segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Curitiba: Motoristas e cobradores entram greve a partir da zero hora desta terça-feira


Em assembleia na noite desta segunda-feira (13), motoristas e cobradores do transporte coletivo de Curitiba decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da zero hora desta terça-feira (14). Cerca de mil trabalhadores participaram da assembleia na Praça Rui Barbosa, no Centro de Curitiba. Eles pedem reajuste de 40%, mas as empresas ofereceram apenas a reposição da inflação.

Na tarde desta segunda-feira, a categoria ainda aguardava uma nova proposta do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano e Metropolitano de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), mas não houve uma nova oferta. A partir desta terça-feira, apenas 30% dos 1,2 mil ônibus de Curitiba e RMC (360 veículos) irão circular. 

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) encaminhou o indicativo de greve da categoria para as empresas na sexta-feira (10). A comunicação sobre a possibilidade de paralisação foi oficializada com 72 horas de antecedência.

A categoria pede ainda respeito às escalas, organização de tabelas com horários pré-fixados de trabalho, melhorias nas condições de trabalho, aumento do vale-alimentação, aumento da verba para saúde, treinamentos, pelo menos um domingo de folga por mês, entre outras.

A Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs) afirmou que se trata de uma negociação entre o sindicato patronal e o dos trabalhadores e que não vai se manifestar sobre o assunto. 

Fonte Gazeta do Povo

Nenhum comentário: