quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Volkswagen MAN vende ônibus de número 100 mil


A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e dos caminhões MAN, está comemorando mais uma importante marca em sua trajetória: 100 mil ônibus Volkswagen produzidos. Conhecidos como Volksbus, os veículos são desenvolvidos e fabricados em Resende (RJ) e comercializados a clientes de todo o Brasil, além de mais 30 países entre América Latina e Central, África e Oriente Médio.

Um dos maiores grupos de transporte de passageiros do País, o Grupo Odilon Santos adquiriu o veículo de número 100 mil produzido pela montadora, graças ao lote de 60 ônibus modelo VW 17.230 vendido recentemente à empresa Transbrasiliana Especiais e Fretamento, que pertence ao Grupo. “Somos clientes da marca desde o início das vendas dos Volksbus, inclusive adquirimos o veículo de número 1. A qualidade e excelente custo de manutenção foram sempre grandes fatores na escolha pelos produtos da marca. Hoje temos em nossa frota 860 ônibus Volkswagen”, diz o empresário Odilon Santos.

Com toda tecnologia e credibilidade depositada pelos clientes, os chassis de ônibus Volkswagen dobraram sua participação de mercado nos últimos anos. De 2005 até hoje, a produção aumentou em 108%. “Nosso expressivo crescimento no mercado de ônibus é reflexo de um grande esforço para garantir um alto nível de satisfação de nossos clientes, com produtos de qualidade e pós-vendas diferenciado”, afirma Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America.

Para 2012, a montadora, que fechou o ano passado com 11.139 chassis Volksbus licenciados e participação recorde de 32,2% de mercado, almeja continuar crescendo rumo à liderança nas vendas brasileiras de ônibus, objetivo já alcançado em caminhões, mercado que lidera há nove anos.

19 anos de sucesso

A MAN Latin America entrou no mercado de ônibus em 1993 com o lançamento do modelo VW 16.180 CO. O chassi chegou no momento em que o mercado pedia por alternativas no segmento de ônibus e não marcou apenas o nascimento da linha Volksbus, mas também de um atendimento diferenciado feito na garagem do frotista.

Logo em seguida, a marca ingressou no mercado de micro ônibus, com o modelo VW 8.140 CO. De lá pra cá, a linha não parou de crescer e recebeu inúmeros atributos como, por exemplo, a versão V-Tronic dos modelos urbanos 17.230 EOD e 17.260 EOT.

Hoje, a empresa inicia as vendas dos modelos da linha Volksbus 2012, que atendem as novas normas brasileiras de emissões (PROCONVE P-7). Os veículos contam com uma série de evoluções tecnológicas, com destaque para os motores MAN D08, fabricados no Brasil pela MAN Latin America na fábrica da MWM, em São Paulo (SP), e que equipam três dos oito modelos da nova linha e carregam todo o know-how de uma unidade de negócios da MAN focada exclusivamente no desenvolvimento de motores.

Entre os sucessos de vendas ao longo da trajetória da empresa no mercado de ônibus, destaca-se o veículo desenvolvido pela engenharia de Resende especialmente para o programa Caminho da Escola, que busca garantir maior qualidade no transporte escolar na zona rural brasileira, onde as estradas, geralmente de terra, possuem condições severas de piso e relevo. Desde 2007, quando o Governo Federal deu início ao programa, foram vendidas mais de 6 mil unidades do modelo, que conta com suspensão reforçada e uma série de outros diferenciais.

Os ônibus da marca são ainda presença constante no futebol brasileiro. Graças ao Projeto Seleção Volksbus, hoje 17 clubes transportam suas comissões técnicas e jogadores a bordo de ônibus Volkswagen: Internacional, Grêmio, Atlético Paranaense, São Paulo, Palmeiras, Flamengo, Vasco, Fluminense, Resende, Volta Redonda, Atlético Mineiro, Cruzeiro, Goiás, Atlético Goianiense, Bahia, Sport e Náutico. Há também o da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os ônibus dispõem de layouts internos totalmente diferentes, já que foram customizados de acordo com as necessidades de cada clube. Alguns dos veículos contam com espaços para reuniões da comissão técnica com estrutura de áudio e vídeo independentes, macas ou poltronas especiais para atendimento a jogadores contundidos, mesas para jogos e armários para utilização da equipe médica.
Assessoria de Imprensa da MAN

Nenhum comentário: