite 17 vezes mais gases poluentes totais do que uma pessoa realizando a mesma viagem em um ônibus convencional. Quando comparamos com um ônibus articulado a relação é ainda maior. Uma pessoa realizando uma viagem dentro de um ônibus articulado emite o equivalente a 97% menos poluição do que uma pessoa que viaja de automóvel. Uma pessoa realizando uma viagem de motocicleta possui uma emissão 65 vezes maior do que a mesma pessoa que se desloca por um ônibus articulado. 

O consumo de energia relativo por passageiro que se desloca em uma viagem de ônibus articulado é 92% menor do que o de um passageiro que se desloca por automóvel. É importante frisar que esses dados referem-se aos veículos atualmente comercializados no Brasil. No entanto, a partir de janeiro de 2012, todos os veículos articulados comercializados no país passarão a ter níveis de emissão ainda mais rígidos, quando entrarão em vigor os novos padrões nacionais de emissão de gases poluentes, o Euro V. Atualmente todos os ônibus articulados e ônibus convencionais atendem aos padrões Euro III. A redução dos níveis de emissão de gases com a entrada dos novos padrões Euro V em 2012 para os ônibus articulados será 50% ainda menor. 

Barra da Tijuca – a via vai se estender por mais seis quilômetros do Terminal Alvorada até o Jardim Oceânico, onde vai se ligar à Linha 4 do Metrô. Neste trajeto, os BRTs circularão pelas faixas centrais da Avenida das Américas até o shopping Downtown. Neste ponto, o BRT fará uma grande curva para seguir pela Avenida Luiz Carlos Prestes (Via Parque), de onde atravessará o Canal de Marapendi por uma nova ponte que será construída, desembarcando atrás do Condado dos Cascais. Está prevista, ainda, uma passagem subterrânea para pedestres com cerca de 150 metros, que ligará o desembarque/embarque do BRT neste terminal até a estação do metrô – que está sendo construída no subsolo da Avenida Armando Lombardi, em frente ao shopping BarraPoint. 

Santa Cruz – antes o BRT terminava na Estrada da Pedra. Com a adequação do projeto, a via se prolonga por mais sete quilômetros pela Rua Felipe Cardoso, até a estação de trem de Santa Cruz. 

Campo Grande – uma via de 11 quilômetros será construída na Avenida Cesário de Mello até a estação de Campo Grande. 

Com informações da Prefeitura do Rio de Janeiro
FOTO: LEANDRO DE SOUZA - ESPAÇO DO TRANSPORTE - DIVULGAÇÃO

Nenhum comentário: