quarta-feira, 1 de junho de 2011

Rodoviários do ABC iniciam greve nesta quarta-feira

Motoristas e cobradores de ônibus das cidades do ABC decidiram em assembleia na noite desta terça-feira (31) cruzar os braços a partir da 0h desta quarta (1º). O sindicato dos rodoviários da região rejeitou proposta de aumento salarial de 8% apresentada pelos empregadores e decidiu pela greve em sete cidades: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande Da Serra.

Os trabalhadores reivindicam 15% de reajuste, além de melhorias trabalhistas. Uma nova reunião com os representantes da categoria deverá acontecer ainda nesta quarta.

Quem também decidiu entrar em greve foram os funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana, que representa os funcionários da companhia, decidiu em assembleia que a categoria cruzará os braços a partir da 0h desta quarta.

Segundo o vice-presidente do sindicato, Everson Craveiro, a paralisação deverá ter adesão de até 70% da categoria e vai atingir principalmente as linhas 8 (Julio Prestes - Itapevi) e 9 (Osasco- Grajaú).

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou que os funcionários da CPTM mantenham 90% da frota em operação no horário de pico. Segundo o diretor do sindicato, a operação parcial pode ser arriscada. Uma nova assembleia foi marcada para esta quarta-feira às 18h.

Além dos rodoviários do ABC e dos funcionários da CPTM, trabalhadores da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) decidiram nesta terça entrar em greve a partir da 0h de quarta. Em assembleia, eles não aceitaram a proposta apresentada pela companhia na quinta rodada de negociação.

Com informações da TV Globo

Nenhum comentário: