quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Nova tendência concretizada na TRANSPÚBLICO

Novo Viale BRT

Uma nova forma de mobilidade, com sistemas mais modernos e eficientes, e veículos com concepções inovadoras em relação à operação, conforto, acessibilidade e segurança, além da preocupação com as normas em respeito ao meio ambiente têm sido a tônica da edição da Transpúblico 201, que começou nesta quarta-feira dia 24 de agosto e vai até sexta-feira, dia 26.

Com olho já nos sistemas de BRTs – Bus Rapid Transit, Corredores de ônibus modernos, que garantem alto atendimento e eficiência operacional, as empresas investem em novidades.

A Mercedes Benz, que recentemente anunciou o sistema Blue Tec 5, para atender às normas de redução de emissão de poluentes, apresentou duas novidades. Tratam-se dos chassis, um para aplicação de fretamento, rodoviário de curta e média distâncias u urbano para operações mais severas e outro para sistemas de alta capacidade urbanos.

O OF 1724, tem 238 cavalos de potência, motor OM 926 LA, capacidade para 17 toneladas e pode receber carrocerias de até 13,2 metros de comprimento.

Já o O 500 UDA (piso baixo) ou o O 500 MDA (piso normal) são ônibus articulados que podem ter até 23 metros de comprimento, mas com uma articulação somente, o que promete reduzir os custos operacionais. O segundo carro, após a “sanfona” possui dois eixos, sendo que o último é direcional, para facilitar nas curvas.

Curth Axthelm, gerente sênior de produtos da Mercedes, afirmou que esses veículos mostram as novas necessidades do setor e o quanto evoluiu a indústria de ônibus.

Com a tecnologia Blue Tec 5, a Mercedes Benz atende as normas de padrão de emissão de poluentes do Proconve P 7, baseadas na Euro V.

Apesar de os veículos serem mais caros e possuírem tecnologia diferente, com a necessidade de um aditivo para redução da poluição, a procura pelos novos modelos já existe, como contou à reportagem, o gerente sênior de vendas, Agnaldo Mariano.

O grupo Ruas, de São Paulo, comprou 200 unidades nos padrões Euro V, sendo 160 articulados e 40 piso baixo convencionais paras as empresas Vip, Campo Belo, Cidade Dutra e ViaSul.

O empresariado diz ver com bons olhos o momento da indústria de ônibus, mas insiste que os avanços tecnológicos só serão melhor aproveitados com a priorização dos transportes públicos, como contou à reportagem, o empresário Belarmino de Ascenção Marta.

Novo Viale BRT

As encarroçadoras vêm com novidades também. Um dos destaques foi a Marcopolo que lançou o modelo Viale BRT para atender sistemas modernos e exclusivos de ônibus.

A Mascarello apresentou o Roma 370, modelo rodoviário para longas distâncias.
Rafael Liotto adiantou ao que a encarroçadora também terá sua versão BRT, o que mostra a tendência para os transportes nas médias e grandes cidades e a corrida das indústrias para não ficarem de foram deste segmento que se apresenta como promissor.

Fonte: Blog Ponto de Ônibus

Nenhum comentário: