segunda-feira, 2 de maio de 2011

Deficientes visuais de Niterói terão ajuda eletrônica para usar ônibus

A Prefeitura de Niterói, na região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro, lança nesta segunda-feira (2) às 17h30, no restaurante Olimpo, em Charitas, o projeto "Mobilidade para pessoas com deficiência visual".

Em caráter piloto, será testado um equipamento eletrônico que alerta o passageiro especial da chegada de sua condução, ao mesmo tempo em que informa ao motorista do ônibus da presença de um cliente deficiente visual no ponto.

O sistema será testado durante um mês na linha 49 (Fonseca-Centro) por dez deficientes visuais voluntários. Eles receberão o aparelho e os resultados colhidos pelo grupo (voluntários e motoristas) vão servir para avaliar a viabilidade técnica e econômica para a adoção do equipamento.

Além de melhorar o atendimento para quem mais precisa, a iniciativa também visa a colocar as empresas de ônibus do município à frente da legislação federal de acessibilidade.

A RioCard possui em seu cadastro ativo mais 145 mil pessoas com algum tipo de deficiência. Os deficientes visuais se dividem em dois grupos: o primeiro é composto por aqueles que possuem amaurose (cegueira total) e o segundo por pessoas que possuem deficiência visual de até 10% ou possuem um campo de visão inferior a 20 graus. Existem 977 usuários no primeiro grupo e 4.813 usuários no segundo, totalizando 5.160 pessoas com deficiência visual. Elas são responsáveis por 4% dos deslocamentos de todas as pessoas com deficiência cadastradas na RioCard.

Fonte: R7.com

Nenhum comentário: