domingo, 27 de março de 2011

Curitiba 318 anos: Prefeitura apresenta novo modelo de biarticulado

1 comentários
Ônibus de cor azul movido a óleo à base de soja e com 28 metros é o maior do mundo em comprimento

O prefeito de Curitiba Luciano Ducci apresentou neste domingo o novo modelo de ônibus biarticulado. De cor azul, movido a óleo à base de soja e com 28 metros, é o maior ônibus do mundo em comprimento. O governador Beto Richa participou do lançamento, no Parque Barigui.
"É um ônibus moderno, confortável e ecológico, garantindo mais qualidade no transporte público para o cidadão curitibano", disse Ducci. "Neste mês, estamos entregando 97 novos ônibus para renovar a frota. Ainda neste ano, a cidade vai ganhar 554 ônibus zero quilômetro, o que significará uma renovação de 29% da frota operante da Rede Integrada de Transporte."

Depois do lançamento do ônibus, prefeito e governador cortaram e distribuíram à população o bolo gigante comemorativo ao aniversário da capital, que completará 318 anos nesta terça-feira. 

Os novos ônibus azuis farão as linhas Pinheirinho-Carlos Gomes, na Linha Verde, e Ligeirão Boqueirão, na Marechal Floriano. Juntos, transportam cerca de 50 mil passageiros por dia. São 9 ônibus azuis que entram em operação nesta semana. Ainda neste semestre, Curitiba terá um total de 24 ônibus deste modelo, com 28 metros de comprimento.

As viagens são mais rápidas. Com o deslocamento de estações tubo, a Prefeitura conseguiu espaço para criar pontos de ultrapassagem, o que permite manter a linha com parada em todas as estações tubo, e implantar o Ligeirão, com paradas apenas nos terminais e um reduzido número de estações.

O Ligeirão Boqueirão, por exemplo, faz apenas três paradas – nos terminais, Hauer, Carmo e na Estação UTFPR – enquanto o expresso convencional faz 16 paradas, aí descontados os pontos de chegada e saída (Terminal Boqueirão e Praça Carlos Gomes).

Com chassis B12R produzidos pela Volvo, com carrocerias Neobus Mega BRT, os novos ônibus azuis têm vidros com película fumê, exaustores e ventiladores para manter a temperatura interna mais amena, bancos ergonômicos com estofados; sinal luminoso para indicar a abertura das portas, o que beneficia especialmente pessoas com dificuldade de audição, e plaquetas em braille indicando o nome da linha colocadas nos braços e encostos dos bancos reservados a portadores de deficiência, idosos e gestantes.

O projeto, tecnicamente conhecido como B 100 (100% Biocombustível), foi implantado em caráter experimental em agosto de 2009, com seis ônibus da Linha Verde, o que significou uma redução de 50% de emissão de fumaça. A partir de agora todos os Ligeirões rodam exclusivamente com combustível de soja.

Com informações: Bem Paraná

sexta-feira, 25 de março de 2011

Paralisações serão sem aviso prévio - Florianópolis

0 comentários
Transporte coletivo será suspenso, hoje, entre 30 minutos e uma hora

Se você depende de ônibus, é melhor sair um pouco mais cedo de casa hoje. Sem aviso prévio, trabalhadores do transporte coletivo da Grande Florianópolis entraram em estado de greve e fizeram a primeira paralisação-relâmpago do serviço, ontem, entre 10h30min e 11h30min.

Na plataforma A do Terminal Integrado do Centro (Ticen) houve um princípio de tumulto por parte dos usuários, que se indignaram, pois não foram avisados sobre a parada. Eles ameaçaram pular as catracas de entrada. Viaturas da PM cercaram a área para acompanhar a movimentação, enquanto os ônibus ficaram estacionados no entorno do terminal. O que mais se ouvia na plataforma eram reclamações dos usuários que perderam compromissos. Sob gritos de protesto, as catracas foram liberadas.

Motoristas e cobradores montaram uma tenda na Praça das Nações, no Centro da Capital, para realizar assembleias. Ontem, foram duas, às 9h30min e 15h30min. Segundo o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Passageiros da Região Metropolitana (Sintraturb), Ricardo Freitas, neste ano as paralisações serão curtas, de 30 minutos a uma hora, e fora de horários de pico, ao contrário de anos anteriores, e devem continuar hoje.

A principal reivindicação do sindicato é a redução da jornada de trabalho de seis horas e 40 minutos para seis horas diárias, com a manutenção do salário. O sindicato pede, também, aumento do vale-alimentação, de R$ 340 para R$ 380, além de uma revisão geral do texto da convenção coletiva. A categoria tem cerca de 5 mil funcionários na região, e destes, 4 mil são motoristas e cobradores.

Sindicato quer o fim da jornada de três horas

A entidade também quer acabar com a jornada especial de três horas, realizada por alguns trabalhadores em horários de pico. As empresas têm um limite de 15% dos funcionários para este tipo de contrato. No entanto, de acordo com o sindicato, algumas empresas trabalham com índices que chegam a 45%.

Cerca de 400 motoristas e 400 cobradores trabalham no regime de três horas (regido pela CLT, com salário proporcional). Por meio de nota, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Florianópolis, Waldir Gomes, afirmou que a extinção do turno de três horas acarretará em um custo ainda maior para o sistema. Isto porque os funcionários que atualmente trabalham apenas três horas passariam a cumprir o horário integral e com salário maior. O dirigente afirma que o sistema está financeiramente saturado há anos.

– Temos um prejuízo mensal que vai de R$ 900 mil a até R$ 1,5 milhão e não suporta mais nenhum tipo de aumento de custos sem repasse à tarifa – alega.

Segundo Gomes, a convenção coletiva segue em vigor até o dia 30 de abril e paralisações como a de ontem são intempestivas e fora de qualquer legalidade.

O vice-prefeito e secretário de Transportes da Capital, João Batista Nunes, ficou surpreso com a paralisação. Na próxima semana, ele pretende se reunir com representantes do sindicato patronal e dos trabalhadores para encontrar um consenso.

– Não se pode regredir. Não podemos colocar em risco a cidade por causa de questões trabalhistas.

Segundo João Batista, a tarifa deve aumentar neste ano, porém, apenas a reposição da inflação. O reajuste da tarifa já foi autorizado pelo Conselho Municipal dos Transportes e depende do aval do prefeito Dário Berger. Com isso, o valor pago com o cartão passaria de R$ 2,38 para R$ 2,54.

JOÃO BATISTA NUNES
Vice-prefeito e secretário de Transportes

"Não se pode regredir. Não podemos colocar em risco a cidade por causa de questões trabalhistas."

Fonte: Diário Catarinense

Novos G7s: Paradisos 1800 DD e 1600 LD

0 comentários
A Marcopolo lança dois novos modelos de ônibus rodoviários da Geração 7, o Paradiso Double Decker 1800 (dois pisos) e o Paradiso Low Driver 1600 (condutor posicionado mais abaixo). Os veículos foram desenvolvidos para oferecer ainda mais conforto, segurança e ergonomia, além do acabamento futurista, identidade da empresa, para o transporte de passageiros.
A principal mudança externa é o desenho do veículo, com novo conjunto ótico, com LEDs nas luzes de direção e de posição - Daytime Running (farol diurno), que aumentam a eficiência luminosa e a durabilidade e reduzem a necessidade de troca/manutenção.

Os dois modelos ganharam desenho mais arrojado, com novos para-brisas panorâmicos, maiores e curvos, que ampliam a visibilidade para o motorista e passageiros. Isso faz com que os viajantes da parte dianteira superior tenham a percepção de “visão total” do trajeto e da paisagem. Além disso, os novos espelhos retrovisores reforçam a identidade Marcopolo.

Internamente, a principal novidade é a elevação do padrão de conforto e de segurança. Os veículos ganharam novas portas, mais largas, e escadas com desenho inedito para os degraus, que tornam a operação de entrada e saída mais confortável e agradável. A segurança também é garantida pelos corrimãos posicionados de forma mais acessível e iluminação em LEDs por meio de sensores de presença que acendem e apagam as luzes automaticamente. O Paradiso LD 1600 conta, ainda, com uma meia parede com pega-mão.

Outra inovação dos veículos é o teto solar panorâmico no salão de passageiros, que permite maior contato com o ambiente externo. A iluminação do salão de passageiros é toda em LEDs, com luzes indiretas, que criam um ambiente de comodidade e sofisticação. Os LEDs estão presentes também nas luzes de leitura dos porta-focos, com acionamento por toque, que contam ainda com saídas individuais para ar-condicionado, plug para fone de ouvidos e controle de volume do som. Os amplificadores de áudio são individuais e integrados ao porta-focos.



Para maior conforto, os dois modelos dispõem de novo monitor frontal em LED de 23 polegadas e monitores em LED de 15 polegadas, posicionados no teto ao longo de todo o salão para possibilitar a melhor visibilidade em qualquer poltrona.

No piso inferior do Paradiso DD 1800, a iluminação, também em LED com luzes indiretas, e os materiais utilizados na confecção do teto transmitem a sensação de amplidão e maior espaço. Para o conforto dos passageiros, o veículo foi equipado com avançado sistema de renovação de ar natural, corredor do piso central revestido de madeira – o que permite melhor isolamento térmico e acústico. O sistema de ar-condicionado proporciona maior eficiência na climatização de todo o ambiente, pois conta com novos dutos integrados ao teto e chicote elétrico separado, para melhor funcionamento.

Novo toalete

Os modelos Paradiso DD 1800 e LD 1600 ganharam novo sanitário, mais prático, confortável e espaçoso. O interior foi redesenhado para torná-lo mais agradável, com cores e iluminação diferenciadas e nova entrada de ar-condicionado. O exaustor foi reprojetado para diminuir ainda mais o ruído de funcionamento e ampliar a eficiência na renovação do ar natural. A torneira e a descarga ganharam acionamento sensível ao toque, com a pia posicionada no sentido longitudinal, o que aumenta o conforto quando em uso durante a viagem.

A adoção de vidro e de plástico de engenharia nas portas e nas paredes de separação permitiu aumentar a área livre para os passageiros, assim como o seu bem-estar. A fechadura possui acionamento suave e confortável e a porta de acesso para o piso inferior, que abre para o lado de fora, facilita a movimentação dos passageiros sem interferir nas poltronas.

Maior conforto para motorista e auxiliar

Nos novos Paradiso DD 1800 e LD 1600, o motorista e o auxiliar receberam especial atenção para aumentar o conforto e a ergonomia e facilitar a condução do veículo. A cabine dos modelos foi totalmente redesenhada, com nova porta, painel frontal completo, piso e poltronas. As linhas do acabamento interior da cabine seguem as tendências automobilísticas, com materiais com texturas mais “amigáveis” e comandos projetados ao alcance do motorista.

O novo painel, com satélites retráteis, incorpora todos os instrumentos, como o display da câmera de ré, as câmeras internas e o sistema multiplex (funções conjugadas de todos os equipamentos do ônibus). Conta, também, com saídas de ar reposicionadas e sistema de ventilação mais eficiente, porta-objetos atrás da poltrona, iluminação individual para o motorista e para o motorista auxiliar com acionamento sensível ao toque.

Os postos do motorista e do auxiliar também foram reprojetados de forma a facilitar o acesso e melhorar a visibilidade externa. A poltrona do condutor auxiliar está posicionada mais para trás, o que ampliou para 400 mm a distância em relação ao painel.

O Paradiso DD 1800 é disponível nas versões 6x2 e 8x2 e tem 13.200 mm e 14.000 mm de comprimento, respectivamente, e 2.600 mm de largura. Já o Paradiso LD 1600 é disponível nas versões 4x2 e 6x2 e possui 14.000 mm de comprimento, 2.600 mm de largura e altura interna de 1.890 mm.

Vídeo institucional dos novos G7s

Mais informações no portifólio dos novos ônibus: aqui

domingo, 13 de março de 2011

Marcopolo lançará em breve a nova geração 7 de ônibus DD e LD

3 comentários
Foto: Divulgação
FOTO: MÁRCIO BRUXEL - DIVULGAÇÃO - ÔNIBUSBRASIL.COM
Após muita espera, os novos ônibus Marcopolo da geração 7 são vistos. A novidade pegou todos de surpressa. As fotos veiculadas no site do Ônibus Brasil neste domingo, aumentou as espectativas sobre os novos ônibus.

A Marcopolo ainda não informa em seu site quando será o lançamento oficial da nova geração de ônibus altos. Em 2010 a empresa disponibilizou os ônibus G7, porém, não lançou os veículos mais Altos, como o Paradiso Double Deck 1800 e o 1550LD, este último que agora segue com nova nomenclatrura, se transformando em Paradiso G7 1600 LD.

A novidade foi vista e clicada na cidade de Tubarão em Santa Catarina e ambos os veículos possui a pintura padrão da Geração 7. Já veicula na internet a especulação de qual será a primeira empresa que deverá adquirir a novidade. Com o mercado de turismo rodoviário em alta, acredita-se que muitas empresas possam fazer suas encomendas dentro em breve.

Os dois modelos foram fotografados seguindo para estar na convenção de vendas da Marcopolo que deve acontecer amanhã em Balneário Camboriú – Santa Catarina. A versão LD do G7 foi encarroçada em chassi Scania K420 e a versão DD encarroçada em Volvo B12R.
Marcopolo Paradiso G7 1600LD por Guilherme Bordog
FOTO: PHILIPPE HOFFMANN COELHO - DIVULGAÇÃO - ÔNIBUSBRASIL.COM

Em 2010, a Marcopolo registrou crescimento de produção em suas operações no Brasil e no exterior. Das 27.580 unidades fabricadas no ano passado, 18.900 (68,5%) foram produzidas no País e as demais 8.680 (31,5%) no exterior. O crescimento no mercado interno foi de 38,2% em relação à produção do ano anterior – 13.672 unidades – e as operações do exterior registraram aumento de 52,0% sobre 2009 - 5.712 unidades.


No mercado brasileiro, além dos aspectos já mencionados que contribuíram para o crescimento do segmento de ônibus, destaca-se também o projeto “Caminho da Escola”, desenvolvido para fornecer transporte escolar para alunos das zonas rurais no Brasil e que seguirá sendo um importante propulsor das vendas de micro e miniônibus.

Foto: Divulgação
FOTO: MÁRCIO BRUXEL - DIVULGAÇÃO - ÔNIBUSBRASIL.COM
No exterior, mesmo enfrentando a excessiva valorização do real frente ao dólar – moeda utilizada nas operações internacionais – a Marcopolo procurou atender os mercados conquistados ao longo dos anos e manteve expressivo fornecimento para diversos países, com 2.426 unidades exportadas, alta de 10,7% em relação a 2009.

Em relação às operações internacionais, na Índia, onde a Marcopolo possui uma joint venture com a Tata Motors, a produção foi de 5.216 unidades (consolidação proporcional à participação de 49,0% da Marcopolo na sociedade), com crescimento de 107,2% em relação a 2009.

A operação na Argentina cresceu 53,8%, com a produção de 723 unidades. Na África do Sul, o volume total foi de 416 unidades, 35,1% superior à de 2009, com manutenção da liderança de mercado e 42,0% de participação. Já na Colômbia, a Superpolo produziu 1.472 unidades, sendo que 50,0%, ou 736 unidades, foram consideradas na produção consolidada da Marcopolo. Este volume foi 15,4% maior que o de 2009, em função da forte demanda por ônibus no país. E no México, o volume produzido pela Polomex foi de 1.255 unidades. Nesse país, a empresa enfrenta a recuperação lenta e gradual do mercado de ônibus, ainda muito abaixo dos patamares antes da crise econômica de 2008.

Marcopolo Paradiso G7 1600LD por Guilherme Bordog
FOTO: PHILIPPE HOFFMANN COELHO - DIVULGAÇÃO - ÔNIBUSBRASIL.COM
Pode-se notar nas fotos, que os ônibus estão em fase de teste, pois possuem placa verde.

sábado, 12 de março de 2011

Novo G7 1200 Da Viação Itapemirim começa operar linha no Rio de Janeiro

2 comentários
O ônibus iniciou sua primeira viagem oficial, nesta sexta-feira no trecho Rio de Janeiro x Cachoeiro de Itapemirim (ES), e um item que chamou muita atenção, foi o fato de o letreiro que informa o intinerário do ônibus estar desligado, sendo informado através de uma plaqueta.
Foto: Divulgação
FOTO: CARLOS GUSTAVO P. GOMES - DIVULGAÇÃO
O trecho também é operado pela Expresso União que já vem disponibilizando o mesmo modelo de ônibus no serviço convencional. A Viação Itapemirim não informa se estará adquirindo mais ônibus G7 1200 nos próximos meses. Há rumores de que a empresa possa estar para receber outras nove unidades do mesmo modelo todos re-encarroçados.

Acidente com ônibus turístico deixa 13 mortos em Nova York

0 comentários
Um acidente envolvendo um ônibus de turismo deixou 13 mortos no Bronx, em Nova York (EUA), neste sábado. Segundo autoridades locais, o ônibus seguia por uma estrada principal da cidade quando foi atingido por um caminhão.
O acidente aconteceu por volta das 5h30 quando o ônibus seguia rumo ao bairro de Chinatow, após levar  turistas ao cassino Mohegan Sun, em Connecticut. Trinta e dois passageiros estavam a bordo.

Com o impacto da batida, o motorista perdeu o controle e o ônibus se chocou contra um poste de luz. "O ônibus virou, deslizou sobre a calçada por alguns metros e bateu contra o poste", explicou um porta-voz do Departamento de Bombeiros ao jornal "The New York Times". "O poste ficou intacto e arrancou todo o teto do ônibus, desde a frente até sua parte posterior", acrescentou.

Além das mortes, seis passageiros ficaram gravemente feridos. Outras onze pessoas sofreram ferimentos leves. A polícia perseguiu o condutor do caminhão, que não parou para prestar socorro após o acidente.

Com informações: Agências EFE e AP

MP-PR vai investigar o aumento da tarifa de ônibus em Curitiba

0 comentários
Urbs tem dez dias para apresentar planilha detalhada dos custos do transporte coletivo

A Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Curitiba vai investigar se o aumento da tarifa do transporte coletivo na capital é ou não abusivo. A passagem de ônibus subiu de R$ 2,20 para R$ 2,50 no último sábado, 5 de março – um acréscimo de 13,6% no valor. O Ministério Público deve apurar também as causas do aumento da tarifa do Estar – Estacionamento regulamentado, da Linha Turismo, que percorre os pontos turísticos de Curitiba e ainda da Circular Centro, que circula na região central. Todos sofreram alterações de preço.

O MP-PR encaminhou ofício à URBs – Urbanização de Curitiba S/A solicitando cópia do relatório da Comissão de Estudos Tarifários, bem como o detalhamento da planilha de custos que subsidiou o aumento das tarifas. A URBs terá dez dias a partir da próxima segunda-feira, 14 de março, para fornecer as informações. Os documentos serão examinados por auditores do Ministério Público para então a Promotoria de Justiça adotar as medidas cabíveis.

Fonte: Bem Paraná

quarta-feira, 9 de março de 2011

Empresa de ônibus Transol é assaltada em Florianópolis

7 comentários

A sede da empresa de transporte coletivo Transol, de Florianópolis, foi assaltada na madrugada desta quarta-feira. Quatro homens armados chegaram de carro ao local, no bairro Saco Grande, às margens da SC-401, renderam funcionários e levaram cerca de R$ 5 mil, segundo informações da Polícia Militar.

Os assaltantes entraram na garagem da empresa por volta de 1h. No momento da abordagem, um funcionário contava o rendimento do dia. Até a manhã desta quarta-feira, nenhum suspeito foi preso.

domingo, 6 de março de 2011

Novos 1001 Caio Mondego piso baixo

1 comentários

Como Informado na matéria anterior (Post Anterior), a Auto Viação 1001 recebeu 5 unidades de Caio Mondego L equipado com chassi Mercedes-Benz 0-500 U, com isso se tornou a primeira a utilizar ônibus de Piso Baixo no estado.








Foto: Adriano Minervino








Foto: Marcelo Lucas