segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Integração dos ônibus de São José começa nessa segunda-feira (07)

Três empresas passam a administrar o transporte público da cidade

Foram quatro anos para organizar o transporte público em São José dos Campos. Nessa segunda-feira (07), finalmente, a última empresa entrou em operação. 

E quem depende dos ônibus notou a diferença. Logo cedo a nova frota já estava nas ruas. Os ônibus azuis da empresa Saens Peña passam a operar as linhas da Real e Capital do Vale. 

O número e o nome das linhas não mudaram. No primeiro dia, alguns atrasos nos horários de pico. A nova empresa administra 131 carros que fazem 28 linhas nas regiões norte, oeste e sul da cidade. 

Essa mudança faz parte do processo de licitação que começou em 2007 e foi concluído nessa segunda (07). Agora, três empresas são responsáveis pelo transporte público da cidade, administrando 392 carros no total. São 100 mil passageiros por dia. 

Mais confortáveis 
Os novos ônibus seguem os padrões exigidos das empresas que operam na cidade. São veículos novos, com acessibilidade e mais confortáveis, já que a nova frota tem o piso mais baixo o que facilita o embarque de passageiros. 

Não há mais degraus. Um sistema abaixa a suspensão e reduz a altura assim que o veículo estaciona. “Eu gostei, porque o novo sistema é baixinho e facilita para gente que tem a perna curta”, diz a empregada doméstica, Maria Costa. 

Expectativas 
Os passageiros esperam agora a integração total das linhas prometida para os próximos 60 dias e, principalmente, a redução do tempo de espera para pegar os ônibus que muitas vezes saem lotados. “Já temos 45% de integração das linhas do município, ou seja, o passageiro já consegue andarde uma região para outra pagando apenas uma passagem. O que vai acontecer para frente é que todas alinhas serão abertas e integradas num único sentido em até duas horas”, informou o secretário de Transportes, Anderson Ferreira. 

A data para que o sistema esteja 100% integrado é o dia 7 de abril. Para esclarecer dúvidas e reclamações basta ligar para o telefone 156. 

Fonte: Vnews

Nenhum comentário: