terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Ônibus sobe em carro e deixa dois mortos em São Paulo

0 comentários
Millennium Articulado subiu em carro na Avenida Vereador José Diniz. (Foto: AE)
Uma colisão entre um ônibus articulado e um carro deixou um casal morto e outras duas pessoas feridas na tarde desta terça-feira (28) no cruzamento da Avenida Vereador José Diniz com a Rua Demóstenes, no bairro Campo Belo, na zona Sul de São Paulo. Na batida, o ônibus subiu no veículo.

Sete equipes do Corpo de Bombeiros  foram ao local prestar socorro às vítimas. O casal que morreu estava dentro do veículo que ficou por baixo do ônibus. Os dois feridos foram levados a hospitais, um para a Santa Casa de Misericórdia e o outro para uma clínica.

De acordo com a SPTrans, a linha de ônibus envolvida no acidente foi a Praça da Sé/Parque Residencial Cocaia.

Fonte: Yahoo Notícias

Caminhões e ônibus MAN chegam ao Peru e ao Uruguai

0 comentários

Peru e Uruguai são os novos mercados da marca MAN na América Latina. Os veículos, produzidos na Alemanha, foram comercializados pela área de exportação latino-americana para os importadores Euromotors e JC Lestido. As empresas compraram 26 unidades do modelo TGS WW e quatro chassis de ônibus R37, que serão utilizados em demonstrações.

No Uruguai a companhia já concretizou a primeira venda a um cliente final. A TL 300, empresa especializado no transporte de madeira, encomendou um TGS WW 28.360 BL 6x2, que percorrerá cerca de 10 mil quilômetros por mês no transporte florestal. 

A MAN afirma que os novos negócios reforçam a presença da empresa no segmento de extrapesados. “Nossa equipe está preparada para levar a marca a outros países de forma sólida e competitiva”, avalia Carlos Repullo Gonsales, que compõe a divisão de vendas da marca para a América Latina. 

Fonte: Automotive Business

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Marcopolo fornecerá ônibus para corredores de Manuas

0 comentários

A Marcopolo fechou contrato com as opeadoras de transporte de Manus (AM) para o fornecimento de 502 ônibus urbanos - 406 unidades do modelo Torino G6 e 96 do Gran Viale articulado (foto), com chassis Mercedes, Volvo e Volkswagem.

Os veículos foram adquiridos pelas operadoras City, Coroado, Integração, Líder, Rondônia, São Pedro, Transtol, Vega e Via Verde para atender o programa da prefeitura de Manaus de elevar o padrão de qualidade do transporte coletivo da cidade.

O Gran Viale de 21 metros de comprimentose chassi Volvo B12M tem capacidade para 62 passageiros sentados. Já o modelo Torino G6 de 12 metros com chassis Volvo B270F, Mercedes Benz OF-1722 e Man-Volkswagem 17.230EOD é capaz de levar 33 passageiros sentados.

Fonte: LitoralBus

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

LICITAÇÃO DA ANTT DE ÔNIBUS RODOVIÁRIOS: Pontos do edital podem ser mudados

0 comentários

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres admite que alguns pontos da licitação das linhas interestaduais podem ser mudados depois das rodadas de audiências públicas com a sociedade e empresários do setor. Mas as mudanças devem ser específicas e no vão alterar a o modelo geral do certame. Foi o que disse Sonia Haddad, superintendente de serviços de transportes de passageiros da ANTT, à reportagem de Adamo Bazani nesta quinta-feira.

“As contribuições (até agora) vieram para o rearranjo de alguns lotes. Mas tudo implica estudo mais aprofundado, pois uma alteração pode influenciar em outro grupo operacional e eu tenho de trabalhar no sistema como um todo, não dá para trabalhar só com o equilíbrio econômico daquela intervenção solicitada. Tivemos contribuições que impactaram nesse rearranjo e vamos levar muitas delas em consideração, mas nada que mude a regra geral e o conceito que estamos trabalhando” – disse Sonia Haddad.

A maior licitação de serviços de ônibus do País ainda causa muitas dúvidas e posicionamentos contrários entre o Governo Federal e as empresas de ônibus.

O ProPass Brasil – Projeto da Rede Nacional de Transporte Rodoviário Interestadual e Internacional de Passageiros – deve licitar 1 mil 967 linhas de ônibus que ligam diferentes estados e também as que fazem trajetos internacionais. A maior parte destas linhas opera em regime de permissão, o que contraria a Constituição Federal de 1988 que determina que serviços como de transportes sejam regidos por contratos de concessão com regras mais rígidas e maior segurança jurídica entre todas as partes.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

VISATE ADQUIRE PRIMEIRO ÔNIBUS MARCOPOLO VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL

0 comentários
Veículo articulado vai circular no trajeto entre os Pavilhões da Festa da Uva e o centro de Caxias do Sul
A cidade de Caxias do Sul será a primeira do Brasil a receber o novo ônibus Viale BRT produzido pela Marcopolo. A Visate, Viação Santa Tereza, adquiriu o moderno ônibus que começará a operar no dia 17 de fevereiro, na rota entre a Rua Visconde de Pelotas, no centro da cidade, e os Pavilhões da Festa da Uva.

“Buscando a satisfação de seu usuário, a Visate incorpora à frota do transporte coletivo um ônibus de última geração, tecnologicamente avançado, com design arrojado, conforto e capacidade de transporte elevado”, afirma Fernando Ribeiro, diretor superintendente da empresa.

Segundo Paulo Corso, diretor de operações comerciais para o mercado brasileiro da Marcopolo, é muito importante para a companhia e para a cidade, a Visate ter sido a primeira empresa a adquirir e utilizar em suas linhas o Viale BRT. “A iniciativa permitirá que o usuário e, principalmente, os visitantes da Festa da Uva, sejam transportados com mais conforto, segurança, rapidez e em um dos melhores veículos urbanos já fabricados no país”, salienta Corso.

O Marcopolo Viale BRT articulado foi desenvolvido para aplicação nos avançados sistemas de transporte coletivo em grandes centros urbanos, e consumiu dois anos de pesquisas e desenvolvimento. A versão articulada tem até 21 metros de comprimento, capacidade para transportar até 145 passageiros e foi concebida com inéditos conceitos de design, ergonomia, conforto, segurança e eficiência.

NA FESTA DA UVA 2012, MARCOPOLO REPRODUZ PLATAFORMA PARA ÔNIBUS DO SISTEMA BRT EM SEU ESTANDE

0 comentários
Objetivo é demostrar vantagens e benefícios do moderno sistema de transporte. Outro destaque é a exposição do primeiro ônibus com motorização Euro 5

A Marcopolo reproduz, em seu estande na Festa da Uva 2012, uma plataforma de embarque e desembarque de passageiros de ônibus do sistema BRT, inclusive com o veículo na parada, um Viale BRT. Os visitantes do evento poderão conhecer de perto os benefícios e as vantagens desse importante sistema que deverá ser implementado em diversas cidades brasileiras nos próximos anos e que garante maior rapidez, conforto e segurança para os passageiros.

De acordo com Valter Gomes Pinto, da Marcopolo, a presença da empresa na Festa da Uva 2012 é mais uma oportunidade para promover a interação com cliente, com a comunidade e também com os seus colaboradores. “A Marcopolo prestigia e participa da Festa da Uva desde 1958 e, em todas as edições,  convida os clientes Brasil e exterior e estimula os colaboradores e seus familiares a visitarem o evento.  Neste ano, aproveitamos e vamos mostrar uma das soluções que desenvolvemos para o transporte coletivo e que tem sido muito difundida em todo o mundo, o sistema BRT”.

Oficializada JOINT VENTURE entre Marcopolo e Caio

1 comentários

As especulações sobre a união entre acionistas das duas maiores encarroçadoras de ônibus do Brasil eram grandes. As intenções entre as duas companhias já tinham sido anunciadas e criava-se a expectativa de um dos maiores negócios do setor de produção de ônibus.

E foi na noite desta quarta-feira, dia 15 de fevereiro de 2012, que em nota, foi anunciada a criação de uma joint venture formada pelos acionistas das duas gigantes da produção de carrocerias de ônibus.

A parceria envolve a Twice Investimentos e Participações, integrada por acionistas da Caio Induscar, e a controlada da Marcopolo, Syncropats Comércio de Distribuição de Peças Ltda.

MERCADO INTERNO E MERCADO EXTERNO:

A parceria entre as duas empresas vai possibilitar negócios no mercado interno e no mercado externo.

Para o Brasil, a joint venture vai fazer peças e acessórios para carrocerias de ônibus e implementos.

As duas empresas vão produzir a “quatro mãos” carrocerias especiais para serem exportadas. Por enquanto, estão descartadas as produções de carrocerias para o Brasil, até por conta da grande participação individual no mercado que cada uma possui. A Marcopolo lidera o mercado geral de carrocerias no Brasil e a Caio lidera a produção de modelos urbanos.

INVESTIMENTOS E INDEPEDÊNCIA:

Os investimentos previstos para este primeiro ano serão de R$ 10 milhões, divididos em partes iguais.

A Marcopolo, em nota, garante, que apesar da parceria, tanto ela como a Caio continuarão agir de maneira independente no mercado interno, com produtos de características próprias, bem como a joint venture também será “independente”:

“Destaca-se que a nova empresa deverá atuar com completa independência das partes, inclusive seus produtos deverão ter design e marcas próprios”.

Fonte: Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Volkswagen MAN vende ônibus de número 100 mil

0 comentários

A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e dos caminhões MAN, está comemorando mais uma importante marca em sua trajetória: 100 mil ônibus Volkswagen produzidos. Conhecidos como Volksbus, os veículos são desenvolvidos e fabricados em Resende (RJ) e comercializados a clientes de todo o Brasil, além de mais 30 países entre América Latina e Central, África e Oriente Médio.

Um dos maiores grupos de transporte de passageiros do País, o Grupo Odilon Santos adquiriu o veículo de número 100 mil produzido pela montadora, graças ao lote de 60 ônibus modelo VW 17.230 vendido recentemente à empresa Transbrasiliana Especiais e Fretamento, que pertence ao Grupo. “Somos clientes da marca desde o início das vendas dos Volksbus, inclusive adquirimos o veículo de número 1. A qualidade e excelente custo de manutenção foram sempre grandes fatores na escolha pelos produtos da marca. Hoje temos em nossa frota 860 ônibus Volkswagen”, diz o empresário Odilon Santos.

Com toda tecnologia e credibilidade depositada pelos clientes, os chassis de ônibus Volkswagen dobraram sua participação de mercado nos últimos anos. De 2005 até hoje, a produção aumentou em 108%. “Nosso expressivo crescimento no mercado de ônibus é reflexo de um grande esforço para garantir um alto nível de satisfação de nossos clientes, com produtos de qualidade e pós-vendas diferenciado”, afirma Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

TERMINA GREVE DE ÔNIBUS EM CURITIBA

0 comentários

Terminou a greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana.

Os trabalhadores em assembléia aceitaram as propostas apresentadas pelo Ministério Público do Trabalho em reunião de conciliação realizada no início da tarde desta quarta-feira no TRT – Tribunal Regional do Trabalho, em Curitiba

As propostas do Ministério Público do Trabalho foram aprovadas pelo Setransp – Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana:

Entre os principais pontos aceitos tanto por empresas como por trabalhadores estão:

- AUMENTO DE 10,5% NOS SALÁRIOS DE MOTORISTAS E COBRADORES. Hoje, os motoristas recebem mensalmente cerca de R$ 1.300,00 e os cobradores são remunerados em R$ 780,00

- AUMENTO NO VALE ALIMENTAÇÃO DE R$ 105,00 PARA R$ 200.

- PAGAMENTO DE ABONO ÚNICO DE R$ 300 A SER PAGO JUNTO COM O SALÁRIO DE JUNHO.

Cerca de 2,5 milhões de pessoas foram prejudicadas por dia devido a greve de ônibus em Curitiba e Região Metropolitana.

Por causa da greve de motoristas e cobradores de ônibus em Curitiba, muitas pessoas chegaram atrasadas ao serviço, escola, faculdade ou consultas médicas. Agências bancárias e lojas nem chegaram a abrir as portas.

O trânsito ficou caótico em diversas vias. As pessoas que normalmente usam o transporte público para se deslocar normalmente tiveram de ir de carro.

Os congestionamentos foram longos em ruas e avenidas do centro de Curitiba e em acessos para os outros municípios que formam a região metropolitana. NA BR 116, entre Fazenda Rio Grande e Curitiba a lentidão ultrapassou 11 quilômetros de lentidão.

A procura por táxis aumentou consideravelmente e faltaram veículos para os passageiros. Os taxistas preferiam corridas financeiramente mais vantajosas.

A UBRS – Urbanização de Curitiba S.A., autarquia que gerencia os transportes em Curitiba e Região Metropolitana, como medida emergencial, cadastrou peruas e vans de lotação para atenderem à parte das linhas de ônibus que estavam parados.

Os ônibus envolvidos na greve prestam serviços na RIT – Rede Integrada de Transporte.

A RIT é um sistema unificado de ônibus que integra os transportes de Curitiba, Capital Paranaense, e das cidades vizinhas como São José dos Pinhais, Piraquara, Pinhais, Colombo, Almirante Tamandaré, Campo Largo, Araucária e Fazenda Rio Grande.

Com o valor de uma só passagem, é possível percorrer todos os municípios do sistema, independentemente do número de ônibus, viagens realizadas ou tempo de percurso. O Bilhete Único de São Paulo, por exemplo, permite o uso de 4 conduções num período de 3 horas.

Os serviços de Curitiba são divididos em diversas categorias:

Linhas Expressas: São operadas por veículos tipo biarticulados, na cor vermelha que ligam os terminais de integração ao centro da cidade, através das canaletas exclusivas. Embarques e desembarques são feitos em nível nas estações tubo existentes no trajeto.

Linhas Diretas (Ligeirinhos): Operam com veículos tipo padron, na cor prata, com paradas em média a cada 3km, com embarque e desembarque em nível nas estações tubo. São linhas complementares, principalmente das linhas expressas e interbairros. Há agora ônibus biarticulados azuis, considerado o maior modelo de ônibus do mundo, na cor azul, apelidados de Ligeirões.

Linhas Interbairros: São operadas por veículos tipo micro, comum ou articulados, na cor laranja que ligam terminais de integração aos bairros da região.

Linhas Troncais: Operam com veículos tipo padron ou articulados, na cor amarela, que ligam os terminais de integração ao centro da cidade, utilizando vias compartilhadas.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Busscar: Primeiras encomendas concluídas

0 comentários

O logotipo sem estrelas, de linhas retas e cores neutras, foi repaginado para que haja uma proposta de modernidade, elegância e sobriedade. E, semelhante ao desenho simples de sua nova identidade visual, a Busscar está retomando aos poucos a sua produção. Ontem, após quase 60 dias desde a encomenda, a empresa finalizou o primeiro dos 14 ônibus pedidos pela Gidion e Transtusa após o início do processo de recuperação judicial da companhia, feito em novembro do ano passado.

Cerca de 450 pessoas estão trabalhando na fábrica – número distante dos quase cinco mil funcionários que a empresa chegou a ter antes de sua crise. A maior parte dos veículos que estão sendo produzidos são ônibus urbanos, mas também há uma pequena movimentação na linha de rodoviários. Ao todo, a Busscar tem mais de 50 pedidos confirmados e continua em negociação com outras companhias, explica o gerente financeiro Claudinei Fodi. (Larissa Guerra)

Mercedes mantém liderança em ônibus e registra crescimento em janeiro

0 comentários
 
A Mercedes Benz divulgou nesta sexta-feira, dia 10 de fevereiro de 2012, o balanço de emplacamentos de ônibus da marca referente ao mês de janeiro.

De acordo com a fabricante, foram emplacados 1 mil 260 unidades em janeiro. O número é 27,5% maior em comparação ao mesmo mês do ano passado.

No setor de ônibus, a empresa se mantém líder de produção, detendo aproximadamente 50% do mercado.

O segmento de ônibus urbanos para a marca continua sendo o que representa maior volume de vendas e produção. A Mercedes Benz tem cerca de 60% de participação no mercado total de ônibus urbanos. A participação da montadora no segmento de rodoviários é de 52%.