segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

100 Anos de ônibus de Scania

1 comentários

A Scania completa em 2011 100 anos de produção de ônibus. Como parte das comemorações está disponível no site mundial da Scania um mapa mundial onde os usuários colocam um ponto de ônibus simbolizando onde tem um fã dos ônibus Scania pelo mundo.



Também foi produzido um vídeo de comemoração dessa marca com imagens de varias épocas de ônibus pelo mundo, com um trecho dedicado ao Brasil com cenas do clássico CMA Scania da Cometa.



Parabéns a Scania pela essa importante marca e continue a fabricar os melhores ônibus do mundo!


Aproveitando, o site http://auto.buses.fotopic.net/ de fotos do Bussmania está atualizado com 200 fotos em especial os novos Transol, Emflotur e Imperatriz.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Novo G7 da Itapemirim

0 comentários
Após a repercussão, a Viação Itapemirim mostrou em foto o novo veículo, um Paradiso G7 1200 equipado com chassi Mercedes-Benz 0500 RSD seria um veículo re-encarroçado. A novidade irá atender em breve o serviço Climm (Convencional), ainda sem linha definida.

Divulgada em uma rede de relacionamento e em listas de discussão sobre ônibus pela internet, a foto mostra o veículo sem placa ainda no pátio de manutenção da empresa em Cachoeiro de Itapemirim no Espirito Santo. Ao que tudo indica, o ônibus saiu de Caxias do Sul (RS) em cima de uma carreta coberto por lona e seguiu viagem até o Espirito Santo, sem ser notado pelos admiradores de ônibus que fazem fotos nas estradas. Fala-se em dez unidades do modelo. Acredita-se que os ônibus possam estar operando linhas já neste carnaval.

Breve fotos...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Lançamento da Linha W Fly da Volare

0 comentários

A Volare lança a sua nova linha de produtos W Fly, com o diferencial de disponibilizar sofisticação e acabamento diferenciados. Os diferenciais dessa linha da Volare são a iluminação total em LED, materiais utilizados na carroceria e interior desenhados para a maior absorção de impacto. Os materiais são 100% reciclados e demonstram a responsabilidade ambiental da empresa.
As primeiras versões disponíveis serão a W9 e DW9, nas versões Urbano, Executivo e a recém-criada Limousine, versão especial com item de serie exclusivo para clientes que presam pela qualidade e conforto em suas viagens.













Maiores informações no site oficial do modelo: http://www.volare.com.br/website/volare_pt/wfly/index.html 


Fonte fotos e noticia:Volare/Divulgação

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Marcopolo celebra 30 anos de produção

0 comentários
marcopolo_fabrica_30anos_transportedepassageirosO complexo industrial da Marcopolo de Ana Rech, uma das mais modernas fábricas do mundo para a produção de ônibus, comemora 30 anos de atividades no próximo dia 20 de fevereiro. Inaugurada em 1981, a principal unidade da empresa tem capacidade para produzir cerca de 50 veículos diariamente e já fabricou aproximadamente 160 mil ônibus, entre micros, urbanos e rodoviários. 

Com área total de 471 mil m² e área construída 88 mil m², a fábrica possui 6.726 colaboradores, conta com os mais avançados equipamentos e instalações e recebeu, somente nos últimos três anos, mais de R$ 50 milhões sobretudo para modernização dos equipamentos, melhoria da qualidade, aumento de capacidade produtiva e para ergonomia e maior conforto dos empregados. 

A unidade de Ana Rech abriga também o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Marcopolo, com mais de 300 técnicos e engenheiros dedicados à contínua evolução e aprimoramento dos modelos. Neste centro, é projetada a maioria dos modelos que rodam pelo mundo e também são produzidas as unidades especiais, concebidas sob medida para atender às necessidades dos clientes. 

A Marcopolo concentrou em Ana Rech a fabricação de componentes e equipamentos para os veículos, como poltronas, painéis de acabamento, laterais e revestimentos internos, entre outros. As peças produzidas são também enviadas para as demais unidades da empresa no Brasil e no exterior. 

História

Com o objetivo de suprir a crescente demanda de produção da época, a unidade de Ana Rech foi inaugurada em 1981, com a presença do então presidente da República, João Baptista Figueiredo. A construção, iniciada três anos antes, projetava a implantação de modernos sistemas de fabricação, planejados e desenvolvidos para obter alto grau de racionalização e produtividade. 

Dez anos após a fundação, a fábrica comemorou a produção do ônibus 60.000, o rodoviário Paradiso da então Geração 4. Em 2001, a unidade Ana Rech foi considerada “fábrica modelo”, com equipamentos, pessoal especializado, processos industriais e desenvolvimento do produto. No mesmo ano foi inaugurada a Estação de Gás Natural, desenvolvida para reduzir o consumo de energia elétrica e criar uma matriz energética sustentável. 

A Marcopolo Ana Rech conta com uma moderna pista de testes, desde 2003, que facilita e torna mais rápido o desenvolvimento de novos modelos, a implementação de mudanças e a detecção de eventuais falhas. Em 2004 foi inaugurada uma nova linha de montagem e, em 2006, a fábrica inovou com a implantação do Sistema de Qualidade Produzida.  

Além das áreas de produção, administração, comercial e de engenharia, a fábrica de Ana Rech contempla um Centro de Treinamento para capacitação dos empregados e de clientes, além de uma unidade da Escola de Formação Profissional Marcopolo, para aprendizagem de menores da comunidade. A unidade conta também com uma ampla estrutura de suporte aos empregados, como restaurante, serviços médicos, farmácia, bancos, despachantes, seguradora, biblioteca e loja conveniada.  

Expresso Brasileiro estaria recebendo novos ônibus G7 1200 RSD leito

0 comentários
Foto: Divulgação
FOTO: SILAS PACHECO SILVA
MINIATURA DE ÔNIBUS DA SERRA - DIVULGAÇÃO
A informação ainda não é oficial, mas de acordo com fontes, a Expresso Brasileiro pode estar recebendo em breve novos ônibus Marcopolo. Serão quatro unidades do modelo Paradiso G7 1200 equipados com chassi Mercedes-Benz 0500RSD. Os novos ônibus estarão sendo disponibilizados no serviço leito, substituindo os já conhecidos Diplomata Scania batizados como Magnata.

A empresa não comenta o assunto. Sobre a identidade visual, acredita-se que a Expresso Brasileiro possa utilizar a mesma divulgada no seu único veículo double deck, semelhante a divulgada nesta miniatura acima. 

Fonte: Revista do Ônibus

Novos ônibus na Grande Florianópolis

1 comentários
Desde o inicio do 2º semestre do ano passado, as empresas de ônibus da Grande Florianópolis estão adquirindo novos veículos.

Para o transporte municipal a principal causa desta renovação dos veículos, pode ser considerada a eminência do processo de licitações para concessão do transporte na capital -Essa licitação tem como objetivo a melhora do transporte na cidade por uma tarifa menor que a atual (R$ 2,95, segunda mais cara do Brasil).

Já o transporte intermunicipal vem se adequando as leis que disponibilizam acesso a qualquer um ao transporte, isso é, indiferente de sua limitação física.

Urbanos: Marcopolo Torino, Mercedes-Benz OF-1722M
Executivo: Marcopolo Senior Midi, Mercedes-Benz OF-1418
30/06/2010
Empresas e seu novos ônibus:

Insular

No dia 30 de junho de 2010 foram apresentados os 2 dos 10 ônibus adquiridos (um do segmento Urbano e outro do Executivo).

Os veículos são dois modelos de carroceria Marcopolo e chassis Mercedes-Benz, entraram em circulação cerca de uma semana após exibição em frente ao TICEN.

Os Torinos da Insular tem prefixos do 5129 ao 5133 e os Senior Midi (executivos) do 3083 ao 3087.

Estrela
Nesta mesma ocasião foi apresentado um dos 3 novos ônibus do segmento municipal da Estrela, com as mesmas configurações apresentadas no Torino da Insular (prefixos 4407 ao 4409).

Também na Estrela, foram adquiridos Torino (prefixos 1192 ao 1198). Sendo que veículo de prefixo 1193 possuí chassi inédito, de piso-baixo traseiro -O piso-baixo descarta o uso do elevador para cadeirante.

(foto: Daniel Guardiola)



Canasvieiras
No dia 10 de dezembro de 2010 a Bussmania teve acesso (ainda na garagem), aos novos ônibus da Canasvieiras T.C. antes de começarem a circular no sistema regularmente.

Assim que chegaram a empresa, foram revisados per uma equipe técnica que avaliou os veículos antes que começassem a atender a população do norte da ilha.

Novos Torinos Mercedes-Benz OF-1722M na
garagem da empresa.

(foto: Gustavo Cainã)


Transol

No dia 16 de fevereiro deste ano, começaram a servir o usuário os novos Torinos da Transol -Prefixos 0272 ao 0291. Fabricados na segunda semana de 2011 na Ciferal (RJ).


Carro 0285 Mercedes-Benz OF-1722M no ponto final do Linha da praia da Barra da Lagoa.

(foto: Daniel Guardiola)




Emflotur/Biguaçú

A Biguaçu já disponibilizou seus 12 novos Caio Apache Vip II, de chassis Volkswagen 17-230 EOD. Os prefixos dos novos veículos são do 481 ao 491.


A Emflotur já está com seus Torinos Mercedes-Benz OF-1722M a disposição e devem começar a rodar em breve...

Carro 489 Caio Apache VIP II Volkswagen 17-230 EOD. (foto: Daniel Guardiola)


Jotur

A Jotur comprou 16 unidades de Mascarello Gran Via Midi Volkswagen 15-190 EOD, continuando a padronização de sua frota com ônibus da fabricante Mascarello. Esses ônibus possuem o chassi curto para operar no futuro transporte integrado da cidade de Palhoça.

Carro 1299 Mascarello Gran Via Midi Volkswagen 15-190 EOD.(foto: Daniel Guardiola)





Imperatriz

Estão em circulação os 2 novos Neobus Mega Mercedes-Benz OF-1722M para operação em suas linha para a cidade de Santo Amaro da Imperatriz na Grande Florianópolis.

Carro 1033 Neobus Mega Mercedes-Benz OF-1722M.(foto: Daniel Guardiola)

Meio-passe para estudantes é aprovado em 2º turno em BH

0 comentários
Projeto vai para prefeito que decide se vai sancionar ou não a lei.
Benefício será para estudantes do ensino médio, fundamental e universitários.

Foi aprovado em 2º turno, nesta segunda-feira (20), em votação na Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte, o meio-passe para transportes coletivos para estudantes do ensino médio, ensino fundamental e universitários da capital. De acordo o vereador Paulo Lamac, autor do projeto substitutivo, vão ter prioridades os estudantes do ensino médio, de menor renda e que participam de projetos sociais do governo, mas qualquer estudante pode requerer o meio-passe. Os estudantes devem morar a mais de um quilômetro de distância da escola para ter direito ao benefício.

No projeto inicial apresentado pelo governo, que foi aprovado em primeiro turno no dia 19 de outubro de 2010, o beneficio se restringia apenas aos alunos do ensino médio e que estariam participando de algum projeto social. Segundo Lamac, a alteração feita no substitutivo ocorreu depois de conversas com estudantes.

Se o projeto for sancionado pelo prefeito, vai ser criado um fundo para financiar o meio-passe. Este fundo vai receber contribuições do Governo Federal, Estadual e da iniciativa privada.

De acordo com o presidente da Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas da Grande Belo Horizonte, Gladson Reis, esta aprovação foi uma grande vitória dos estudantes. "Agora só esperamos que a lei seja sancionada pelo prefeito. Esta aprovação foi uma conquista depois de uma luta de 25 anos dos estudantes de Belo Horizonte", disse Gladson Reis.

O projeto tem 15 dias para ser revisado e depois será entregue ao prefeito Márcio Lacerda, que também tem 15 dias para sancionar ou não a lei.

A assessoria da prefeitura de Belo Horizonte disse, nesta segunda-feira (20), que o prefeito ainda não vai se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: G1.com

Auto Viação 1001 receberá em breve novo ônibus Caio Mondego piso baixo

2 comentários
Muita espectativa para a chegada do primeiro ônibus PISO BAIXO que será utilizado em linhas urbanas no Rio de Janeiro. A Auto Viação 1001 já acertou a compra de cinco unidades do modelo Caio Mondego L equipado com chassi Mercedes-Benz 0-500 U. Ao todo, serão cinco unidades que podem ser entregue nos próximos meses. A empresa será a primeira do estado a utilizar ônibus com piso baixo em linha intermunicipal.

Linhas de corredor de São Paulo ganham 26 novos ônibus

0 comentários
Foto: Divulgação
FOTO: REPRODUÇÃO DE TV
O governo do Estado de São Paulo entregou nesta segunda-feira (21) 26 novos ônibus. Eles serão usados nas 13 linhas do corredor metropolitano ABD, que tem 33 km de extensão e vai de São Mateus, na Zona Leste, ao Jabaquara, na Zona Sul, passando por Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema.

São 11 ônibus articulados para 116 passageiros e 15 veículos de tamanho padrão, para até 99 passageiros. Os veículos têm ar-condicionado; piso baixo, para facilitar o embarque nas plataformas; rampas de acesso para cadeirantes e botão de parada específico para deficientes visuais.

Com informações da TV Globo e G1

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Florianópolis ganha guia rápido de mobilidade urbana

0 comentários
Apresentar dicas de transporte público, serviços de táxi, transporte aéreo, de locação de automóveis, além de atrações e passeios em Florianópolis (SC). Estas são algumas propostas do “Guia Rápido de Mobilidade de Florianópolis”, iniciativa do Portal MObfloripa (www.mobfloripa.com.br) lançada esta semana na capital catarinense. O objetivo é apoiar o turista em questões relacionadas à mobilidade no município: como se deslocar, ir de um lugar ao outro utilizando ônibus, táxi, bicicleta, entre outros meios. Além disso, também fornece informações como telefones úteis, shoppings e caixas eletrônicos disponíveis em locais estratégicos da cidade.

O guia possui versão bilíngue, em português-inglês e está sendo distribuído gratuitamente em 200 pontos da cidade. A primeira ação de divulgação do guia é realizada com foco na temporada de verão, período do ano em que se concentra um número elevado de turistas na capital catarinense.

Para garantir a distribuição em todas as regiões da ilha foram assinados convênios com a Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Esporte e Secretaria Municipal de Transportes, Mobilidade e Terminais. A Secretaria Municipal de Turismo ficará encarregada pela distribuição do guia em locais estratégicos, como rodoviária, aeroporto, empresas de mobilidade e os principais pontos turísticos da cidade. Uma versão digital do guia também está disponível no portal MObfloripa (www.mobfloripa.com.br).

Outros guias serão lançados ao longo do ano com temáticas e públicos específicos. O próximo, por exemplo, contemplará informações úteis com foco nos jovens e estudantes, contendo dicas de mobilidade e entretenimento disponíveis na ilha.

Nesta semana também entrou no ar a versão 2.0 do Portal MObfloripa (www.mobfloripa.com.br). Criado com o objetivo de divulgar informações sobre mobilidade e acessibilidade, o portal oferece novas seções e funcionalidades que vão facilitar o deslocamento de cidadãos e visitantes da Grande Florianópolis.
Sobre o Portal Mobfloripa

Serviços de táxi, lista de estacionamentos, situação do trânsito, linhas e itinerários de ônibus municipais, intermunicipais e prestadores de serviço são algumas das informações disponíveis no Portal MObfloripa (www.mobfloripa.com.br). No local o usuário encontra diariamente informações atualizadas relacionadas à mobilidade em Florianópolis.

Uma das principais novidades é o aplicativo que possibilita fazer download no celular de todos os horários de ônibus da capital. Desta forma, os usuários que utilizam esse tipo de transporte podem visualizar a lista de diferentes linhas em qualquer lugar, sem a necessidade de acessar a Internet. Já quem transita pela cidade e quer saber das condições do trânsito pode acompanhar as informações em tempo real pelo Observatório do Trânsito. A nova seção reúne informações de diferentes órgãos e serviços de monitoramento em um mesmo ambiente, como Polícia Rodoviária Federal, Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF), entre outros.

O portal é um grande agregador de informações produzidas e coletadas por diferentes órgãos e entidades. Ferramentas já existentes foram reunidas no mesmo ambiente, para auxiliar o usuário a encontrar os serviços necessários. Muitos deles, são resultado da participação dos usuários.

Prestadores de serviços na área de mobilidade interessados em cadastrar seus serviços no MObfloripa podem fazer isso de forma gratuita. Basta acessar a área de cadastro e incluir o tipo de serviço e telefone...

Fonte: Janara Nicoletti (Assessoria de Imprensa MObfloripa)

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Atrasos e superlotação nos ônibus são as principais reclamações dos passageiros de SP

0 comentários
A superlotação e os atrasos marcam o transporte público em São Paulo. A espera pelo transporte é longa e os ônibus raramente são pontuais.

A cidade de São Paulo tem 15 mil ônibus, espalhados por 1.300 linhas. Juntas, elas atendem a mais de 6 milhões de passageiros por dia. Uma pesquisa feita pela SP Trans (São Paulo Transporte), a principal reclamação dos usuários é o atraso dos ônibus.

Foto: Divulgação


FOTO: REPRODUÇÃO DE TV


Para o especialista Horário Figueira, a capital paulista deveria investir em mais corredores na cidade. Do contrário, ele diz, a população continuará pagando por um serviço que não é bem realizado.

Com informações da Tv Record

Copacabana: Prefeitura decide liberar pista exclusiva de ônibus para táxis adaptados

0 comentários
O secretário muncipal de Transportes, Alexandre Sansão, anunciou nesta quarta-feira que a pista exclusiva para ônibus em Copacabana, que começa a funcionar no sábado, será liberada para os táxis especiais adaptados. Desta forma, os taxistas de veículos para uso dos portadores de necessidades especiais terão o direito de usar a pista para o embarque e desembarque de passageiros. 

Com as mudanças no trânsito da Avenida Nossa Senhora de Copacabana, os motoristas de caminhões, carros de passeio e táxis terão que circular nas duas pistas à esquerda. À direita, será permitida  na hora de dobrar em ruas ou acessar garagens. Embarque e desembarque dos passageiros de táxi também deverão ser feitos pelo lado esquerdo ou nas ruas transversais. A carga ou descarga ocorrerá em locais destinados a este fim nas ruas transversais.

"A mudança trará fluidez às faixas de ônibus. Vai melhorar o trânsito não só em Copacabana, mas também em bairros vizinhos, como Leblon e Ipanema, que também se beneficiarão com a redução do fluxo de veículos", afirmou Sansão.

Fortaleza: Entidades discutem tarifa de transporte público

0 comentários
Técnicos da Prefeitura analisam a proposta dos empresários para retomar as negociações na próxima sexta-feira (18).

Empresários de ônibus, que reivindicam um reajuste de 22% na tarifa de transporte público, foram recebidos novamente pela Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF). Na tarde desta terça-feira (15), técnicos do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), além do coordenador de Participação Popular da PMF, Elmano Freitas, estiveram reunidos para discutir o assunto.

Durante o encontro, os donos das empresas de ônibus reforçaram a proposta de reajuste da tarifa para R$ 2,20, alegando que estariam com as contas deficitárias devido ao aumento de custos com peças, combustível e ainda por conta do reajuste salarial de 7% concedido aos trabalhadores do setor pela Justiça do Trabalho em 2010. Naquele ano, os empresários já reivindicavam aumento da tarifa para R$ 2,00, mas não foram atendidos.

Na reunião, também foram apresentados percentuais de reajustes obtidos em cidades com sistema integrado e do mesmo porte de Fortaleza, que podem auxiliar como referencial comparativo. 

Em análise

Segundo o presidente da Etufor, Ademar Gondim, os técnicos ainda estão analisando a planilha de cálculos apresentada pelo Sindiônibus. Portanto, as negociações serão retomadas na próxima sexta-feira (18), às 11 horas, na sede da empresa. "Devemos concluir o estudo ainda esta semana para que a prefeita Luizianne Lins tenha todos os elementos para tomar a sua decisão", garante.

Esse estudo será aprofundado e deverá atender a determinações da prefeita, que garantirá os avanços conquistados na gestão Fortaleza Bela, como o passe livre para pessoas com deficiência, a meia estudantil ilimitada, a integração temporal e a tarifa social, dentre outros. 

De acordo com Elmano Freitas, esses direitos não estão em discussão. "Nosso desafio é fazer um equilíbrio entre um aumento de custo, que é real, e a manutenção da passagem de Fortaleza como a mais barata do País dentre as cidades com sistema integrado e de mesmo porte", defende. Cabe, portanto, à Prefeitura continuar preservando o interesse da população, ampliando cada vez mais o acesso ao transporte público.

Fonte: Vermelho

Rodoviários voltam ao trabalho temporariamente em BH

0 comentários
Linhas de ônibus da estação Barreiro, em Belo Horizonte, ficaram paralisadas às 6h20 desta terça-feira (15) como parte dos atos organizados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários. Segundo a BHTrans (Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte S/A), a situação foi normalizada às 16h.

Na segunda-feira (14), terminou sem acordo uma reunião envolvendo o sindicato e o Setra (Sindicato das Empresas de Transporte).  

A paralisação das 25 linhas de transporte coletivo da estação Barreiroafetou 60 mil usuários, de acordo com a BHTrans. 

Entre as reivindicações, a categoria negocia aumento salarial de 23%, sendo 16,5% referente a reajuste real e o restante a correção inflacionária, jornada de trabalho de seis horas diárias e o fim dos ônibus sem cobradores. Na última rodada de negociações, o Setra havia oferecido aumento real de 8%, além do pagamento de abono de R$ 300 para funcionários que ganham mais de R$ 1 mil e de R$ 150 para quem ganha menos. 

Segundo o diretor de relações sindicais do Setra-BH, Anderson Lopes, foi oferecido, na reunião, extensão do índice de reajuste salarial, de 8%, ao vale-refeição e ao seguro de vida dos trabalhadores. “As negociações estão evoluindo bem e consideramos que tudo será resolvido o mais rápido possível”, afirmou.

A BHTrans não descarta a possibilidade de novas paralisações acontecerem nesta quarta-feira (16).

Fonte: R7, com jornal Hoje em Dia

Tarifa de ônibus pode chegar a R$ 3,14 em Florianópolis para quem paga em dinheiro

0 comentários
Como de costume, a tarifa de ônibus em Florianópolis deve ser reajustada entre os meses de abril e maio, quando ocorre o acordo coletivo dos motoristas e cobradores. Neste ano, o aumento pode ser de 6,53%, conforme o Índice Nacional de Preços do Consumidor (INPC).

O secretário municipal de transportes, João Batista Nunes, admite que o valor do acréscimo já está sendo discutido com o prefeito Dário Berger, que é quem bate o martelo. Mas por enquanto, segundo o secretário, não há definição.

— O que posso garantir é o que aumento será de acordo com o INPC, no máximo, e pode ficar abaixo disso — garante.

Hoje a passagem de ônibus na Capital custa R$ 2,95 para quem paga em dinheiro e R$ 2,38 para quem utiliza o cartão recarregável. No caso de aumento de 6,53% passariam a custar R$ 3,14 em dinheiro e R$ 2,53 no cartão.

Conforme o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Florianópolis (Setuf) em julho de 2009 as passagens custavam R$ 2,20 e R$ 2,80 na cidade. Em maio de 2010 o valor foi reajustado para R$ 2,38 e R$ 2,95.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Greve de rodoviários deve continuar nesta terça-feira em Belo Horizonte

0 comentários
A greve de ônibus que já atingiu 50 mil usuários da região metropolitana de Belo Horizonte deve continuar nesta terça-feira (15), segundo o Sindicato dos Rodoviários. Nesta segunda-feira (14), a paralisação do serviço afetou a Estação Diamante, por onde circulam 23 linhas de ônibus. A previsão é que o segundo dia de greve afete ainda mais o serviço de ônibus. 

O assessor de comunicação do sindicato, Carlos Henrique Marques, disse que não há um plano estabelecido para a greve desta terça-feira. Contudo, ele adiantou que os motoristas e cobradores podem paralisar mais estações de ônibus e bloquear corredores por onde esses veículos passam. Ele pontuou que a greve de segunda-feira “foi só um aviso”. 

FOTO: REPRODUÇÃO DE TV
Foto: Divulgação
Por lei, cerca de 30% dos ônibus devem continuar funcionando. O assessor de comunicação disse que nenhum acordo foi feito com a Prefeitura de Belo Horizonte nesta segunda-feira. Os manifestantes pedem o aumento de 23% no salário atual (R$ 1.258) para motoristas, cobradores e funcionários da área administrativa. Os grevistas também querem o fim de ônibus sem a presença de cobradores. 

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte ofereceu, na última reunião, aumento de 8% no salário e benefícios, além de pagamento de R$ 300 como participação nos lucros para funcionários que ganham mais de R$ 1 mil, e de R$ 150 para quem ganha menos. A proposta, contudo, não foi aceita pela classe. 

Com informações da TV Record e R7

Motoristas e cobradores de ônibus realizam greve em Belo Horizonte

0 comentários
Motoristas e cobradores de ônibus realizam uma paralisação na Estação Barreiro, em Belo Horizonte, desde o início da manhã desta segunda-feira. Segundo a BHTrans, 30 linhas que atendem a região estão paradas e cerca de 90 mil usuários podem ser prejudicados caso a situação seja mantida ao longo do dia.

O estado de greve foi decretado na última quinta-feira durante uma assembleia. Ontem, os rodoviários se reuniram com os representantes das empresas de transporte para tentar chegar a um acordo, mas não obtiveram sucesso. 

Os motoristas pedem um reajuste de 24% nos salários, além de jornada de trabalho de seis horas diárias e o fim dos ônibus sem cobradores. Segundo os sindicalistas, são 26 mil trabalhadores rodoviários na capital e região metropolitana.

As empresas, no entanto, oferecem reajuste salarial de 8%, vale alimentação, seguro de vida além de participação nos lucros.

Fonte: eBand

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Ônibus de turismo tomba na BR-050 deixa um morto e 20 feridos em MG

0 comentários
Foto: Divulgação
FOTO: REPRODUÇÃO DE TV
Uma pessoas morreu e vinte ficaram feridas em um acidente na BR-050, neste domingo (13), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um ônibus com sacoleiros tombou na rodovia.

Ainda segundo a PRF, no veículo estavam 23 pessoas e apenas duas não ficaram feridas. O ônibus teria invadido o canteiro e tombado. De acordo com o Corpo de Bombeiros, vítimas com ferimentos variados foram atendidas no local.

No engarrafamento provocado pelo acidente, a polícia flagrou um homem com sintomas de embriaguez. Segundo a polícia, o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado para uma delegacia.

Com informações da TV Globo

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Prefeito de Rio Branco critica tarifa de ônibus de R$ 1 aos domingos na cidade

0 comentários
A redução do preço da passagem de ônibus de R$ 2,40 para R$ 1 aos finais de semana, estabelecida pela Câmara de Vereadores nesta quinta-feira, foi criticada pelo prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, que viu na medida um problema futuro a ser enfrentado para os usuários do transporte coletivo. Segundo o prefeito, a diminuição dos custos será sentida mais tarde, quando, inevitavelmente, o aumento da passagem precisará ser maior para suprir as necessidades das empresas.

Angelim criticou o excesso de gratuidades e disse que o aumento era inevitável em razão do reajuste de insumos e de salários dos trabalhadores do sistema.

O reajuste de 26,3 %, entretanto, ainda causa revolta na população que depende do transporte coletivo. A nova tarifa de R$ 2,40, que entra em vigor no próximo domingo, irá causar um impacto no bolso do trabalhador. Quem usa mais de um ônibus por dia, de segunda a sábado, terá um gasto de R$ 54, por semana. Ao fim do mês, serão R$ 216, que representam 39,6 %, quase metade do salário mínimo de R$ 545 que o governo tenta aprovar no Congresso.

Com informações de A Gazeta

Tarifa de ônibus em Mogis das Cruzes aumenta neste domingo

0 comentários
A partir da zero de amanhã, a passagem dos ônibus municipais de Mogi das Cruzes passam a custar R$ 2,90. O novo valor representa um aumento de 16% sobre os R$ 2,50 cobrados durante quase dois anos. Porém, os mogianos podem, até hoje, recarregar seus cartões do Sistema Integrado Mogiano (SIM) para os próximos 30 dias, ainda com o valor atual, nos postos da Mogi Passes. Os ônibus intermunicipais da Região também terão reajuste: 7,66% a mais no preço das passagens. Além disso, o preço do bilhete unitário do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) sobe de R$ 2,65 para R$ 2,90, também a partir de amanhã. Neste caso, o acréscimo foi de 9,43%. 

Desde maio de 2009, a tarifa dos ônibus da Cidade tem custado R$ 2,50, até a Prefeitura ter recebido a solicitação de reajuste pela CS Brasil e Princesa do Norte - empresas concessionárias do transporte no Município. Como contrapartida para aceitar o pedido, a Prefeitura exigiu a ampliação de 202 para 214 veículos operando - um crescimento de 5,94% na frota. Estes 12 novos coletivos deverão começar a circular em até dois meses.

De acordo com a Administração Municipal, estes ônibus serão destinados ao reforço do transporte em vários bairros, mediante estudos técnicos, que apontaram a necessidade da ampliação do serviço.

Além do novo preço do bilhete unitário dos trens e metrôs, de R$ 2,65 para R$ 2,90, a Secretaria do Estado dos Transportes Metropolitanos divulgou o aumento nas passagens de ônibus intermunicipais. A média de reajuste das tarifas das linhas intermunicipais do serviço comum na Região Metropolitana de São Paulo é de 7,66%. Entre as cidades de Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Poá, Salesópolis, Suzano e São Paulo, a menor tarifa será de R$ 2,10 e a maior, R$ 4,95. 

Com informações do Diário de Mogi das Cruzes

Rodoviários de BH anunciam greve para segunda-feira (14)

0 comentários
Motoristas e cobradores de ônibus de Belo Horizonte decidiram nesta quinta-feira (10) em assembleia da categoria entrar em greve na próxima segunda-feira (14).

O motivo seria o aumento do salário e do vale-refeição, além de melhoria nas condições impostas para pagamento de participação nos lucros das empresas. 

O Sindicato dos Rodoviários pretendem parar até que haja acordo salarial com aumento de 16%, pois segundo o coordenador de finanças da entidade, os patrões oferecem 8%. E ainda querem que os funcionários retirem as ações trabalhistas para participação nos lucros, além de terem definido que só vão receber aqueles trabalhadores que não se envolveram em acidentes ou qualquer outro tipo de ocorrência em 2010. 

Os ônibus apresentados são da empresa Viação Itaim Paulista (VIP) e usam o combustível B20 - que mistura 20% de biodiesel ao combustível normal, o diesel. Os veículos terão adesivos com a inscrição "ecofrota" e, em destaque, a matriz energética usada: por exemplo, álcool, 20% de biodiesel ou híbrido (ônibus que também usa energia elétrica quando está mais lento). 

Recursos. A Prefeitura afirma que vai usar o dinheiro arrecadado com as multas por falta de inspeção veicular para subsidiar os combustíveis menos poluentes e o investimento na frota adaptada. Desde dezembro, a fiscalização foi intensificada com o uso dos radares da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para flagrar os infratores. No entanto, ainda não foi divulgado um balanço das multas aplicadas pelos equipamentos. 

"Se os recursos das multas forem escassos, e nós esperamos que não haja multa, então vamos complementar com recursos do orçamento para que o programa possa prosseguir", disse o prefeito Gilberto Kassab (DEM). 

Segundo dados da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, todos os anos são registradas 12 mil internações e 875 mortes em decorrência de partículas inaláveis e ozônio. 

Com informações do Estadão

Estudantes fazem protesto contra aumento na tarifa de ônibus de São Paulo

0 comentários
Estudantes fazem manifesto por causa do aumento da tarifa de ônibus no início da tarde deste sábado, em frente à Câmara Municipal de São Paulo.

O movimento começou por volta das nove horas da manhã, no Viaduto Jacareí, na Bela Vista.

FOTO: MONICA ALVES - AE
Foto: Divulgação


Segundo a Polícia Militar, cerca de mil estudantes devem comparecer na manifestação. Ainda de acordo com PM, não há conflitos e o movimento segue pacífico

Com informações da Band News

São Paulo já possui 1.200 mil ônibus movidos com Biodiesel

0 comentários
A Secretaria Municipal dos Transportes colocou ontem em circulação 1.200 ônibus movidos a combustíveis menos poluentes. A chamada ecofrota vai ser usada em cerca de 200 linhas que prestam serviço na zona leste. Estima-se que esses veículos emitam 22% menos poluentes na atmosfera, principalmente partículas articuladas (fuligem). 

O número de ônibus que compõem a ecofrota corresponde a cerca de 10% da frota. O Município diz que vai aumentar gradativamente o número de veículos ambientalmente sustentáveis. A Lei de Mudanças Climáticas (2009) prevê que todo o sistema de transporte público deve usar combustível renovável até 2018. 

"É um projeto de modificação da matriz energética da cidade de São Paulo. Queremos acabar com o uso de combustível fóssil (diesel)", disse o secretário Marcelo Cardinale Branco. 

FOTO: DIVULGAÇÃO MARCOPOLO
Foto: Divulgação
Os ônibus apresentados são da empresa Viação Itaim Paulista (VIP) e usam o combustível B20 - que mistura 20% de biodiesel ao combustível normal, o diesel. Os veículos terão adesivos com a inscrição "ecofrota" e, em destaque, a matriz energética usada: por exemplo, álcool, 20% de biodiesel ou híbrido (ônibus que também usa energia elétrica quando está mais lento). 


Recursos. A Prefeitura afirma que vai usar o dinheiro arrecadado com as multas por falta de inspeção veicular para subsidiar os combustíveis menos poluentes e o investimento na frota adaptada. Desde dezembro, a fiscalização foi intensificada com o uso dos radares da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para flagrar os infratores. No entanto, ainda não foi divulgado um balanço das multas aplicadas pelos equipamentos. 

FOTO: REPRODUÇÃO DE TV
Foto: Divulgação
"Se os recursos das multas forem escassos, e nós esperamos que não haja multa, então vamos complementar com recursos do orçamento para que o programa possa prosseguir", disse o prefeito Gilberto Kassab (DEM). 

Segundo dados da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, todos os anos são registradas 12 mil internações e 875 mortes em decorrência de partículas inaláveis e ozônio. 

Com informações do Estadão

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Confira as capitais em que houve aumento de tarifa de ônibus e metrô

0 comentários
Em Rio Branco, reajuste será no próximo domingo (13).
Outras cinco capitais têm previsão de aumento ainda neste ano.

O custo do transporte público sofreu aumento em 11 capitais desde dezembro. A tarifa de ônibus aumentou em Natal, Porto Velho, Salvador, Porto Alegre, Vitória, São Paulo, Recife, Aracaju, João Pessoa e Belo Horizonte. Em Rio Brando, o aumento da passagem de ônibus acontece no próximo domingo (13).

Outras cinco capitais têm previsão para aumentar o valor da tarifa de ônibus ainda neste ano. Em Campo Grande, a passagem de ônibus deve aumentar a partir de março.

Também no domingo entram em vigor os novos valores da passagem do metrô de São Paulo, que passará de R$ 2,65 para R$ 2,90. Em janeiro, a tarifa do metrô do Recife também sofreu um reajuste, subiu de R$ 1,40 para R$ 1,50.

O preço do metrô nas outras capitais que possuem o sistema de transporte – Porto Alegre, Belo Horizonte, Teresina, Brasília e Rio de Janeiro.

Capitais com aumento

Em São Paulo, a tarifa dos ônibus passou, desde o dia 3 de janeiro, de R$ 2,70 para R$ 3, segundo a São Paulo Transportes (SPTrans). Já o metrô na capital paulista, assim como os trens da CPTM, terá reajuste de tarifa no próximo domingo, 13 de fevereiro. O valor do bilhete unitário passará de R$ 2,65 para R$ 2,90.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Chassis de ônibus Volvo têm nova nomenclatura

1 comentários
Os chassis de ônibus da Volvo têm uma nova nomenclatura. Produzidos no bairro Cidade Industrial de Curitiba, em Curitiba, sede da Volvo Bus Latin America, os veículos possuem agora nomes comerciais diferentes, que levam em consideração diferentes atributos.

“O objetivo é adequar os nomes dos chassis às suas características técnicas e comerciais. Essas alterações facilitam a imagem de cada um deles junto aos nossos clientes e também otimizam o nosso trabalho interno”, declara Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

A nova nomenclatura é baseada na potência de motor, ao invés de capacidade cúbica (cilindrada). Agora, o foco é especificar o veículo em função de sua aplicação, com a intenção de otimizar o desempenho e especialmente a produtividade.

A tendência atual é de uma faixa maior de potências com um mesmo motor. Com a mudança, fica melhorada a identificação da motorização dos chassis, em consonância com a necessidade de cada uma das aplicações e das necessidades operacionais. “E também contribui para nos prepararmos para a introdução dos veículos da fase Euro V de emissões, programada para iniciar em janeiro de 2012. Todas as lâminas técnicas e emblemas denominando os produtos tiveram alterações.

Veja abaixo as mudanças dos nomes:

Atual                            Nova nomenclatura

B7R Urbano                  B290R 4x2 Urbano
B9Salf Articulado          B360S Articulado
B9Salf Biarticulado        B360S Biarticulado
B12M Articulado           B340M Articulado
B12M Biarticulado         B340M Biarticulado

Tarifa de ônibus em Porto Alegre aumenta para R$ 2,70

1 comentários
O Conselho Municipal de Transporte Urbano (Comtu) aprovou nesta terça-feira (8), o aumento das tarifas de transporte coletivo em Porto Alegre. O novo valor para a tarifa de ônibus da Capital, que foi reajustado em 10,20%, será de R$ 2,70. Já o ônibus-lotação passará de R$ 3,65 para R$ 4,00 (reajuste de 9,59%). As novas tarifas devem ser sancionadas pelo prefeito José Fortunati ainda hoje e entram em vigor já a partir da meia-noite desta quarta-feira (9).

O valor de R$ 2,70 representa uma redução em relação ao pedido do Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa), que havia solicitado R$ 2,81, correspondendo a 14,69% de reajuste. A nova tarifa do transporte coletivo atende, segundo nota, estudo técnico realizado pela equipe econômica da EPTC, após coleta de dados de preços dos insumos que compõe a base de cálculo tarifário.

Os itens que mais pesaram para a sinalização de aumento de 10,20%, segundo a equipe econômica da EPTC, foram os seguintes: 12,27% relativos à renovação da frota (242 ônibus novos, somente em 2010, resultando em 1.650 veículos, destes 40% com ar-condicionado) e 8% no salário dos rodoviários, itens que representam 74% do valor da tarifa, além de um aumento de 14% para pneus e recapagens.

Em julho, usuários do TRI não pagarão segunda passagem


A partir de 1º de julho a nova tarifa de ônibus terá a segunda viagem gratuita, incluindo estudantes e todos os usuários que utilizam qualquer categoria do cartão TRI. A gratuidade iniciará em julho, em razão do tempo da adequação do sistema.

Os usuários do cartão TRI Escolar que realizam duas viagens, pagarão, então, R$ 1,35, o equivalente a meia passagem. Já os usuários do cartão TRI Vale Transporte e Passe Antecipado pagarão uma tarifa de R$ 2,70 para realizar duas viagens.

Com informações do Jornal do Comercio

Volvo fornece 389 chassis de ônibus para o transporte de Curitiba

1 comentários
A Volvo do Brasil fornecerá um lote de 389 chassis de ônibus para o sistema de transporte coletivo urbano de Curitiba e cidades da região metropolitana, que também formam a RIT (Rede Integrada de Transporte).

Os veículos são dos modelos B12M biarticulado, B12M articulado e B7R, todos produzidos na fábrica da Volvo localizada em Curitiba, sede sul-americana da marca. “É uma das maiores vendas já realizadas pela Volvo para a capital paranaense, dona de um dos maiores, mais eficientes e mais avançados sistemas de transporte coletivo organizado da América Latina”, declara Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

Os ônibus foram adquiridos pelos consórcios Pontual, Transbus e Pioneiro, que compõem a RIT, por meio de uma licitação feita no ano passado. Os três consórcios congregam 11 empresas, a maioria atuando desde os anos 60.

Os chassis já estão sendo produzidos e as entregas serão feitas ao longo do primeiro semestre de 2011. “Essa venda reafirma a posição da Volvo como o mais importante parceiro dos operadores de transporte de Curitiba, principalmente em função da alta capacidade de transporte dos veículos, seus baixos custos operacionais e sua eficiência no BRT da capital e região metropolitana. BRT (Bus Rapid Transit) é a sigla em inglês para sistemas organizados de transporte coletivo urbano.

“A grande capacidade de transporte em um BRT se traduz em mais lucratividade para os operadores e custos mais baixos por passageiro transportado”, afirma Euclides Castro, gerente de ônibus urbano da Volvo Bus Latin America.

Segundo ele, os chassis adquiridos pelos operadores da RIT reforçam as tradicionais vantagens competitivas dos chassis da Volvo, como alta tecnologia, baixo custo por passageiro transportado e menor consumo de combustível. Os freios a disco, o controle de tração, o ABS e a suspensão eletrônica são alguns dos itens integrados aos ônibus da marca.

Mais eficiência

“A opção por adquirir os chassis Volvo reafirma uma visão moderna por parte dos operadores de Curitiba e cidades do entorno. O uso desses veículos representa excelente opção para ampliar o atendimento ao usuário, diminuir o tempo de deslocamento e ainda aumentar o número de passageiros”, finaliza Pimenta.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Ônibus FNM

2 comentários
Fotos dos ônibus equipados com trem de força FNM.
Fotos: Michael Swoboda.

Fonte: Blog Alpha FNM

Cabine Grassi, – Empresa Águia Branca, 1957

1957 grassi aguiabranca gr

CMTC- CAIO

1972belavista cmtc gr




CMTC – CAIO


arqcaio goiabada39 gr





Grassi em frente à revendedora Veloz, no início da Via Dutra.


aveloz grassi1961 gr


Mercedes-Benz chama para recall caminhões e ônibus

0 comentários
A Mercedes-Benz convocou nesta segunda-feira (31) os proprietários de 12,7 mil caminhões para recall no Brasil. 

O chamado envolve cerca de 6 mil unidades do modelo L1620, 3.200 da linha Axor 6X2 e 3.500 da Atego 6X2, fabricadas de dezembro de 2009 a setembro de 2010. 

O motivo é o risco de travamento das rodas, e consequente perda da dirigibilidade, em virtude de possível acúmulo de água no eixo de arraste, que pode contaminar a graxa dos rolamentos dos cubos de roda. 

Veja os chassis (não sequenciais) dos veículos envolvidos: 

Caminhões L1620: 
9BM695302 9B 686101 a 9BM695304 BB 745808 

Caminhões Atego 6X2 
(tipos 2425 e 2428): 9BM958094 9B 685052 a 9BM958096 BB 750558 

Caminhões Axor 6X2
(tipos 2533, 2535, 2540 e 2544): 9BM958254 9B 684903 a 9BM958254 BB 751493 

A empresa informa que será realizada a substituição da graxa dos rolamentos, dos retentores, das travas e juntas de cubos de roda e, necessário, também dos rolamentos dos cubos de roda. 

Para agendar o recall ou tirar dúvidas, os clientes podem ligar para o número 0800-970-9090.

A mesma falha foi verificada também nos ônibus O500 MA, fabricados entre outubro de 2009 e setembro de 2010, com os seguintes chassis: 9BM382154 9B 666132 a 9BM382154 BB 750204. 

Em outro recall nesta segunda, a Mercedes convocou os ônibus OF1722 e OF1721, produzidos entre julho de 2008 e setembro de 2010, para corrigir um problema na suspensão traseira, devido à perda excessiva do torque dos grampos de molas do eixo. 

Se necessário haverá substituição dos grampos, desde que o feixe de molas seja original ou apresente as mesmas medidas deste. 

Com informações: Buzunet

Marca Caio de carrocerias de ônibus, 65 anos de tradição. Caio Induscar, 10 anos.

0 comentários
Em 2011, a marca Caio completa 65 anos de tradição. Em 1946, produziu sua primeira carroceria de ônibus, a Jardineira e, durante esses anos, mais de 172 mil carrocerias Caio foram produzidas, circulam e circularam por diversos locais do mundo.

Mais de um terço de toda essa produção foi realizada em 10 anos pela Caio Induscar, que assumiu em 2001, por meio de um novo grupo, a marca e o parque fabril. Desde então, a empresa recuperou a liderança na produção de ônibus urbanos. 

Em dupla comemoração, além da marca, a empresa também faz aniversário no dia 25 de janeiro, completando 10 anos. 

A empresa, hoje, tem vários escritórios de representação de vendas e seu parque fabril tem uma área de 472 mil m² e 159 mil m² de área construída, com capacidade de produção para cerca de 40 carrocerias ao dia. Também conta com mais de 3 mil colaboradores. É uma das maiores empregadoras de Botucatu, São Paulo, onde está sediada, desenvolvendo o pólo industrial da região.

Sua produção atende a todos os segmentos: rodoviário, urbano, turismo, fretamento, escolar, executivo e de carga, com uma vasta linha de modelos: rodoviários; urbanos, incluindo articulados e biarticulados; midis; micros e minis.

Pela qualidade dos produtos e serviços, nos últimos 10 anos, expandiu sua atuação, ao conquistar novos mercados, tanto nacionais como internacionais, garantindo a mobilidade e qualidade de vida de milhares de pessoas. Por isso, seu slogan é Caio Induscar, com você aonde for.

Para comemorar seu o duplo aniversário, realizará eventos internos, entre eles, exposição histórica, no próprio parque fabril, e a premiação dos colaboradores que fazem 10 anos de Caio Induscar, os quais ajudaram a construir a trajetória da empresa.

A encarroçadora investe em seu compromisso com os colaboradores, parceiros, comunidade e ambiente, desenvolvendo ações e programas. Com o Programa de Humanização na Empresa (PHE) atende diversas necessidades sociais e ambientais como qualificação de mão de obra, valorização profissional, tratamento e acompanhamento psicológico de colaboradores, conscientização sobre reciclagem, entre outras.

A empresa acredita nas pessoas, sendo seu lema interno A força desta marca é a força dessa gente.

Além do trabalho conjunto entre empresa, colaboradores, fornecedores e sociedade, uma das peças fundamentais são seus clientes, que com a sua confiança, ajudaram a empresa a crescer. São 10 anos de muita história, conquistas, crises nacionais vencidas e sonhos realizados juntos.

Linha do tempo de produtos Caio:


  • 1946 – Jardineira, com motor Buda e Hércules, as janelas imitavam os trens (acionadas por catracas) e eram protegidas por grades.
  • As Jardineiras também tinham modelos rodoviários, com uma escada que dava acesso ao teto para armazenar bagagens, uma das empresas que usavam era a mineira São Geraldo.
  • 1956 – Papa Filas, cavalo FNM puxando um semi-reboque.
  • 1958 – Cabines de caminhões para Mercedes-Benz.
  • 1959 – Bossa Nova, primeira carroceria rodoviária com estrutura tubular.
  • 1960 – Ônibus elétrico para Araraquara, SP.
  • 1966 – Gaivota urbana, lançada no Salão do Automóvel, com toalete, bar, iluminação individual para leitura, carpete, poltronas reclináveis e cinto de segurança. 
  • 1967 – Gaivota modelo rodoviário.
  • 1969 – Rodoviário Jubileu; Caio Verona – primeiro micro-ônibus brasileiro.
  • 1974 – Gabriela.
  • 1974 – Carolina I.
  • 1976 – Gabriela II, com vigia inteiriço.
  • 1977 – Rodoviário Corcovado.
  • 1980 – Amélia, produzida em Botucatu, SP.
  • 1980 – Rodoviário Aritana.
  • 1980 – Papa Móvel.
  • 1981 – Carolina II.
  • 1983 – Carolina III.
  • 1985 – Lançamento do modelo Amélia.
  • 1985 – Rodoviário Squalo, em alumínio.
  • 1987 – Carolina IV.
  • 1988 – Urbano Vitória.
  • 1994 – Rodoviário monobloco Beta, lançado na Expobus’94 é destinado ao mercado externo (México) numa joint venture com a Mercedes-Benz da Alemanha.
  • 1994 – Monte Rei e Carolina V.
  • 1995 – Urbano Alpha.
  • 1995 – Taguá – urbano escolar.
  • 1997 – Piccolino, Piccolo, Millenium e Alpha Intercity.
  • 1999 – Apache S21.
  • 2001 – Apache Vip.
  • 2002 – Giro 3400.
  • 2003 – Millennium II e Giro 3600.
  • 2004 – Top Bus e Giro 3200.
  • 2005 – Foz 2400, Mondego HA e Mondego LA, Giro 3200.
  • 2006 – Foz Super.
  • 2007 – Apache S22.
  • 2008 – Foz 2200 e Apache Vip 2008/2009.
  • 2009 – Topbus PB
  • 2010 – Solar

Integração dos ônibus de São José começa nessa segunda-feira (07)

0 comentários
Três empresas passam a administrar o transporte público da cidade

Foram quatro anos para organizar o transporte público em São José dos Campos. Nessa segunda-feira (07), finalmente, a última empresa entrou em operação. 

E quem depende dos ônibus notou a diferença. Logo cedo a nova frota já estava nas ruas. Os ônibus azuis da empresa Saens Peña passam a operar as linhas da Real e Capital do Vale. 

O número e o nome das linhas não mudaram. No primeiro dia, alguns atrasos nos horários de pico. A nova empresa administra 131 carros que fazem 28 linhas nas regiões norte, oeste e sul da cidade. 

Essa mudança faz parte do processo de licitação que começou em 2007 e foi concluído nessa segunda (07). Agora, três empresas são responsáveis pelo transporte público da cidade, administrando 392 carros no total. São 100 mil passageiros por dia. 

Mais confortáveis 
Os novos ônibus seguem os padrões exigidos das empresas que operam na cidade. São veículos novos, com acessibilidade e mais confortáveis, já que a nova frota tem o piso mais baixo o que facilita o embarque de passageiros. 

Não há mais degraus. Um sistema abaixa a suspensão e reduz a altura assim que o veículo estaciona. “Eu gostei, porque o novo sistema é baixinho e facilita para gente que tem a perna curta”, diz a empregada doméstica, Maria Costa. 

Expectativas 
Os passageiros esperam agora a integração total das linhas prometida para os próximos 60 dias e, principalmente, a redução do tempo de espera para pegar os ônibus que muitas vezes saem lotados. “Já temos 45% de integração das linhas do município, ou seja, o passageiro já consegue andarde uma região para outra pagando apenas uma passagem. O que vai acontecer para frente é que todas alinhas serão abertas e integradas num único sentido em até duas horas”, informou o secretário de Transportes, Anderson Ferreira. 

A data para que o sistema esteja 100% integrado é o dia 7 de abril. Para esclarecer dúvidas e reclamações basta ligar para o telefone 156. 

Fonte: Vnews

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

SUPERPOLO, JOINT VENTURE DA MARCOPOLO NA COLÔMBIA, FORNECE 120 ÔNIBUS PARA O PANAMÁ

0 comentários
Veículos serão utilizados no sistema Metrobús, na cidade do Panamá

Caxias do Sul (RS), 12 de janeiro de 2011 - A SuperPolo, joint venture da Marcopolo S.A. com o Grupo Fanalca, na Colômbia, fechou contrato com a TMP, empresa responsável pelo transporte coletivo urbano no Panamá, e vai fornecer este mês 120 ônibus urbanos Gran Viale. Os novos veículos serão utilizados no sistema Metrobús - Transporte Urbano Rápido em Corredor (BRT) - no Panamá. 

Segundo Oscar Barbieri, gerente-geral da unidade Marcopolo na Colômbia, este é o primeiro dos dois lotes de 120 unidades a serem fornecidos pela SuperPolo e representa o maior volume para o Metrobús. “Os Gran Viale são robustos e proporcionam maior conforto e segurança aos passageiros. Todas as unidades contam com sistema para rebaixamento da suspensão e equipamentos para acessibilidade, que facilita o transporte de idosos e portadores de necessidades especiais. Os ônibus também possuem dispositivo para que o veículo não se movimente com as portas abertas, garantindo maior segurança aos usuários”. 

Os Gran Viale são produzidos na fábrica da SuperPolo, em Bogotá. A joint venture entre a Marcopolo e o Grupo Fanalca foi criada em 2000 é a principal fabricante de ônibus daquele país de modelos urbanos, rodoviários e micro-ônibus.

Crédito da foto: Carlos Andrés Bohórquez

Estudantes protestam contra aumento da tarifa de ônibus em SP

0 comentários
Estudantes protestaram nesta quinta-feira contra o aumento da tarifa de ônibus na cidade de São Paulo, pela terceira semana consecutiva.

O protesto começou por volta das cinco horas da tarde passando pela Avenida Paulista e pela Rua da Consolação. As duas faixas da direita do Viaduto do Chá foram interditadas por causa do protesto. Durante a manifestação a CET fez desvios pela Praça Ramos e pela Avenida São João.

Os manifestantes terminaram a caminhada contra o aumento da tarifa de ônibus em frente à Prefeitura. Cerca de mil pessoas participam da manifestação.

O preço da passagem de ônibus na capital paulista subiu no último dia 5. O reajuste foi 11,11% - de R$ 2,70 para R$ 3. O aumento foi definido no fim do ano pela prefeitura. Com o valor, reajustado acima do índice de inflação, São Paulo é uma das cidades com o transporte coletivo mais caro do país, segundo a organização não governamental Rede Nossa São Paulo.

fonte: eBand

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Fechamento de terminal de ônibus gera confusão no Rio

0 comentários
O fechamento, sem aviso prévio, de um terminal de ônibus causou confusão na manhã desta quinta-feira, no Centro do Rio. A Secretaria municipal de Transportes não explicou o motivo da desativação do terminal de ônibus da Praça XV.

Como o local ponto final de linhas municipais e intermunicipais, os ônibus fazem o retorno no terminal, mas são impedidos de parar no local.

O prefeito Eduardo Paes (PMDB) determinou a reabertura do terminal. Em até 30 dias, a prefeitura pretende fazer um planejamento para minimizar possíveis transtornos devido ao fechamento do terminal.

Guardas municipais e policiais militares foram deslocados para o local para orientar motoristas e passageiros, que foram pegos de surpresa com o fechamento.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Passagem de ônibus deve aumentar até 6% em Florianópolis neste ano

0 comentários
Valores podem passar para R$ 2,52 no cartão e R$ 3,12 no pagamento em dinheiro

Ainda não tem data para acontecer, mas Florianópolis vai aumentar em até 6% o preço da passagem de ônibus em 2011, o que pode elevar os valores da tarifa para R$ 2,52 no cartão e R$ 3,12 no pagamento em dinheiro. A secretaria de Transportes da Capital promete que o reajuste não vai ultrapassar este percentual, baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O percentual de reajuste nem sempre é o mesmo para as duas tarifas. No último, em maio de 2010, a passagem paga no cartão passou de R$ 2,20 para R$ 2,38 (8%). No dinheiro, subiu de R$ 2,80 para R$ 2,95 (5,3%). O aumento veio antes de uma greve dos trabalhadores, mas não impediu o protesto de estudantes e usuários.

O secretário de Transportes, João Batista Nunes, garantiu que o reajuste vai acompanhar o INPC, que geralmente fecha próximo aos 6%. De acordo com ele, o aumento anual é necessário, por causa das despesas no sistema de transporte.